Resenha: Toda Sua (Crossfire # 1) - Sylvia Day

DSCN4904_thumb[6]

Skoob – Avaliação: 5/5

Eva Tramell tem 24 anos e acaba de conseguir um emprego em uma das maiores agências de publicidade dos Estados Unidos. Tudo parece correr de acordo com o plano, até que ela conhece o jovem bilionário Gideon Cross, o homem mais sexy que ela - e provavelmente qualquer outra pessoa - já viu. Gideon imediatamente se interessa por Eva, que faz tudo o que pode para resistir à tentação. Mas ele é lindo, forte, rico, bem-sucedido, poderoso e sempre consegue o que quer - Eva acaba se entregando. Uma relação intensa começa. O sexo é considerado por eles como incrível. Capaz de levar os dois a extremos a que jamais tinham chegado. E, então, eles se apaixonam - o que pode ser tanto a chave para um futuro feliz quanto a faísca que trará de volta os traumas do passado.

*Livro de acervo pessoal da blogueira*

Sim, lá vem Sabrina falar de Crossfire denovo (emoticon revirando os olhos) hahahaha.

Oi pessoal, tudo certo? Hoje vim aqui trazer a resenha de Toda Sua (de novo) pois que consegui os últimos livros da série quero reler tudo (e ler o último que ainda não sei de nada) e postar todas as resenhas dessa série que eu amo tanto aqui pra vocês.

Ps: Como esse livro já havia sido resenhado aqui no blog estou apenas ‘subindo’ a postagem, as próximas resenhas serão inéditas hahahaha.

- Você me quer, Gideon?

- Mais do que o ar que eu respiro.

Se tem uma série erótica que eu gosto, e releio sempre que posso, é Crossfire. Apesar de muitas comparações com 50 tons de cinza e Grey, sempre que leio posso dizer sem sombras de dúvidas que uma não tem nada a ver com a outra, nada de sado, nada de contratos, nada de mocinha idiota e inocente, nada de milionário e mocinha pobre, nada com nada (pelo amor de deus parem de comparar) e Crossfire pra mim sempre, sempre, sempre será melhor.

Eva é uma jovem bem independente, sua mãe é daquelas que ficam procurando um marido rico, e já no terceiro casamento acabou achando um milionário que cuida bem dela e da filha, porém ela é meio paranóica com a segurança dela, pelo motivo que é revelado mais a fundo na história, mas que eu não vou entragar o spoiler. Eva mora com seu amigo gay Cary, e possui uma amizade de irmãos, visto que eles se apoiaram muito quando faziam terapia, ela tem alguns fantasmas no passado é claro, mas isso não a impede de levar a sua vida tranquilamente, ser inteligente e querer subir na vida com seu próprio esforço, logo vocês entendem porque eu gosto da série né, Eva é uma mulher forte – e eu adoro isso.

Já Gideon, é o típico protagonista que sofreu algum trauma na infância, e olha… esse daí sofreu mesmo viu! Na infância, na adolescencia… e agora lidera uma das maiores empresas de publicidade dos Estados Unidos. Quando ele vê Eva logo fica perdido por ela, e deixa bem claro que não é aberto a relacionamentos, pois dá muito trabalho, porém, ao ficarem juntos algumas vezes ele mesmo muda sua opinião quanto ao assunto, pois há tempos não sente algo tão forte assim por alguém, Eva completa e entende ele de uma maneira que ele não consegue nem medir. Toda essa personalidade romântica de Gideon com Eva conquista o leitor, ele não está só interessado em ‘trepar’ com ela, e sim em criar um laço mais profundo, ficar na companhia dela, e pra isso ele precisa se libertar de alguns fantasmas, e faz de tudo para conseguir, indo a terapia com ela, se abrindo mais… realmente se esforçando.

E temos os personagens secundários. Não tem como não amar Mark, o chefe gay de Eva e seu noivo. Gente, eles são aqueles personagens amigos, fofos e engraçados… Eu amo o desenvolvimento deles e a relação com ‘funcionária’, ela se torna realmente uma amiga confidente sabe, alguém com que eles se importam. Cary também merece um destaque como personagem secundário, apesar de que mesmo sabendo que ele é todo traumatizado, é alguém em que eu não consigo aceitar as vaciladas que ele dá com Eva e seus relacionamentos, acho ele meio hipócrita e usa seu passado para cometer burradas (espero que no livro 5 ele melhore, porque ta osso amigo).

Eu amo todo o processo do relacionamento do casal, todas as dúvidas que vão surgindo, os problemas que eles vão tentando com empenho solucionar, eles se abrindo mais e levando esse relacionamento como algo bem sério e que precisa dar certo pois eles se gostam muito. Amo também as vilãs desse livro, as coleguinhas que tentam roubar Gideon, meu Deus! Toda vez que elas aparecem quero tacar esse sapato da capa na cara delas, e na do Gideon também, que não percebe que elas são umas víboras que querem separar o casal.

Enfim, eu falei bem por cima mesmo do livro, pois ele é bem curtinho, e contar os detalhes estragaria bem a leitura. Recomendo muito essa série pois é bem diferente de 50 tons, é bem diferente desses eróticos que são publicados hoje em dia, e posso dizer que foi uma das séries que ajudou a introduzir essa febre do gênero na literatura, uma pena que a maioria não tenha a qualidade da história da Sylvia.

Quotes:

Era como se eu estivesse sendo atraída para ele, como se houvesse uma corda em torno da minha cintura me arrastando de forma lenda mas inexorável em sua direção.

A ligação entre nós era absurdamente intensa. Emocional. Mental. Eu nunca tinha me sentido tão completamente… entregue. Possuída.

Ele era um espécime masculino em estado bruto, a encarnação de tudo o que eu cobiçava, fantasiava e desejava.

Já fui amado antes – Por Corine, por outras mulheres… Mas o que elas sabem sobre mim? Como é que elas podem estar apaixonadas se não sabem nem quem eu sou? Se amor é isso, não é nada comparado ao que sinto por você.


Toda Sua

 

ISBN-13: 9788565530118
ISBN-10: 8565530116
Ano: 2012 / Páginas: 280
Idioma: português
Editora: Paralela

Compre:

                  avaliação cupcake - Cópia_thumb[6]

12 comentários:

  1. Oi Sabrina,
    Não inciei essa série porque realmente achei que era bem parecida com 50 tons. E pelo visto me enganei super né!? Já ganhou pontos comigo porque a Eva não é aquela menina inocente e boba. Adoro protagonistas fortes.
    Me interessou muito!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi Sabrina!
    Li esse livro por volta do fim de 2014, mas na época não dei continuidade a série, era tanto livro do gênero erótico no mercado que acabei enjoado e abandonando o gênero por uns tempos. Realmente Eva é uma protagonista incrível e bem diferente da sonsa Anastasia. É hot, mas também tem ótimos momentos engraçados, como a primeira vez que Eva encontra Gideon enquanto ela ajudava a catar moedas do chão no saguão da empresa usando roupas de ginástica e como ela pensa que deveria ser proibido um homem ser tão sexy (era algo assim, não lembro corretamente as palavras dela, mas era ótimo). Estou ansiosa pela resenha do próximo volume, quem sabe me animo e retomo a série.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. OI Sabrina.
    Eu li ate´o terceiro livro dessa série, e confesso que amei os primeiros, porém depois não conseguia continuar.
    Eu também curtir bastante o relacionamento do casal, foi interessante ver o desenrolar dessa história, as duvidas surgindo os problemas, absolutamente tudo.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  4. Sabrina!
    Já tive oportunidade de ler esse exemplar e realmente é uma visão mais 'light', digamos assim, dos romances eróticos, tão difundidos no momento.
    Gostei muito porque tem todo um enredo envolvente, protagonistas que aparentemente poderiam não dar certo por conta de suas diferenças, mas que formam um par genial durante toda história.
    Preciso ler os outros livros da série.
    “Não ganhe o mundo e perca sua alma; sabedoria é melhor que prata e ouro.” (Bob Marley)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de MARÇO, livros + KIT DE PAPELARIA e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  5. Oi Sabrina!!
    Não li nada dessa série mas me interessou bastante esse casal, gostei da maneira de como eles conduzem o romance e também gostei da conexão que a autora tenta nos passar.
    Adorei, abraços!!

    ResponderExcluir
  6. Oi, Sabrina!!
    Adorei a resenha!! Pelo que li da resenha realmente a história não tem nada haver com os livros de 50 tons. Gostei muito de tudo e sim você acabou me convencendo a ler essa série.
    Beijoss

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Gostei bastante do inicio da postagem, onde você apresenta elementos que o livro possuí (ou não) e diz que não tem nada a ver com 50 tons rsrs
    Ainda não li nada da Sylvia, mas tenho muita vontade pois por onde vejo comentando sobre seus livros são sempre vários elogios.
    A premissa é bem interessante e o que mais chama minha atenção é a personalidade de Eva.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  8. Nunca li esse livro, porém começo uma amiga que deve a oportunidade de ler.
    Ela contou que amou Eva, que Sylvia Day soube coloca sexo na hora certa na historia de forma que fiquei cansativa. Enfim, sabendo disso, eu já estava bastante curiosa sobre a obra, depois da sua resenha fiquei ainda mais em conhece a narrativa de Sylvia

    ResponderExcluir
  9. Olá, Sabrina!
    Nunca li este livro e os livros deste gênero não me chamam muito atenção, mas pelo que você disse ele vale a pena e é diferente.
    Sempre vejo indicações desta série e também as comparações com 50 tons, e foi bom você ter apresentado isso e falado que é bem diferente.
    Fiquei curiosa para saber do passado e dos fantasmas deles. Já não gostei dessas vilãs, rs.
    Gostei das quotes e amei a sua resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. É tão bom reler um livro e continuar gostando dele, né? Já aconteceu comigo de ficar pensando: como eu fui gostar disso? kkkk
    Acho que as pessoas relacionam com 50 tons por causa do cara ser empresário e ter esses fantasmas do passado, mas vamos combinar que 90% das tramas atuais de romance erótico tem isso kkkkkkkk
    Infelizmente tive uma experiência péssima com a Sylvia, portanto não sei se leria alguma coisa dela. Hoje não, pelo menos.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. olha, li os 3 primeiros livros a séculos atras e lembro que AMEI!!!
    Também pretendo reler para poder ler o final da saga!
    Sua resenha me fez relembrar tudo!!! AAA que saudade!! Adorei!!!


    Ana

    https://literakaos.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  12. Olá Sabrina, nunca li nada da Sylvia Day, ainda!!! Mas sempre fico curiosa quando leio as resenhas, percebi que ela tem um dom de fazer histórias sensuais e sobrenaturais. Por isso ela está na lista. Bjkas

    ResponderExcluir