Resenha: Uma Noite Como Esta (Quarteto Smythe-Smith # 2) - Julia Quinn

DSCN4987

Skoob – Avaliação: 5/5

Anne Wynter pode não ser quem diz que é… Mas está se saindo muito bem como governanta de três jovenzinhas bem-nascidas. Seu trabalho é bastante desafiador: em uma única semana ela precisa se esconder em um depósito de instrumentos musicais, interpretar uma rainha má em uma peça que pode ser uma tragédia ou, talvez, uma comédia – ninguém sabe ao certo – e cuidar dos ferimentos do irresistível conde de Winstead. Após anos se esquivando de avanços masculinos indesejados, ele é o primeiro homem que a deixa verdadeiramente tentada, e está cada vez mais difícil para ela lembrar que uma governanta não tem o direito de flertar com um nobre. Daniel Smythe-Smith pode estar em perigo… Mas isso não impede o jovem conde de se apaixonar. Quando ele vê uma misteriosa mulher no concerto anual na casa de sua família, promete fazer de tudo para conhecê-la melhor, mesmo que isso signifique passar os dias na companhia de uma menina de 10 anos que pensa que é um unicórnio. O problema é que Daniel tem um inimigo que prometeu matá-lo. Mesmo assim, no momento em que vê Anne ser ameaçada, ele não mede esforços para salvá-la e garantir seu final feliz com ela.

*Livro recebido em parceria com editora*

Esse beijo (…) Esse beijo… Eu o desejo com um fervor que abala a minha alma. Não tenho ideia de por que o desejo, mas foi o que senti no instante em que a vi no piano, e isso só aumentou desde então.

Depois de me apaixonar em Simplesmente o Paraíso era hora de ler o segundo volume do Quarteto mais desafinado de todos os tempos, os Smythe-Smith, e agora conhecer melhor a vida de Daniel Smythe-Smith, irmão de Honoria, e Anne Wynter, a governanta que precisou substituir lady Sarah no último recital.

No segundo livro a história começa um pouco antes da entrada triunfal de Daniel no livro da irmã, ele achou que o recital seria a oportunidade perfeita para voltar para a casa e matar a saudade de sua família, mas ele não esperava ver uma estranha tocando no Quarteto, sem dúvida ela não era uma Smythe-Smith, apesar de ser tão desafinada quanto.

A atração dele por Anne é imediata, e mesmo ela também se sentindo atraída pelo Conde, afinal ela é uma simples governanta que não tem onde cair morta, e seu passado é algo que deve ficar completamente enterrado sem que ninguém saiba dele. Mas como fugir das investidas de Daniel que está por todos os lados que ela olha? Como fugir quando o passado de Daniel e Honoria estão a todo momento tramando contra os dois e colocando ambas as vidas em perigo?

Não era seu momento. E não era seu mundo. Ele era um conde e ela era… Bem, era a pessoa que se obrigara a ser. Ou seja, alguém que não dava intimidade a condes, ainda mais condes com escândalos em seu passado.

DSCN4991

Uma noite como esta é o segundo volume da série Quarteto Smythe-Smith e aqui diferente do primeiro volume que mostrou mais como era esse quarteto terrível, vamos conhecer a história de Daniel, que foi brevemente explicada no primeiro livro, e que estava me deixando bem curiosa para saber o que aconteceu realmente que o fez fugir do país sem olhar pra trás.

Julia mais uma vez soube conduzir uma história de amor sem a deixar melosa ou repetitiva, aqui os protagonistas são bem mais maduros e experientes na vida, afinal ambos fugiram do seu passado e estão tentando uma segunda chance na normalidade, e isso trás uma nova história, um gás diferente ao romance e que prende o leitor desde a primeira página.

O maior mistério do livro com certeza é o passado de Anne, o qual ela esconde de deus e o mundo, ninguém sabe mais do que ela revela, e ao longo do livro ela nos apresenta sua verdadeira história de como foi injustiçada, deixando o leitor com o coração na mão pelo seu futuro e torcendo para que ela consiga se livrar de tudo que a aflige e a persegue e possa finalmente ser feliz, seja trabalhando como governanta para as meninas ou nos braços do Conde.

A questão era que ele queria mais. Quando a fitou nos olhos, sentiu vontade de compreender tudo, cada momento que a levara àquele momento. Não queria chamar aquilo de obsessão – parecia um nome sombrio demais para o que ele sentia.

Uma paixão louca, era disso que se tratava. Uma fantasia estranha e vertiginosa. Com certeza não era o primeiro home a se ver tão rapidamente arrebatado por uma linda mulher.

Daniel é o típico lorde inglês galanteador, que não está ligando muito para o que as pessoas vão falar do inesperado interesse dele nas sombrinhas (e na governanta) e que nunca se permitiu apaixonar. Ter fugido do país foi algo que acabou com ele, viver como um criminoso quando na verdade era tudo muito mais simples, então a relação que vai surgindo entre o casal é algo meio consolador, pois ele consegue perceber que Anne é muito mais do que diz ser, e que também está fugindo de algo como ele o fez durante tanto tempo. A cada página você vai gostando um pouco mais dele, e apesar de não ter se tornado meu protagonista favorito, ele conseguiu me conquistar e me fazer torcer para que no final ele conseguisse ficar com aquele por quem estava apaixonado, independente das posições sociais.

Não posso deixar de citar aqui nessa resenha o quanto eu gostei das irmãs mais novas de Sarah, as quais Anne orienta como governanta. Frances, Harriet e Elizabeth são bem peculiares, e extremamente agitadas, uma é o extremo da outra e quando estão juntas é uma confusão que só vendo mesmo rsrsrs, não sei como uma governanta só dá conta dessas três meninas. As cenas onde Frances é uma fofa querendo ser um unicórnio e Harriet escreve suas peças teatrais imensas e completamente piradas são o alivio cômico do livro, não tem como não rir de eles interpretando uma das peças, onde Daniel quase acaba sendo um javali rsrs.

Ela levantou os olhos.

O tempo parou. Simplesmente parou. Era o modo mais piegas e clichê de descrever, mas aqueles poucos segundos em que o rosto dela se ergueu na direção dele… pareciam se esticar e se estender, dissolvendo-se na eternidade.

Enfim, mais uma vez terminei esse livro em poucas horas  e completamente apaixonada. Julia Quinn sem  dúvidas é a rainha dos romances de época, ela consegue fazer um livro completamente diferente do outro e nunca entra em um clichê do gênero, sempre algo da história se sobressai e deixa tudo completamente diferente e instigante. Você sem dúvidas vai torcer por esse casal e querer descobrir todos os mínimos detalhes sobre o passado deles que tanto os atrapalha de ficarem juntos, e quando terminar vai ficar querendo loucamente o próximo livro, onde pelo jeito teremos mais loucuras dos Smythe-Smith’s.

Aquele homem era perigoso. Mesmo os dois estando sentados em um parque público, conversando sobre assuntos inocentes, ela conseguia senti-lo.

Algo dentro dela fora despertado, e Anne precisava desesperadamente voltar a trancar essa sensação.

Uma Noite Como Esta

ISBN-13: 9788580416640
ISBN-10: 8580416647
Ano: 2017 / Páginas: 272
Idioma: português
Editora: Arqueiro

Compre:

        avaliação cupcake - Cópia

9 comentários:

  1. Olá Sabrina!
    Sim, sem dúvida quero saber tudo sobre o passado de Daniel e também sobre o de Anne! Eu disse em outro comentário que ainda não tive a oportunidade de ler Julia Quinn, mas desde o lançamento do box do quarteto Smythe-Smith, estou quase vendendo um rim para te-lo em mãos. Achei muito fofo a forma como Anne cuida das sobrinhas de Daniel trabalhando como governanta, e o fato de ser uma história de amor, porém nada melosa também me agradou. Sem mencionar as capas que são maravilhosas.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Oi Sabrina!
    Fiquei surpresa ao saber que o segundo livro o protagonista é Daniel Smythe-Smith, achei que eles retratariam apenas as moças da família. Com certeza será um livro de muitas descobertas do passado de Daniel Smythe-Smith e da Anne.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. A cada resenha desse box eu fico mais admirada e querendo ler, esse livo me pareceu mais diferente que o primeiro gostei bastante do casal e saber o que realmente tem a esconder, acho que isso que mais chamam a atenção dos leitores também.
    Abraços!!

    ResponderExcluir
  4. Sabrina!
    Gosto quando os lordes mudam o rumo das histórias dos romances de época e é justamente o que Daniel faz ao se apaixonar por uma mera governanta...
    Claro que o mistério sobre o passado de Anne deve ser bem intrigante, já que ela foge de tudo e de todos e poder vê-lo revelado no decorrer da leitura, torna ainda melhor.
    “Não ganhe o mundo e perca sua alma; sabedoria é melhor que prata e ouro.” (Bob Marley)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de MARÇO, livros + KIT DE PAPELARIA e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  5. Estou vendo todo mundo falando dessa série de livros, da autora Julia Quinn, e ainda não peguei nenhum desses lviros pra ler. Adoro romances e pelo que você contou do enredo, acho que vou amar a história! Sua resenha me deixou com muita vontade de ler, parabéns!
    Ah! Amei as fotos que você tirou, combinaram tanto com o livro e ficaram tão lindas <3

    ResponderExcluir
  6. OI Sabrina.
    Eu estou muito ansiosa para conhecer a história do quarteto, desanimei um pouco quanto a esse livro pois lia sinopse que é uma bomba de spoiler, mas você me animou, adoro a escrita da julia e fiquei feliz em conhecer um pouco mais sobre o Daniel e espero gostar.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Sabrina!
    Já estou apaixonada por essa série. A Julia Quinn escreve divinamente. E estou ansiosa para conhece o Daniel e a Anne.
    Beijoss

    ResponderExcluir
  8. Sou apaixonada por romance de época, e Julia Quinn é rainha neste gênero
    Recentemente a editora lançou um box luxoso da coleção, fiquei com os olhos brilhando ao olhar. Ainda não li o primeiro livro, porém adoro a descrição dos personagens e suas particularidade

    ResponderExcluir
  9. Apesar do primeiro livro ter me interessado mais, achei engraçado isso da menina que acha que é um unicórnio kkkkk
    Sempre achei romance de época muito clichê e previsível e por isso não me aventurava muito nesse gênero, mas aparentemente a Julia é mestra em fazer tudo ficar diferente. Já quero!

    ResponderExcluir