Resenha: Amor Imenso - Penelope Ward

DSCN4953

Skoob – Avaliação: 5/5 Red heart

Desde garoto, Justin amava Amelia, que odiava Justin desde que ele se mudou para a casa vizinha à da sua avó, em Rhode Island. Não, nada disso. Amelia também amava Justin, mas um mal-entendido o fez pensar que a garota mais incrível do mundo não correspondia ao seu amor e, pior, o odiava.
Os anos se seguiram, e os dois tomaram caminhos distintos até que o destino – e um empurrãozinho de Nana, avó de Amelia – os reuniu novamente na casa onde se conheceram quando eram adolescentes. Obrigados a compartilhar o mesmo espaço, Justin – que aparece na casa de praia de Nana com a namorada – e Amelia vivem como cão e gato. Orgulhosa, a princípio ela não dá o braço a torcer ao amor que sempre sentiu pelo vizinho e reluta o quanto pode contra os encantos de um Justin, agora, mais
maduro e... muito mais atraente. Será que ambos resistirão à paixão e ao desejo que os incita desde a adolescência?

*Livro recebido em parceria com editora*

Senti meu coração mais acelerado do que jamais havia estado. Pensando bem, esse foi o exato momento em que Justin Banks se tornou o meu melhor amigo. E esse também foi o meu primeiro dia em que ele me deu um apelido que me acompanharia por toda a adolescência: Tapa-olho

Desde que conhecei a escrita da Penelope em Meu querido meio-irmão eu fiquei completamente apaixonada por suas histórias, que mexem tanto com os sentimentos do leitor que você ri, chora e suspira na mesma intensidade o livro todo.

Em Amor imenso eu sabia que poderia esperar algo do tipo, mas quanto mais eu lia mais ficava apaixonada pela história e pelas reviravoltas que a autora colocou na narrativa, me deixando completamente rendida por Amélia, Justin e a abelhão <3

Em síntese a história é o seguinte:

Ouvir sua voz tão diferente, a voz que ele havia aperfeiçoado durante anos, despertou toda a saudade que eu sentia dele. Todas as horas de exercícios que deviam ter sido empenhados no aprimoramento daquela bela voz, e eu não estava lá para ver. A culpa, as emoções,  a realidade de uma década passada… Tudo começou a me atacar ao mesmo tempo. Sem falar na canção sobre a garota que embora. Provavelmente, não tinha nada a ver comigo, mas eu sentia que tinha.

Amélia conheceu Justin quando ele se mudou para a casa ao lado da sua avó (que era do lado da sua), ela não tinha muitos amigos então logo começaram uma amizade bem fofa, ele adorava tocar pra ela, fazer com que ela se sentisse especial. Mas algo aconteceu no passado que quebrou o coração dela, e ela partiu sem ouvir as explicações do melhor amigo. Ele por seu lado não quis dar uma chance quando ela voltou, então ambos se odeiam e desde a adolescencia não conversam mais.

Mas quando a avó morre, dá um empurrãozinho nessa relação. A casa de praia dela é deixada como herança pros dois dividirem, eles terão que voltar a se ver e a se relacionar, nem que seja uma vez. Quando o Verão chega e Amélia decide passar suas férias naquela casa não imaginava que Justin teria a mesma ideia de descanso, e que estaria lindo e com uma namorada super legal o acompanhando.

Ambos possuem muitos sentimentos reprimidos, Justin parece odiar Amélia, que por sua vez só quer o perdão dele e uma segunda chance para serem amigos, mas como manter somente uma amizade quando o amor que ela sentia por ele na adolescencia ainda não desapareceu? Como deseja-lo quando sua namorada é uma pessoa muito legal e uma verdadeira amiga pra ela?

Nessa história Penelope vai mostrar como sentimentos verdadeiros quando reprimidos só tendem a ficar mais fortes, e que às vezes mesmo o destino te jogando em caminhos diferentes do que imaginava testando sua paciência milhões de vezes, algo inesperado pode surgir e dar algo muito mais grandioso que você sonhou.

As lágrimas começaram a escorrer. Eu estava chorando e não conseguia nem saber exatamente por quê. Essa foi a primeira vez que eu que percebi que estava apaixonada por ele. Eu amava Justin. Mais do que a um amigo, mais que tudo. Estava furiosa comigo mesma. Meu maior medo era perdê-lo. E eu entendia que isso algum dia iria acontecer. Talvez já estivesse acontecendo.

Voltar a ler algo de Penelope é como visitar aquele lugar seguro que você sabe que gosta, sabe que vai ter personagens incríveis e que eles vão ganhar seu coração logo nas primeiras páginas. Amor Imenso foi tudo que eu poderia esperar (e mais um pouquinho) me surpreendendo, me fazendo suspirar com as cenas românticas e quentes, rir muito nos momentos de alegria entre o casal, e principalmente ficar com aquele sorriso bobo no rosto de quando tudo termina perfeitamente bem como você queria.

Amélia é uma personagem que não tem como não nos apegarmos, por causa de uma atitude impensada quando era jovem abandonou aquele que sempre foi seu amigo, seu confidente e por isso tudo que ela quer é uma segunda chance para serem amigos de novo. No decorrer da história vemos uma mulher madura, que mesmo amando Justin não tenta fazer com eles fiquem juntos, afinal a namorada dele é muito legal e ela não quer que seja traída. O amadurecimento é imposto a ela, e ela abraça a situação com unhas e dentes, se dedicando ao máximo ao que terá que fazer, mesmo que pra isso tenha que mudar sua vida completamente.

Certo ou errado, não dá para controlar por quem nos atraímos. Não quero te desejar desse jeito. Ficar sentado ao seu lado agora já é difícil para mim. Mas querer alguém e ter alguma coisa com essa pessoa são duas coisas diferentes.

Justin é o típico crush dos sonhos, sério, não dá para esperar mais do que isso: músico, super dedicado, amoroso, fiel, lindo, amigo, já disse que ele é lindo? Penelope tem um jeito de construir seus personagens masculinos que você não espera menos que amá-los por sua total dedicação e responsabilidade com os compromissos que assumem. Eu me apaixonei na primeira parte do livro, eu me rendi na segunda, e estava quase pedindo Justin em casamento no final do livro, é tanto amor por esse personagem que não cabe mais no meu peito, só vocês lendo para entender mesmo do que eu estou falando.

Apesar de no início estarmos lendo uma história de amor fofinha, é na segunda parte que somos arrebatados. Acontece um ‘negocio’ ai na história que obriga nossos protagonistas a amadurecerem, fazendo-os encarar muitos dos seus medos do passado, e mostrando que independente de sua criação você não é seus pais, não é porque você teve uma criação negligente com vários exemplos errados que você vai repeti-los, tudo depende de sua força de vontade para ser sempre melhor, fazer sempre o melhor pelas outras pessoas que dependem de seu amor.

Amor Imenso é uma lição de amor. Você começa a leitura achando que lerá somente mais uma história entre dois amigos de infância para no final ser conquistado por algo muito maior, algo muito mais pessoal e pra sempre do que um relacionamento entre duas pessoas adultas. Ás vezes o destino te joga para caminhos diferentes dos que são esperados, conhecemos pessoas que nem sempre nos fazem bem, mas é acreditando e lutando que no final tudo se resolve, e nos dá uma recompensa muito melhor do que esperávamos. Vocês vão rir e se apaixonar nessa nova história de amor de Penelope Ward, Justin, Amélia e Bea vão ganhar seus corações e permanecer neles para sempre.

Quando ele se afastou, seus olhos eram ao mesmo tempo turvos, confusos e apaixonados. Mas uma vez, tive que repetir mentalmente o ditado sobre libertar alguém, porque, se alguém voltar, ele é seu. Senão, nunca foi.

Por favor, volte parar mim.

Amor Imenso

 

ISBN-13: 9788542209341
ISBN-10: 8542209346
Ano: 2017 / Páginas: 272
Idioma: português
Editora: Essência

Compre: Amazon  | Saraiva

avaliação cupcake - Cópia

13 comentários:

  1. Olá Sabrina,
    Morta de curiosidade para saber qual "negócio" aconteceu kkkk
    Achei bem diferente a história, pelo fato e Amélia achar a namorada de Justin bem legal e não querer ferir os sentimentos dela. (coisa rara de se ver por ai)
    Curiosa por esse livro <3
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Nossa que historia!!!
    Realmente a escrita da autora é muito boa, amei essa historia, eu só queria saber o que aconteceu com esses dois para acontecer de não se falarem, creio que vou ter de adquirir esse livro para saber kkkkkkkk, então quero saber como isso vai terminar necessito de saber logo.
    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  3. Ai Sabrina!
    Fico toda derretida com romances do tipo, quando há erros no passado ou mal entendidos que seja e depois os protagonistas se reencontram, tentam mostrar que não se gostam ou não perdoaram e aí, começam a viver um intenso romance.
    Amei?!
    “Não confunda jamais conhecimento com sabedoria. Um o ajuda a ganhar a vida; o outro a construir uma vida.” (Sandra Carey)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de MARÇO, livros + KIT DE PAPELARIA e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  4. Olá, Sabrina!!
    Que incrível essa história, preciso saber a continuação disso... Muito interessante e curioso, amei muito!!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  5. É natural que Justin chateado com Ámelia, afinal depois do que aconteceu na juventude dela sumir, eu também dicaria. Eu fiquei triste em saber que ele foi com sua namorada Jade para casa, achei que iria sozinha, poxa, mas sempre tem que ter aquela terceira pessoa para apimentar a historia. Enfim, adorei a historia e que capa maravilhosa hahaha.

    ResponderExcluir
  6. OI Sabrina.
    Eu adorei a premissa do livro, e fiquei muito curiosa para saber o que aconteceu para que ela se afastasse tão abruptamente dele, é até compreensível que ele sinta um pouco de raiva dela, já que foi abandonado sem mais nem menos, enfim vou ler com certeza.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  7. Fiquei apaixonada pelo livro só pela resenha. "e estava quase pedindo Justin em casamento no final do livro", eu ri quando você falou isso, e já conhecer esse crush dos sonhos aí <3

    ResponderExcluir
  8. Uauu, que capa ♥
    Não conheço a autora, mas quando você falou em Meu querido meio-irmão lembrei que há uns dias fiz um sorteio de marcadores e tinha desse livro no meio e juro que umas meninas quase saíram no tapa por causa dele hahahaha
    Pelo jeito o livro é bom mesmo! Assim, fiquei curiosa pra ler essa outra obra da autora. Apesar de possuir muitos elementos clichês e que todo mundo tá "cansado" de ler, a narrativa parece ser muito gostosa e é ela que faz toda a diferença. Gosto quando os personagens vão amadurecendo e também quando a história não é completamente previsível - o que é mostrado aqui pela protagonista que não quer atrapalhar o namoro do amigo apesar dos sentimentos por ele.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem?
    Como que eu não sabia da existência desse livro??? HAHAHA Eu, que não costume ler muito o gênero, fiquei com vontade de conferir Amor Imenso! Resenha incrível Sabrina!

    ResponderExcluir
  10. Fiquei curiosa pra saber sobre esse tal negócio. A história parece ser boa mesmo! Parabéns pela bela resenha! Amei!

    ResponderExcluir
  11. Olá Sabrina!
    Eu não conhecia a autora, mas fiquei apaixonada pelo livro ao ler a resenha. Queria saber mais sobre o que aconteceu para que Amélia se afasta-se de Justin e o que irá acontecer de tão inesperado que os obrigará a amadurecer. Justin parece um crush incrível mesmo e Amélia ganhou o meu respeito por se preocupar em não magoar a namorada dele por considera-la uma garota legal.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Oi Sabrina, tudo bem?
    Eu amei Meu Querido Meio-irmão e já estou mega ansiosa para ler este desde que foi lançado. Lendo sua resenha, que está ótima, fiquei ainda com mais vontade de conferir. E com muita vontade de conhecer o Justin é claro! rsrsrsr
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi, Sabrina!!
    Também adorei a forma que a Penélope escreve. Li o livro meu querido meio irmão e amei a história!! Agora estou muito curiosa para ler essa história arrebatadora!!
    Beijoss

    ResponderExcluir