Pecados No Inverno - Lisa Kleypas

DSCN4594

Skoob – Avaliação: 5/5

Agora é a vez de Evangeline Jenner, a Wallflower mais tímida que também será a mais rica quando receber sua herança. Mas primeiro ela tem que escapar das garras de seus ambiciosos parentes, Evie recorre a Sebastian, visconde de St Vincent, um conhecido mulherengo, com uma proposta incrível: que se case com ela!
A fama de Sebastian é tão perigosa que trinta segundos a sós com ele arruínam o bom nome de qualquer donzela. Mesmo assim, esta cativante jovenzinha se apresenta em sua casa, sem acompanhante, para lhe oferecer sua mão.
Mas a proposta impõe uma condição: depois da noite da lua-de-mel, o casal não voltará a ter relações íntimas. Evie não deseja torna-se apenas mais uma que Sebastian descarta sem piedade, o que significa que Sebastian simplesmente tem que trabalhar mais duro na sua sedução... ou, talvez entregar seu coração pela primeira vez em nome do verdadeiro amor.

*Livro recebido em parceria com editora*

Quero respirar o ar de seus pulmões e deixar minhas marcas em sua alma. Quero lhe dar mais prazer do que você pode suportar. Quero fazer amor com você, Evie, como nunca fiz com ninguém.

Ultimamente tenho lido bastante romances de época, e confesso que a cada livro me apaixono mais pelo gênero. A série As quatro estações do amor já permeava minha lista de desejados há alguns meses, mas agora com o lançamento o último volume da série resolvi arriscar e ler fora de ordem mesmo, conhecendo-a pelos dois último volumes: Inverno e Primavera.

Pecados no Inverno é o terceiro livro da série As quatro estações do amor, e a mocinha a ‘desencalhar’ da vez é Evie, a mais tímida e misteriosa das quatro amigas. Apesar de seu grande dote e a proximidade do falecimento de seu pai ela não conseguiu ainda arrumar um casamento, sua gagueira é sempre motivo de piadas entre os homens nos bailes, e se aproveitando disso e desesperados para roubar toda sua fortuna seus tios – que não são nem um pouco flor que se cheire – pretendem a casar com seu primo, que além de horrível é completamente submisso aos pais e não pretende defendê-la de maneira alguma.

Em um momento de loucura ela parte em direção à casa do maior libertino da cidade: Sebastian, o lorde de St. Vincent para lhe propor um casamento por conveniência, já que pelo jeito um casamento por amor nunca será disponível para ela. Ela sabe que ele está desesperado para arrumar uma mulher rica, então o plano é eles fugirem para a Escócia, se casarem o mais rápido possível para ela poder voltar à Londres e cuidar do seu pai, que não a vê a mais de seis meses. Após o casamento ela terá uma parte no seu próprio dote e o resto será de Sebastian, que poderá levar sua vida de libertino a vontade, deixando ela ser livre pela primeira vez em sua vida.

Mas será que depois de consumar esse casamento e embarcar na vida dessa garota tímida Sebastian ainda será o coração de pedra que todos conhecem? Será que algo poderia surgir entre duas pessoas tão diferentes e que parecem ter planos completamente distintos para suas vidas?

Meu prêmio… meu prazer e sofrimento… meu infinito desejo. Nunca conheci ninguém como você, Evie. Você ousa me fazer exigências que nenhuma outra mulher pensaria em fazer. Agora sou eu a pagar o preço. Mas mais tarde você pagará o meu… repetidamente…

Ai que livro maravilhoso!

Pecados no Inverno foi uma leitura tão rápida e envolvente que quando percebi já estava no final do livro e tinha colocado Evie em um lugarzinho no meu coração destinado às personagens queridas e que merecem ser protegidas.

Diferente de outros livros onde a mocinha é bem ‘despojada’ para a época, Evie é um amorzinho. Ela é tímida, foi super protegida por seus tios e sua gagueira é uma graça, pois nem com conhecidos ela consegue conversar direito. Além disso ela é completamente ‘sofrida’, pois seus tios a maltratam e ela não tem ninguém a quem recorer, e seu pai está morrendo e ela não pode visitá-lo por ele morar em sua casa de jogos, lugar impróprio para uma dama solteira.

Quando Sebastian entra na história ele parece ser alguém muito superior, alguém libertino demais e que não conhece o amor, alguém que se vanglória por levar sua vida nobre e que pretende passar o resto de seus dias com muitas amantes, mas a cada página o leitor vai percebendo que o lorde não é assim, suas demonstrações de afeto, sua preocupação em mantê-la segura e confortável são constantes, e em seus capítulos vemos o quanto se envolver com Evie deixou transparecer esse lado romântico nele. Há uma rendição nesse personagem por algo que ele fez no livro anterior, mas como não o li não posso opinar muito sobre isso, mas vendo suas intenções aqui percebemos que ele sempre foi muito mais do que deixou transparecer.

O cenário desse livro não poderia ser mais improvável, uma casa de jogos beirando a falência. Toda a história ocorre na antiga casa de jogos de Jenner’s, onde após o dono bater as botas Sebastian acaba assumindo a administração, coisa que para um lorde que nunca quis trabalhar na vida era algo completamente novo. É muito bacana ver como assumir um cargo como aquele funcionava, a suspeita dos funcionários, as provas que ele tem que fazer para provar que consegue assumir aquele lugar e principalmente as reviravoltas que acontecem ali, que são de apertar o coração.

Por ser meu primeiro contato com a escrita de Lisa eu não poderia gostar mais, tudo aqui é muito engraçado, dinâmico e improvável, a delicadeza de Evie contrasta com o coração de pedra de Sebastian e temos ótimas cenas a todo momento, uma das mais memoráveis do livro sem dúvidas é o casamento na Escócia, onde Sebastian quase me matou de rir com suas tiradas ácidas. É claro que o livro também possui muitas cenas quentes, então para as leitoras que adoram um casal pegando fogo esse livro é mais do que recomendado. Tenho certeza que se você gosta do gênero vai se apaixonar por esse livro, e querer conhecer todas as outras amigas ~até as que já desencalharam~ para se aventurar mais com essas mocinhas tão improváveis.

Agora é conferir o desfecho do próximo casal que já deu uma palinha aqui neste livro, e que tenho certeza que vai arrancar muitos suspiros e altas risadas pelo contraste de personalidades que possuem também.

Aceitarei sua proposta e a vencerei. Daqui a três meses colocarei isto de volta em seu dedo, a levarei para a cama e farei coisas com você que são proibidas no mundo civilizado.

 

Pecados No Inverno

 

As Quatro Estações do Amor # 3

ISBN: B0014HMFDIU
Ano: 2016 / Páginas: 288
Idioma: português
Editora: Arqueiro

Compre: Amazon | E-Book | Submarino | Americanas | Saraiva

 

 

avaliação cupcake - Cópia

11 comentários:

  1. Oi Sabrina,
    Minha lista de livros de época esta GIGANTE kkkk. Essa série parece ser incrível. Achei legal que a Evie é diferente, por ser despojada e a questão da gagueira. Com certeza ela e Sebastian vão fazer um par bem contrastante, o típico "opostos que se atraem".
    Adorei!
    Beijos

    ps: quando sai o TC de janeiro???

    ResponderExcluir
  2. Adorei a proposta do livro, claramente nota-se ser um livro estilo clássico, cheios de tradição na história. O que achei bem interessante é a proposta de Evie para Sebastian, fiquei pensando "será que não existe outros homens, menos mulherego na vida dela para fazer a mesma proposta?". Até que, comecei a nota o quão desesperada, talvez, ela deseja. Outra bastante legal, que parece que livro mostra e que todo homem tem seu lado romântico e que mulher pode ajudar ele descobrir. A Arqueiro sabe muito bem escolhe obra para publicar, essa ser duvidas é interessante de se ler, para quem gosta desse gênero

    ResponderExcluir
  3. Há muito tempo atrás, comprava romances de época de banca. E as "mocinhas" eram bem mais frágeis do que os livros do gênero que lemos ultimamente.
    E enquanto estava aqui lendo sua resenha,me deu uma certa nostalgia dos livros que eu lia antigamente... E deu saudades!
    Adorei a trama dessa história, onde o amor por uma mulher irá transformar para melhor o coração de um libertino.
    Pois cá entre nós, toda mulher deseja que aconteça isso.

    ResponderExcluir
  4. Aaahhh que bom que gostou da leitura, eu estou louca para ler a série, ainda não li nenhum livro da Lisa, mas tenho muita vontade, e sem contar que estou cada vez me apaixonando mais pelo gênero, e achei super bacana essa coisa da mocinha propor o casamento, espero ler em breve.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  5. Ainda não li nenhum livro da Lisa, mas só vejo resenhas super elogiosas. Li poucos romances de época, ainda não fui mordida por esse bichinho, mas mesmo assim fiquei curiosa para ler essa série. E descobri mais sobre o envolve de Evie com o libertino Sebastian. Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Conheço a autora, os livros dela são muito bons, quero ler!!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  7. Oi SAbrina!
    Adoro a autora, mas não li ainda nenhum dos livros dessa série.
    Bom saber que dá para ler os livros fora de ordem.
    Bacana ver que um plano é traçado para ela conquistar um marido. Ela tem o dinheiro que ele quer e ele pode se tornar o salvador da pátria, deve ser um bom acordo. Ela foi bem ousada em querer sua própria liberdade.
    Tão bom quando a escrita é dinâmica e a autora consegue dar leveza aos assuntos mais fortes.
    Preciso ler e adoro sensualidade.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  8. Oiii! nunca li nenhum livro da Lisa, e sou doida pra conhecer o gênero, pois nunca li nenhum livro do gênero e estou muito curiosa, quero muito ler essa série, adorei os quotes que vs mencionou e achei bem legal ter sido ela que propos o casamento kkkkkk ! ja gostei de Sebastian kkkk

    ResponderExcluir
  9. Só por ser numa casa de jogos nessa época já me interessei!
    tenho a intuição que vou amar o sebastian

    ResponderExcluir
  10. Oi, Sabrina!!
    Adoro romances de época. É estou bem curiosa para ler essa série maravilhosa da Lisa Kleypas!! Achei a mocinha um amorzinho e o mocinho cafajeste de primeira!! Mas o que importa mesmo e que são livros o amor supera tudo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Não gosto tanto de romances de época, mas achei o enredo deste romance bem legal. Um casal improvável, fiquei imaginando como os dois se apaixonaram, e o local realmente não poderia ser outro. Ótima dica, mesmo não gostando do gênero me interessei pela obra.
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir