Resenha: Cinder & Ella - Kelly Oram

DSCN6032

Skoob – Avaliação: 5/5

Faz quase um ano que Ella Rodriguez, 18, esteve em um acidente de carro que a deixou aleijada, com cicatrizes e sem a mãe. Após uma recuperação difícil, ela foi obrigada a atravessar o país para viver com o pai que a abandonou quando era uma criança. Se ela quiser escapar de seu pai e de sua horrível família adotiva, ela precisa convencer os doutores de que é capaz, física e emocionalmente, de viver sozinha. O problema é que ela ainda não está pronta. O único modo de se curar é se reconectar com a única pessoa no mundo que ainda significa algo para ela: seu melhor amigo anônimo, Cinder. Brian Oliver é a sensação de Hollywood e tem a fama de sempre causar problemas. Existem muitos rumores sobre sua participação no filme O príncipe druída, mas seus assessores dizem que o único modo de passar de adolescente sedutor para ator da lista A é mostrar que seus dias de selvageria ficaram para trás e que agora ele amadureceu. Para aplacar os comentários sobre a reputação de bad-boy, seu assessor arranja um casamento falso com a coadjuvante Kaylee. Brian não está animado com a noiva falsa ou o casamento, mas ele fará qualquer coisa para conseguir sua nomeação ao oscar. Até que o e-mail de uma antiga amiga da internet muda tudo.

*Livro recebido em parceria com editora*

Cinder & Ella entrou para minha lista de YA’s favoritos logo nas primeira páginas, pois como vocês me avisaram lá no Facebook ele é completamente sofrido e fofo ao mesmo tempo, aperta o coração em uma página e suaviza logo na próxima.

O problema dos contros de fadas é que a maioria deles começa com uma tragédia. Eu entendo o que está por trás disso. Ninguém gosta de uma heroína mimada. Uma grande personagem precisa de dificuldades para superar – de experiências que deem a ela profundidade, que a deixem vulnerável, com as quais possamos nos identificar e que sejam agradáveis. Boas personagens precisam de desventuras que as tornem fortes. A ideia faz sentido, mas continua sendo uma droga se você é a heroína.

O livro começa com um tiro: Ella sofre um acidente de carro e perde a mãe, queima 70% do corpo, nunca mais conseguirá andar sem a ajuda de uma muleta e terá que ir morar com o pai que a abandonou há anos e nunca entrou em contato com a filha até agora. (Ps, não é spoiler, está na sinopse rsrsrs)

Além de ela estar sofrendo com todas as suas perdas e mudanças que ocorreram na sua vida nesses poucos meses, ao conhecer a nova família do pai e todo luxo que eles tem ela acaba tendo uma surpresa completamente desagradável: suas meias irmãs são completamente maldosas com ela por causa de sua aparência, sua madrasta apesar de parecer legal é meio sem noção e seu pai não percebe que só está piorando a sua recuperação com todo esse drama desnecessário. E, para piorar ainda mais, seu pai a coloca na mesma escola de suas irmãs, uma escola particular cheia de ricos perfeitos e malvados que vão acabar com ela por ser manca e cobrir seu corpo cheio de cicatrizes.

Mas para poder escapar de toda essa tortura sua psicóloga a obriga a criar uma rede de apoio, pessoas com que ela possa contar além de seu pai, e para isso ela terá que voltar a falar com Cinder, seu amigo anônimo com qual ela não fala desde o acidente, a única pessoa que a entende e a faz sorrir, a única pessoa que ela teme perder por causa de todas as sequelas que esse acidente deixou nela.

Cinder não iria me querer. Quem iria, quando poderia ter qualquer garota maravilhosa que escolhesse? Eu tinha quase certeza que Cinder continuaria sendo meu amigo se visse minhas cicatrizes, mas até onde? Será que teria vergonha de mim? Será que seria como minhas meias-irmãs e não iria querer me apresentar para os amigos perfeitos? Será que seria como Jennifer e teria medo de olhar pra mim? Ou como meu pai, preso a uma conhecia estranha porque se sentia obrigado?

DSCN6018

Cinder & Ella é uma historia incrivelmente sofrida, mas que consegue trazer uma mensagem bonita mesmo nessas passagens difíceis. Ella é uma blogueira literária que sempre teve só sua mãe com que contar, e Cinder - um leitor de seu blog apaixonado pela série de livros "As Crônicas de Cinder" tanto quanto ela, e que se tornou seu melhor amigo sem ao menos terem se encontrado pessoalmente um dia.

Mas por conta do acidente ela perdeu o contato com ele e com toda sua vida antiga, e quando ela finalmente retoma o contato com o amigo é uma salvação para ambos, pois ela pode ter alguém com quem desabafar novamente, e ele pode parar de fingir o relacionamento com sua colega de filme para conquistar um Oscar.

Sim, Cinder é ninguém menos que um ator super famoso, mas é claro que Ella não sabe disso, e ele depois que perdeu o contato com sua melhor amiga há meses atrás acabou afundando sua carreira em mulheres e escândalos, mas quando ela finalmente retorna tudo que ele quer é poder encontrá-la e quem sabe evoluir esse relacionamento deles, mas será que toda sua fama seria aconselhável para alguém que esta se recuperando psicologicamente como Ella está?

  DSCN6019DSCN6020

Ella é forte, sinceramente uma guerreira por suportar todas humilhações e constrangimentos e não quebrar. Todas as coisas que ela passa no livro são horríveis, você fica em prantos por ver como as pessoas podem ser cruéis por algo tão banal quanto a aparência e acabam esquecendo que por dentro ela esta mil vezes pior, sozinha e perdida com uma família que não quer ela lá e não sabe como lidar com ela.

Mas a grandiosidade desse livro é ver os dois lados da história, porque muitas vezes julgamos as irmãs como más, a madrasta como uma sem noção e o pai como alguém horrível por tê-la abandonado e agora a tratar de maneira tão indiferente, mas como essa mudança dela pra vida deles os afetou? Eles continuam sendo os mesmos com ela ali? É seus medos, suas preocupações, seus ciúmes e tristezas não podem ser levados em consideração só porque Ella sofreu mais que eles?

A autora trabalha de uma maneira incrível essa parte da historia, porque sempre julgamos esses tipos de personagens como maus, mas eles também tem seus medos e preocupações, eles também estão aprendendo como lidar com aquela situação, eles também são seres humanos cabíveis de erros. Essa reflexão da historia foi muito pessoal pra mim e sinceramente quando terminei a leitura fiquei pensando um tempão em o quanto esse livro teria me poupado noites de sofrimento e brigas com minha madrasta e meu pai que nunca souberam como lidar comigo quando fui morar com eles e seu bebê.

Ele era meu raio de sol. Era a única coisa que me mantinha sã. Eu não podia fazer nada para mudar isso.

DSCN6021

Mas além de todo sofrimento que Ella passa, temos também vários momentos fofos, afinal Cinder é aquele amigo pra toda hora, a única pessoa que consegue colocar um sorriso no rosto dela e que consegue mexer com seu coração ao menos um pouquinho. Mas não se enganem achando que o romance dos dois é maior que todo o sofrimento rsrsr, ele ajuda aliviar, mas ainda assim as partes tristes são maiores, ouso dizer que aquele ditado "desgraça pouca é bobagem" se aplica perfeitamente na vida dessa menina.

A construção desta história é completamente linda e envolvente, vemos uma garota completamente perdida em um mundo totalmente diferente ir crescendo, se fortalecendo, achando semelhantes em meio aos babacas da escola, vemos o quanto a vida pode começar a melhorar quando você começa a não se isolar tanto e tenta deixar as pessoas se aproximarem de você.

Os personagens que se transformam em melhores amigos de Ella são muito bem construídos, todos com seu jeitinho ali peculiar que a gente nunca imaginaria que poderiam se tornar amigos dela, mas pouco a pouco eles vão ganhando nosso coração (e o de Ella) e no final eles já fazem parte da sua nova família, aquela que ela escolheu, seu sistema de apoio.

DSCN6023

Sinceramente achei a diagramação desse livro linda, a começar pela capa que é completamente fofinha e bem no estilo do gênero, além de ter sapatinhos no começo de cada capítulo e também separando a história dentro deste e ao lado do nome da autora (que fica na lateral e eu acho uma fofura esse detalhe). Além de ter vários balões de conversas durante a narrativa quando os personagens estão trocando mensagens, e deixa tudo ainda mais gostoso de ler.

Acho que já falei demais rsrsrsr

Cinder & Ella é um YA que vai arrebatar seu coração. Você vai sofrer, vai chorar, vai rir e se apaixonar por esses casal que se aproximou através de um livro e um blog. Você vai se apaixonar por Cinder e todo seu romantismo e falas bobas, vai se inspirar com a coragem e superação de Ella, e no final vai perceber que a princesa não precisa de seu príncipe para resgatá-la do castelo malvado, ela precisa mesmo é de amigos com quem possa contar, enfrentar todos os seus medos e problemas de frente, e talvez de um bom psicólogo também rsrsrs

DSCN6035

Cinder & Ella

ISBN-13: 9788584421633
ISBN-10: 8584421637
Ano: 2016 / Páginas: 304
Idioma: português
Editora: Pandorga

avaliação cupcake - Cópia

15 comentários:

  1. Este romance/drama parece lindo, acho que vai mostrar a forma que Ella usou para se defender das maldades e as formas de contornar as tristezas que passou. O que a amizade e o amor pode fazer com pessoas que estão achando que não haverá saída para resolver os seus problemas.
    Este já vai para minha lista de desejados. Bjs

