Resenha: Prick (A Step-Brother Romance # 1) - Sabrina Paige

DSCN5123

Skoob – Avaliação: 3/5   +18

Eu não posso parar de pensar naquele idiota.
Caulter Sterling é um canalha.
Um, mulherengo, bruto, mimado, arrogante idiota com a boca imunda.
O tatuado, perfurado, derretedor de calcinhas e filho de uma celebridade.
Eu o odeio.
Ele dormiu com praticamente todas as garotas em Brighton Academy.
Exceto eu.
Eu sou uma boa menina. Uma menina responsável. Uma menina 4.0 , presidente da classe, tão-estudiosa-que-nunca-perdeu-seu-cartão-V .
E na celebração de graduação e idade adulta, eu apenas fiz a pior decisão na história de sempre.
Eu perdi meu cartão V para o próprio diabo.
Foi apenas uma noite. Então, e daí que foi alucinante? Foder e largar .
Só que eu apenas descobri que meu pai - o senador, o pré-candidato presidencial - vai se casar com a mãe de Caulter. Ah, e neste verão? Nós estamos indo à campanha eleitoral.
Uma grande famíla feliz.
Estou totalmente fodida.

*E-book de acervo pessoal da blogueira*

Caulter é o garoto filho de uma celebridade que tem a fama de pegar todas as garotas que sempre quis, elas fazem fila para poder passar uma noite com ele, e ele aproveita toda sua fama para conseguir cada vez mais garotas. Mas a única que ele nunca irá conseguir é Katherine, a nerd filha do senador, a garota que se veste igual uma senhora e nunca está com um fio de cabelo desalinhado, a que não quebra regras, a aluna nº 1. Mas tudo muda quando ele recebe uma mensagem dela o convidando para um Hotel, para passar a noite com ela. Ele logo percebe que ela só o chamou para tirar a sua virgindade, mas que se dane, ele nem se importa com isso…

Uma noite, muito sexo e Katherine foi embora, voltou para sua normal e chata vida. Até aquele dia quando seu pai o apresentou a sua nova noiva, a mulher com que ele tinha um relacionamento e que ela não sabia de nada. A mãe de Calter, seu novo meio-irmão, o dono dos seus sonhos eróticos desde aquela noite que devia nunca ter acontecido… Agora ambos deverão aprender a conviver juntos como irmãos e tentar deixar toda aquela história para trás, mas como fazer isso quando aquela noite ainda não saiu de suas cabeças?

~.~ Resenha ~.~

Sabe quando tudo que você precisa é uma história leve, sem muitas reviravoltas e bem quente para sair da Bad literária? Pois é, Prick é exatamente o livro para essa situação.

Desde que li Silas queria conhecer mais histórias da Sabrina Paige, e navegando por aí achei essa série de ‘Meio-irmãos’, tema o qual eu tenho gostado bastante de ler pois envolve todo um romance escondido e tals, então fui logo pegando esse e-book e em poucas horas finalizei a leitura.

Prick é um livro bem erótico e clichê, e não é porque tem esses aspéctos que é ruim, de jeito nenhum. Katherine é a típica virgem que após perder a virgindade vira a louca do sexo, Caulter é o típico bady boy que pega todas as meninas e se apaixona pela virgem que não saiu da sua cabeça desde a noite de sexo incrível que eles tiveram.

A história realmente é bem boa, os dramas familiares dos dois são bem discutidos no livro, a falta de amor do senador pela filha, o controle que ele coloca sobre ela para que ela seja sempre a garota perfeita que nunca aparece nas colunas sociais; A mãe celebridade que arruma um marido a cada temporada e espera que o filho se acostume a eles sem questionar. Gostei muito de como Sabrina guiou esse drama e como ele influência para que os dois possam se aproximar mais e se unirem por algo mais forte que o sexo.

Meu único problema com o livro foi mesmo o final que foi bem corrido, acho que a autora poderia ter colocado ali umas dez páginas a mais e mostrado o que aconteceu com os pais irresponsáveis depois da reviravolta na história, e talvez um pouco mais de dificuldade pro casal e tals, mas como o livro é só um erótico com característica de entreter e não te fazer pensar em questões filosóficas, na vida universo e mais, então eu acabei gostando, passei horas me distraindo com essa leitura, e a Bad literária (que na verdade era por causa da série os 13 Porquês) foi embora.

Por fim, Prick é um livro bem erótico, e se você só quer um livro pra te distrair um pouquinho e te deixar precisando de um ventilador, é uma boa leitura. Só não vá esperando reviravoltas mirabolantes e dramas muito pesados. Não é porque é clichê é que é ruim, às vezes o clichê é tudo que precisamos para sair daquela Bad ou até mesmo mudar um pouco os ares.

Prick

 

ISBN: B00TGHETUK
Ano: 2015 / Páginas: 211
Idioma: inglês
Editora: Kindle Edition

 

 avaliação cupcake - Cópiachili-1357924_960_720

9 comentários:

  1. Que loucura de história o que será desses dois meus Deus como isso acontece kkkkk gostei apesar de não gostas de eróticos não custa conferir.
    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Sabrina!
    Digo o mesmo que você sobre clichês; na verdade, gosto de alguns tipos de clichês, por mais repetitivos e previsíveis que possam ser, mas é justamente a forma como o autor desenvolver a história com base nele que conta para mim. =)
    Indicação interessante. Ainda que não tenha grandes reviravoltas e reflexões, às vezes tudo de que precisamos é uma leitura simplesmente leve para espairecer e fugir de maiores tensões. Eu particularmente não me interessei por esse livro devido ao teor erótico, que não gosto, mas para quem curte o estilo parece ser uma indicação bem agradável mesmo, apesar do final meio corrido.
    Beijos!

    ♥ Sâmmy ♥
    ♥ SammySacional.blogspot.com.br ♥
    ♥ DandoUmadeEscritora.blogspot.com.br ♥

    ResponderExcluir
  3. Olá, Sabrina!!
    Achei bem interessante o livro, mas no entanto não gostei muito, pois é um livro calmo, e prefiro livros que faça a gente descobrir antes o que vai acontecer...
    Gostei da resenha!!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Essa sinopse chama demais a atenção né? Uma pena esses pontos negativos na história.
    Fiquei super curiosa pra conhecer esse livro. Não tinha ouvido falar dele ainda!
    Gosto de história com pegadas mais picantes. Quem sabe leia ele algum dia :)
    Curti a dica!
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  5. Oi Sabrina,
    As vezes é bom mesmo um clichê para curara Bad Literária. Também assisti a série Os 13 Porquês e estou precisando ler algo mais despretensioso.
    Uma pena que ela correu no final do livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. É disso que estou precisando, ler algo leve e picante, acho que este livro vai cair bem. Não conheço a autora, mas acho que vale a pena ler.
    ronida_sindi@hotmail.com

    ResponderExcluir
  7. Sabrina!
    Gostei muito do enredo voltado para um romance entre meio-irmãos, ainda não tinha lido nenhum assim e saber que por coincidência da vida ou não, os pais deles acabam se relacionando e tornam a convivência deles difícil, ainda mais que ela é toda certinha.
    Deve ser uma delicinha de ler, ainda mais que é hot.
    “A sabedoria começa na reflexão.” (Sócrates)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP COMENTARISTA ABRIL especial de aniversário, serão 6 ganhadores, não fique de fora!

    ResponderExcluir
  8. Hmmmm. Amo livros hots!
    Agora fiquei com vontade de ler!
    Estava mesmo precisando de um livro mais leve e quente para ler!

    ResponderExcluir
  9. Oi Sabrina!
    Às vezes tudo que a gente precisa é de um cliché bem leve e se for hot melhor. Ainda não li nada da Sabrina Paige, mas fiquei curiosa com esse e para saber como Katherine e Caulter irão lidar com o desejo e a convivência, agora que irão se tornarem meio irmãos.

    ResponderExcluir