Resenha: Eleanor & Park – Raibow Rowell

eleanor & park (2)

Skoob – Avaliação: 4/5

Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e “grande” (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família. Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths. Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo.

*Livro de acervo pessoal da blogueira*

Eleanor e Park foi um livro que quis ler desde que descobri que a protagonista era gorda, era diferente. Adiei um pouco a leitura, mas quando comecei esse livro não consegui mais parar, foi um misto de sentimentos imenso durante essa leitura, e no final queria guardar o livro em um potinho de tanto que amei esse casal.

Ele não é uma história da menina gorda e os bullying que ela sofre por isso, o fato dela ser gorda não causa humilhações, é só mais uma características dela. Ela sofre mesmo por ser diferente: usar roupas masculinas e largas, ter o cabelo vermelho todo descontrolado, e é claro por ela estar sempre daquela maneira e nunca mudar. É triste ver como as pessoas podem ser cruéis sem ao menos tentar ver a vida que ela leva e porque se veste de tal maneira, as cenas de bullying são cruéis demais e você sofre junto com ela.

A autora aborda também como é para as crianças viverem com o novo marido da mãe, a qual claramente vive em um relacionamento abusivo. As regas rígidas que devem se submeter, o medo que elas tem de topar com ele quando o mesmo chega bêbado do serviço, a pobreza que vivem (chegando a não ter com o que escovar os dentes, não ter uma porta no banheiro ou mesmo comida) pois ele é o detentor do dinheiro e não se preocupa com as crianças que não são suas filhas. Essa parte no livro com certeza foi a mais sofrida pra mim, não tem como não se indignar com essa situação e sentir muita dor junto a Eleanor que é a que ele mais detesta.

Segurar a mão de Eleanor era como segurar uma borboleta. Ou um coração a bater. Como segurar algo completo, e completamente vivo.

Park também mesmo aparentando uma família perfeita há momentos de instabilidade, assim como qualquer família real. Mas é lindo como eles estiverem dispostos a acolher e ajudar a garota mesmo ela sendo tão diferente deles.

O livro tem seu momento de extrema fofura também: a descoberta do amor. É fofo ver como Park foi abrindo caminho para uma amizade com a novata estranha, como eles ficaram amigos fácil e como ele estava disposto a defender ela de qualquer pessoa que a humilhe por ser diferente. O começo do relacionamento, os problemas, a dificuldade de se verem fora da escola, o medo de o padrasto descobrir e a expulsar de novo… Vamos acompanhando o relacionamento dos dois como se estivéssemos ali com eles, vendo todos os seus sentimentos em uma narrativa intercalada bem dinâmica e inovadora, e vendo como esse amor é lindo, inocente e infelizmente tem data de validade.

Eleanor e Park foi uma incrível surpresa pra mim, não imaginava que a história fosse mexer comigo de tal maneira, e muito menos que fosse tratar de temas tão importantes como bullying, relacionamento abusivo, relações familiares, machismo e sexualidade de forma tão direta e ao mesmo tempo tão leve.

Logo nas primeiras páginas você vai se apaixonar por esses personagens, vai descobrir o amor junto com eles e ver como algumas pessoas podem ser completamente cruéis apenas por ser. É um livro que vai te deixar suspirando nas cenas fofas e fazendo o coração doer nas cenas tensas. É um livro leve e ao mesmo tempo doloroso de ler, que vai te surpreender com a intensidade que vai grudar no seu coração.

Pode me perguntar por que preciso de você. Mas não sei. Só sei que preciso… Sinto sua falta, Eleanor. Quero ficar com você o tempo todo. Você é a garota mais inteligente que já conheci, a mais engraçada, e tudo que você faz me surpreende. E gostaria de poder dizer que esses são os motivos pelos quais eu gosto de você, porque isso me faria parecer um ser humano muito evoluído…

Eleanor & Park

ISBN-13: 9788542801255
ISBN-10: 8542801253
Ano: 2014 / Páginas: 328
Idioma: português
Editora: Novo Século

avaliação cupcake - Cópia

15 comentários:

  1. Tenho muita vontade de ler este livro, porém ainda não tive oportunidade, confesso que lendo sua resenha me surpreendi, pelo fato de a estória ser tão fofa, mas ao mesmo tempo abordar alguns assuntos densos. Enfim, já quero conhecer melhor esses personagens e suas estórias.

    Participe do TOP COMENTARISTA de Julho, para participar e concorrer aos livros "O Casal que mora ao lado" e "Paris para um e outros contos".
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Sabrina! Eu sou louca para ler esse livro, ele parece cumprir com o papel de ser dramático e fofo ao mesmo tempo, já está na minha lista de leituras.

    estante450.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Nossa, que resenha linda. Eu pensava que poderia ser um livro mais leve, até um pouco bobo, mas muitos conteúdos importantes são abordados aí. Que bom!

    ResponderExcluir
  4. Ola
    eu gosto muito dessa leitura, mesmo porque a temática é muito bem explorada. Adorei poder conferir as suas impressões, mesmo porque compreendo bem seus comentários sobre os elementos impostos. Que bom que você conseguiu se surpreender com essa leitura, vale muito a pena né?!
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  5. Oi, Sabrina! Adorei o seu blog! *__*
    Eu já tinha lido Eleanor & Park, é muito lindoooo! ♥♥♥♥♥
    Eu me emocionei com esse livro, queria muito bater no padrasto da Eleanor e torci muito por eles.
    Bjos!
    Por essas páginas

    ResponderExcluir
  6. Oii!
    Tenho muita vontade nesse livro,mas não sabia do que se tratava,pelo visto alguns pontos da narrativa me pareceu ser bem realista,principalmente a parte que as pessoas podem ser crueis á toa,sua resenha só aumentou mais ainda minha vontade em ler esse livro!

    ResponderExcluir
  7. Oi,

    Já faz um tempo que li esse livro e me lembro da leitura ter sido bem gostosa. Não acho que ele seja tão incrível assim, mas por ser um YA ele cumpre o que proproem. Park é um amor, amei ele cada segundo. Haha. Parabéns pela resenha. :)

    bjs

    ResponderExcluir
  8. Conheci a escrita da Rainbow através deste livro e meu amor por esta história foi tanto que depois, li os outros livros dela na sequencia. Real,mente, este é um livro que nos ganha logo nas primeiras páginas e depois de terminar a leitura, os personagens continuam no nosso coração.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi.
    Ganhei esse livro do meu namorado e ele está aqui em casa, aguardando na fila de leitura. Que está ENORME, tenho que admitir.
    Gosto de livros que desconstroem esteriótipos e fogem dos cliches, e esse parece ser exatamente assim. Já vi que vou passar muita raiva desse padastro. E da mãe também, até certo ponto, pois muitas vezes não temos noção do quão dificil é sair de um relacionamento abusivo.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Olá,

    Eu comecei a ler este livro, mas infelizmente para mim a leitura não fluiu, mas tenho esperanças de retomar e gostar da história, pois acho que esse livro merece uma segunda chance. Realmente as cenas de bullying são cruéis e conseguimos tomar as dores da personagem nesse aspecto. Que ótimo que o livro te surpreendeu e espero que quando eu reler, também possa gostar. Adorei a resenha!

    www.virandoamor.com

    ResponderExcluir
  11. Estou bem curiosa para ler esse livro. Justamente por tudo que ele aborda. E a cada vez que leio a respeito dele me bate ainda mais a vontade de lê-lo, mas por enquanto estou terminando de ler uma série e antes de terminá-la não pretendo me interessar por outro livro. Mas quem sabe eu cogite como uma das minhas próximas leituras. Bexitus!

    ResponderExcluir
  12. Olá Sabrina...
    Menina tenho que te dizer uma coisa, essa semana eu estava bem tentada para comprar esse livro, mas não o conhecia e relutei por isso. Agora confesso qe eu estou arrependida. A Raibow é bem ousada e adora colocar personagens diferentes como protagonista e como pude relutar, gente...
    Agora quero ler haha

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  13. Oi, Sabrina!!
    Gostei muito da resenha e essa é a primeira que leio sobre esse livro da Raibow Rowell, e para falar bem a verdade, não sabia nada da estória e agora estou super arrependida por causa disso!! Bom, espero remediar muito em breve essa minha falta!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  14. Olá!

    Eu já conhecia o livro, mas sua resenha é a primeira que leio e afirmo que não fazia ideia do que se tratava, sempre passava por ele sem olhar duas vezes esperando um romance, uma história que poderia ficar para depois, mas após sua resenha me sinto tão mal por ainda não ter lido e perdido tantas promoções. Vou corrigir isso o mais breve possível, obrigada de coração pela indicação.

    Beijos e Sucesso!!

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Excelente resenha!
    Li Eleanor e Park já faz um tempinho e me lembro de ter gostado bastante!
    A escrita da Rainbow Rowell é ótima! Ela soube escrever muito bem um romance que vai acontecendo aos poucos, conforme os personagens vão se conhecendo, por consequência, vão se apaixonando.
    Além disso, achei bem legal ela trata de assuntos importantes em um livro young adult.

    ResponderExcluir