    ResponderExcluir
  2. Ola
    Finalizei a leitura desse livro essa semana e concordo sobre o quanto ele é fofo e ao mesmo tempo sofrido. Também entrou para a minha lista de YA favorito. Adorei todos os personagens e o desenvolvimento não poderia ser mais empolgante, com certa aflição eu diria também. Adorei poder conferir as suas impressões a respeito,em especial por ter me identificado também com a sua opinião.
    Beijos.,F

    ResponderExcluir
  3. Oi
    Que resenha apaixonante. Acho que é a primeira que leio sobre esse livro. Gosto muito de releituras e livros que, de alguma forma, são inspirados em contos de fadas e esse me pareceu tão incrível. Gosto de livros com esse tom de sofrimento.
    Depois do que eu li aqui, já coloquei esse livro na listinha!
    Beijinhos
    Rizia Castro - Livroterapias

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde!
    Amo livros com personagens femininas fortes, pra mim são os melhores! Ainda mais quando são releituras de contos de fadas, com muito romance, drama e um misto de emoções que atinge o leitor de forma certeira durante a leitura.
    Sua resenha me convenceu totalmente a pegar o livro para ler o quanto antes.
    Abraços.

    Livroterapias

    ResponderExcluir
  5. O mais legal desta trama e poder ver o outro lado da estória, como você mesma citou, olhamos apenas pelo lado ruim da estrutura familiar, mas eles também foram afetados de certa forma com a perda da personagem e sua mudança para lá, e acredito que a forma como a autora abordou falar sobre isto me pareceu bem real. Fico imaginando como ela lidara quando souber que seu melhor amigo e um astro, enfim quero muito ler esta estória, tenho certeza que vou amar.

    Participe do TOP COMENTARISTA de Julho, para participar e concorrer aos livros "O Casal que mora ao lado" e "Paris para um e outros contos".
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Eu já li a respeito desse livro, mas até o momento ainda não tinha me conquistado. Gostei bastante da sua resenha e pretendo lê-lo quando estiver mais na vibe. No momento, acho que a leitura não fluiria.
    bjs
    Por essas páginas

    ResponderExcluir
  7. Oi, Sabrina!!
    Adorei a resenha e estou apaixonada pela essa estória fantástica!! A diagramação sem dúvida está linda demais!!
    Bjos

    ResponderExcluir
  8. Eu tô louca pra ler, a resenha está linda demais, só que não estou numa fase mais romântica, li muitos romances pro drama e acabaram cmg.. mas em breve pretendo ler..
    Beijooo

    ResponderExcluir
  9. Oi, Sabrina!
    Nossa que resenha incrível! Eu já tinha visto a capa desse livro, mas ainda não sabia do que se tratava a história. A trama parece realmente tocante (e é claro que agora preciso lê-la), mas o que me chamou atenção mesmo foi esse cuidado da autora em mostrar o outro lado dos envolvidos também, sempre gosto muito de poder saber o que a maioria dos persoangens está sentindo e mostrar como a chegada de Ella na casa do pai modifica a rotina dele e de sua família é realmente interessante.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Olá...
    Adorei sua resenha <3
    Só conhecia essa obra por alto e estou chocada com a intensidade dos fatos! O livro já começa arrebentando...
    Gosto de leituras mais sofridas assim, pois, sempre tem algo a nos ensinar.
    Dica anotada <3
    Bjo

    ResponderExcluir
  11. Esse livro parece ser muito interessante, e muito fofo ao mesmo tempo. Gosto de leituras leves e que são ao mesmo tempo rápidas, então, com certeza adoraria esse livro. Amei a resenha!
    Um beijo.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Oi, Sabrina!
    Faz tempo que estou com vontade de ler esse livro, depois de sua resenha fiquei ainda mais curiosa e com certeza de que vou amar a leitura. A premissa é bem no meu estilo de leitura e assim que der vou adquirir o livro e ler.

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  13. oie, eu não gosto muito de yas, mas parece uma história bonita e gosto quando tem sofrimento. Adorei a parte de ela ser uma blogueira e o mocinho ser leitor dela, isso é certamente uma coisa bem diferente que eu não tinha encontrado ainda em nenhuma leitura.

    ResponderExcluir
  14. Oie, tudo bom?
    Acabei de colocar esse livro na minha listinha da amazon, ameeeei a resenha porque AMO tudo que tem remotamente a ver com contos de fadas. O primeiro quote ja me conquistou, e já quero saber esse outro lado da familia dela. Também estou ansiosa pra descobrir sua reação quando descobrir que Cinder é um ator famoso!

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Eu não conhecia esse livro e já fiquei mega curiosa para conhecer os personagens. Pela sua resenha dá para ver como a história é maravilhosa e fiquei muito motivada a ler o livro. Gosto de histórias que mexem com o leitor e passa uma mensagem de reflexão.
    Amei a sua resenha.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir