Resenha: Miga, Sua Louca! -Luiza Costa & Julianna Costa

DSCN5782

Skoob – Avaliação: 5/5

Deixe eu te apresentar a Yara.
Ela parece meio certinha e meio louca. Um pouco de tudo. Ou talvez nada disso.
Na verdade, ela é só mais uma adolescente buscando descobrir sua própria identidade. O problema da Yara é que, nessa busca, ela vai encontrar o André, o Danilo, o Diego, o Rodrigo…
Pois é, pessoal. A Yara é meio nervosa. E meio desesperada. E meio tímida. E meio inexperiente.
Mas não precisa se preocupar com ela, porque a Yara pode ser meio tudo isso, mas ela não está sozinha: ela tem a Alexia.
Alexia é a metade que falta da Yara: sua melhor amiga, com experiências, dicas e surtos para compartilhar. E enquanto Yara enfrenta todo tipo de complicação – seja a indecisão sobre qual universidade cursar, os problemas com a mãe ou o interesse recém-descoberto pelo melhor amigo – Alexia vai ficar por perto, guiando sua amiga maluca (com sugestões nem sempre convencionais) em um dos momentos mais delicados de sua vida.
Por meio de uma troca de cartas entre essas duas grandes amigas, Miga, sua louca mistura ficção com conselhos práticos para a vida real em uma narrativa jovem e antenada para um público que, assim como a Yara, não faz ideia de como entrar para a vida adulta.

*Livro recebido em parceria com a autora*

Você precisa de um melhor amigo. Todo mundo precisa de um melhor amigo. É a única coisa na vida verdadeiramente indispensável, inescapável e insubstituível – um melhor amigo.

Yara é uma jovem que está com um grande dilema em sua vida: ela é a última em tudo. Sério, a última a dar o primeiro beijo, a última a se interessar por garotos, a última a ser paquerada e até mesmo a última a menstruar, e ela odeia isso porque sempre vira assunto entre suas amigas, passando de curiosidade a piada e pena. Agora nesse último ano ela ainda é a última que não namorou, e a última que ainda não transou e está desesperada para viver essas últimas facetas antes de entrar na fase adulta de sua vida, mas como fazer isso quando seu cérebro vira uma ameba perto dos meninos, quando ela se sente completamente insegura e quando sua melhor amiga precisou se mudar e elas só possuem contato por cartas?

DSCN5784

As pessoas te dão o valor que você se dá, e pressão não combina com amor, miga: liberdade combina. Não fica com que não quer ficar com você! Ninguém merece ficar sozinho em um relacionamento a dois.

Miga, sua louca! é um livro que me ganhou logo nas primeiras páginas. Tenho certeza que todo mundo um dia já passou pela fase dramática da vida, onde tudo é motivo de inseguranças e lamentações, e principalmente todo mundo já teve (ou tem) uma amiga muito doidinha que te entende e te completa, dando aqueles conselhos diretos que te colocam no chão quando você começa a viajar demais ou está prestes a fazer uma besteira muito grande.

Yara é a menina que começa o livro bem insegura, mesmo tendo suas amigas ali na cidade com as quais pode conversar ela se sente diferente, principalmente quando o assunto é garotos, ela é meio controlada demais, morre de medo de conversar com um menino e fica perdidinha quando o assunto é sexualidade, afinal ela é a última que ainda nem arrumou um namorado e suas amigas não tem muita paciência para suas perguntas. A única que lhe entende é Alexia, ela é completamente o oposto da amiga: toda livre, aberta e tem os melhores conselhos para as inseguranças de Yara, ela é a doidinha que completa a certinha, e essa amizade é uma das mais bacanas que li até hoje em livros.

DSCN5785

Acho que você é meio doente!

Eu sou meio doente!

O ser humano é meio doente!

A gente se preocupa, mesmo sabendo que não adianta nada se preocupar. Ficamos com pensamentos repetitivos, como se fossêmos resolver algo dando soco e martelada na cabeça….

Temos o desejo megalomaníaco de ter o controle do mundo, e aí não conseguimos simplesmente ficar felizes! Já reparou?

Através das dúvidas e inseguranças de Yara vamos ler conselhos ótimos, ditos de maneira completamente engraçada e direta. São conversas sobre sexualidade, DST’s , garotos, amor, traição, pais, amizades… enfim, todas as dúvidas que qualquer pessoa teve nessa fase da vida, quando você está deixando de ser adolescente para virar um adulto e ainda não entende bolofas nenhuma de como deverá agir, se portar e principalmente se relacionar com aquelas pessoas que tem a mesma idade que você mas estão há anos luz da matéria ‘pratica’.

A evolução da Yara é uma coisa incrível, mostrando que realmente ás vezes tudo que precisamos para deixar aquela neura de lado é um conselho de amigo, aquela que entende exatamente o que você está sentindo – por mais dramática que seja-. Mas ainda assim é claro que mesmo com todo conselho do mundo você não muda do dia pra noite, Yara passa por uma transformação imensa com os conselhos de Alexia mas ainda tem muitas inseguranças e comete muitos erros, e isso é uma das melhores mensagens do livro: na vida por mais que tenhamos os melhores conselhos do mundo, iniciativa e vontade de mudar, ainda assim vamos levar alguns tombos, cometer erros bobos, vamos confiar em quem não deveria, porque é errando que se aprende, e não tem como aprender se não errarmos algumas vezes para ver as consequências das nossas ações. 

DSCN5786

A edição desse livro é um mimo a parte, ela é toda cheia de cartinhas, estrelinhas, uma edição toda delicada e fofa. Cada capítulo começa com uma cartinha com o nome do garoto que será discutido naquele capítulo, e vai alternando entre as cartas da Yara e da Alexia, em uma narrativa contínua e cheia de diálogos (sem o formato de carta todo redondinho e curto), ás vezes esquecemos até que elas estão trocando cartas, realmente parece que estão conversando ou até mesmo contando o que aconteceu uma pra outra ali, como a gente conta os babados para nossas amigas.

“AI MEU DEUS SERÁ QUE COM ESSE VAI ROLAR? E SE ROLAR, SERÁ QUE VAI DURAR?” Mãe Diná já morreu e não passou os dons pra gente! Então, conforme-se com a sua mediocridade e siga sua vida relaxada, confiante e feliz, tal como todas as espertas fazem.

Até porque já viú, né?

Viveu? Aprendeu!

Criou expectativas? Se fu…

DSCN5788

Miga, sua louca! é um livro perfeito pra qualquer idade, mas principalmente para aqueles jovens que estão entrando nessa fase louca da vida chamada adolescencia, e tem vários medos sobre como se portar nessa idade e precisam aprender qual as consequências podem acontecer na sua vida se agir sem controle. A linguagem do livro é ótima, faz você grudar nas páginas, rir feito boba e em poucas horas terminar esse livro, querendo guarda-lo em um potinho de tanto que ele vai te conquistar. É uma leitura altamente recomendada para quem quer conhecer o trabalho das autoras como escritoras e também fora dos livros, já que a Julianna tem um canal ótimo sobre sexualidade e a Luiza tem um site/canal ótimo também com várias dicas (pensem na Alexia na vida real, então rsrs) . Canal JuliannaSite Luiza

Miga, Sua Louca!

ISBN-13: 9788550301341
ISBN-10: 8550301345
Ano: 2017 / Páginas: 240
Idioma: português
Editora: Universo dos Livros

avaliação cupcake - Cópia

20 comentários:

  1. Oi Sabrina, sou fã da Julianna e coloquei esse livro na minha lista por causa dela, mas adorei sua resenha e quero ainda mais adiantar as minhas compras rs Tenho ma irmã e quero muito que ele possa ler esse livro, acho que ela vai gostar e aproveitar bastante. Bjs
    Tell me a Book

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Eu Adorei essa capa e nao sei como nao tinha lido nada a respeito ainda, mas fiquei bem curiosa quanto ao desenvolvimento da personagem e de todos os seus dilemas. Amo ler obras mais joviais e acredito que esse tem tudo para ser muito especial. Vou procurar mais sobre o trabalho das autoras. Obrigada pela indicação!
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  3. Olá! Que bom que o livro te conquistou de primeira. Realmente cada um já passou ou tem suas inseguranças. Alexia apresenta ser uma personagem bem amável. Que bom que o leitor acompanha a evolução da personagem Yara. Pelas fotos apresenta mesmo que a edição está delicada e fofa. Você além de me apresentar a obra deixou curiosa. Beijos'

    ResponderExcluir
  4. Oie...
    Adorei sua resenha!
    Ainda não conhecia essa obra, mas , fiquei muito entusiasmada com a leitura, pois, a história possui vários elementos que me agradam... Adoro leituras divertidas assim!
    Dica anotada!
    Bjo

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia o livro, mas só pelo título já chamou atenção, haha.
    Parece uma leitura bem divertida, ótima pra ler quando você termina de ler um livro mais sério. Não pretendo ler no momento, mas vou guardar sua dica, pois realmente parece bacana a história.

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  6. Oi Sabrina, eu gostei do título, por ser casual e contemporâneo e acho que o conteúdo também me agradaria muito. Talvez eu me identificasse com a protagonista, mas além disso, gostei de saber que ela amadurece no decorrer da narrativa.
    Amei a dica e espero poder ler em breve.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bom?

    Não conhecia o livro, mas achei a edição muito fofa. Me identifiquei muito com a protagonista parece eu quando adolescente, só o fato de menstruar que muda, porque fui a primeira de todas minhas amigas. Mesmo já passando da adolescência quero ler o livro, creio que vou ler lembrar de tudo de já passei, então posse ser uma leitura muito agradável. Gostei da dica.

    Beijos:*

    ResponderExcluir
  8. Olá Sabrina,
    Tenho a impressão que esse livro retrata bem nosso dia a dia e as fases de nossa vida, não é? O título é bem interessante e a ideia de receber dicas através de tudo o que acontece com a protagonista me atraí bastante.
    A edição está mesmo linda.
    Espero ter a oportunidade de ler esse livro logo.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  9. Oi, Sabrina!!
    Achei o livro muito bacana e fofo ao mesmo tempo a diagramação das páginas estão lindas demais!! E sou muito fã da Julianna Costa. E também acho que esse livro pode ser lido em qualquer idade!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  10. Ahh!
    Que vontade de ler que eu fiquei, é maravilhoso quando somos fisgadas logo nas primeiras páginas não é mesmo? Esse livro me ganhou desde que bati o olhar na capa que é linda por sinal, o título super atual e a sinopse bateu o martelo, mas sua resenha me fez entender que eu não apenas quero mas preciso ler esse livro o mais breve possível isso porque sou apaixonada por livros do gênero e já quero conferir de pertinho essa tão notável evolução da personagem.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Olá
    Fiquei bem curiosa para ler esse livro desde um dia que vi uma foto dele e logo me interessei pelo título.
    Creio que é uma ótima pedida para mim estou precisando de livros leves e descontraídos...
    Acho que darei altas risadas com esse livro, com toda certeza muitas meninas se indentificaram com o enredo...
    Amei sua resenha....
    Espero em breve poder fazer a leitura desse livro ...
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Olá!!!!

    O mais importante de tudo é que EU QUERO ESSE LIVRO! Não conhecia, confesso, mas já me ganhou pelo título, me identifiquei muito com as personagens, tenho uma melhor amiga e a gente alterna nos concelhos, as vezes eu sou a certinhas, outras vezes a louca e olha que eu já tenho 25 anos na cara. Acho que tem coisas que evoluem com a idade e isso inclui as neuras, ontem era sobre meninos, hoje sobre trabalho e amanha talvez sobre reumatismo (vai saber). Nada é mais bonito na vida do que uma amizade daquelas verdadeiras que não pede nada em troca, por isso e pelo título maravilhoso que eu fiquei louca para conferir essa história, agradeço pela dica.

    Beijos e Sucesso!!!

    ResponderExcluir
  13. Olá, Sabrina

    Que edição mais foférrima! <3
    Eu não leria o livro porque achei o enredo teen demais, não me identifico mais com tramas assim, mas super entendo a Yara porque eu também fui a última em tudo! Haahahhaha
    Os últimos serão os primeiros, afinal! Hahahaha

    Beijo

    ResponderExcluir
  14. Olá!

    Eu já vi esse livro por aí várias vezes, tanto em bibliotecas como em fotos nos instagrams literários, mas não tive nem curiosidade de ler a sinopse, mesmo achando a capa uma gracinha. Ainda bem que me deparei com sua resenha, pois achei a trama e a proposta do livro interessantíssima e super válida, com assuntos muito importantes. Sem contar que essa diagramação está um primor, tô apaixonada. Certamente irei anotara dica, obrigada!

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  15. Oi! Confesso que não conhecia essa obra, mas amei o estilo e principalmente o título. Me lembro até hoje de me sentir como a Yara, e imagino o quanto isso deve ter deixado ela desesperada e super confusa, afinal a transição entre essas fases não é nada fácil, ainda mais quando se está sobre pressão e quando decisões importantes tem que ser tomadas naquele momento... Eu realmente não gostaria de voltar para essa fase da minha vida, porque adolescentes podem realmente ser cruéis! No entanto, essa obra eu quero muito ler e ver como ela passará por tudo e principalmente essas conversas que são super importantes e essenciais para essa idade. Apesar de já ter passado dessa fase, graças a Deus, eu tenho curiosidade e amo ler livros nesse estilo, espero conseguir ter a oportunidade em breve!
    Um beijo
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  16. Olá! Adoro esse livro, li faz alguns dias e me encantei com a história, realmente a adolescência e a nossa pior e melhor fase. A fase que os hormônios estão a flor da pele, a fase que as coisas começam a mão fazê sentido me identifiquei bastante com a Yara no decorrer da história, sua resenha me deu mais vontade ainda de reler a obra.

    ResponderExcluir
  17. Oie... Aíi gente que resenha Master é essa... É a primeira vez que eu leio uma resenha desse livro e quero muito ler... Queria ter ido na tarde de lançamento, mas tinha um compromisso antes... Adorei gente e quero muito uma vez que eu não li nenhum livro da Juliana ainda :/


    Beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  18. Que capa bonitinha! Não conhecia as autoras ou sua obra. Parece encantadora, só pela sinopse!

    A diagramação é realmente fofa! Me identifico com a Yara de muitas formas, me analisando adolescentemente, huahuah! Mas acho que muitas mulheres, olhando para seu eu adolescente, se identificariam!

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  19. Olá! Minha nossa, que edição linda é essa? Cada página me pareceu um prazer à parte! Adorei mesmo. Achei os temas muito relevantes e acho que a história vai ser muito importante para muitos adolescentes. Não acho que irei ler o livro exatamente por não fazer parte do público alvo, mas com certeza o terei em mente para indicações. Nada como uma história boa assim para iniciar jovens na literatura!
    Adorei sua resenha, beijos!

    ResponderExcluir
  20. Esta leitura deve nos desperta um misto de emoção, pois ao mesmo tempo que nos identificamos, sentimos empatia pela personagem, também nos divertimos com os diálogos bem construídos, e com os dilemas no qual ela enfrenta no seu dia a dia. Mesmo que ela seja uma personagem insegura no começo, o importante e que vai aprendendo a lidar com estes momentos que todas as garotas passam nesta fase da vida, e com isso amadureça como uma mulher. Me apaixonei por esta estória, e quero muito adquirir este livro.

    Participe do TOP COMENTARISTA de Julho, para participar e concorrer aos livros "O Casal que mora ao lado" e "Paris para um e outros contos".
    http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir