A Luva de Cobre (Magisterium # 2) Cassandra Clare & Holly Black

DSCN4657

Skoob – Avaliação:  5/5

Nesta fantasia urbana, um universo de magia coexiste com nosso mundo.
Um universo repleto de intrigas, onde crianças aprimoram seus poderes em uma escola de magia chamada Magisterium, com Mestres que temem a volta do mago mais poderoso, e ambicioso, de todos os tempos, o Inimigo da Morte. Nesse volume, o aprendiz de mago Callum Hunt precisa encontrar uma antiga arma mágica roubada do Magisterium. A luva de cobre é capaz de arrancar a magia de uma pessoa e destruí-la completamente. Ao mesmo tempo, ele tem de decidir se conta aos amigos que, dentro dele, vive a alma do Inimigo da Morte, apenas à espera do momento perfeito para retomar sua escalada pelo poder

*Livro de acervo pessoal da blogueira*

Confira as resenhas dos livros da série aqui no blog

              O Desafio de FerroA Luva de CobreA Chave de Bronze

Essa resenha contém spoilers do primeiro livro, O Desafio de Ferro, então evitem os parágrafos que começam com vermelho, os outros podem ser lidos sem problemas.

Magisterium é uma série que está me conquistando cada vez mais, no primeiro livro eu fiquei de boca aberta do tanto que as autoras tiveram uma sincronia e conseguiram criar uma história que surpreende a cada página, saindo daquele clichê de jornada do herói que já estamos cansados de ler por aí em fantasias juvenis.

--------------Spoiler do parágrafo abaixo ----------------

Pois bem, depois da descoberta surpreendente  de que a alma de Constantine, o Inimigo da Morte, abita o corpo de Call tudo muda na vida do garoto. Suas ações começam a ser medidas, com medo de estar se tornando aquele que há treze anos matou centenas de magos em um massacre em busca de mais poder. Além disso, seu pai não o trata como antigamente, ele está constantemente estressado e não quer que o garoto volte para o Magisterium, e muito menos que mantenha o Lobo Dominado pelo Caos dentro daquela casa.

Mas a relação entre os dois acaba quando Call descobre que seu pai prendeu o seu Lobo em um porão, e que naquele mesmo lugar havia algemas e uma cama para alguém do tamanho dele, além de diversas anotações sobre um objeto estranho e um ritual para matar o Caos de dentro de um mago. Com medo de que o seu pai tente matá-lo ele foge e procura abrigo com Tamara e Aaron, mas o que ele não imaginava é que seu ano não será fácil no Magisterium, e que esse objeto estranho está completamente ligado a sua vida e ao segredo que carrega.

DSCN4659

-------------Spoiler no parágrafo abaixo --------------

A Luva de Cobre foi mais um livro com surpresas do início ao fim, sinceramente fiquei maluca quando li o final de O Desafio de Ferro, pois imaginar que a alma de Constantine está em Call é no mínimo insano e pode trazer muita confusão pra sua vida, afinal ele é o contrapeso do Makar, e o objetivo do Makar é matar o Inimigo do Mal, dá pra perceber a confusão em que Call se meteu?

Diferente do primeiro livro que foi bem introdutório, A Luva de Cobre é bem mais direto – e menor – e por isso a história já começa com um ritmo eletrizante logo nas primeiras páginas, com o garoto tendo férias bem conturbadas com seu pai e fugindo com medo de ser morto. Mas ao voltar para o Magisterium é que tudo fica ainda mais sinistro, pois estão tentando roubar um objeto que pode matar o Makar, e todos os indícios apontam para Alastair, seu pai.

Com o intuito de ajudá-lo a se livrar dessa encrenca e trazer a Luva de Cobre de volta ao Magisterium Call parte em uma jornada, porém seus amigos não poderiam deixá-lo ir sozinho e acabam o acompanhando nessa busca muito perigosa, até mesmo Jasper que não gosta muito de Call acaba se metendo no grupo. Essa jornada é o que rege o livro, e sinceramente foi algo muito bem escrito e medido na idade dos personagens que só tem 13 anos.

DSCN4661

Quando os quatro estão juntos eles são espertos, conseguem pensar em estratégias para se livrar dos magos, dos Dominados pelo Caos e até mesmo de perigos maiores que têm de enfrentar já que viraram o alvo de uma certa pessoa misteriosa. Eu adorei as autoras terem trabalhado isso com os personagens, pois eles tiveram que usar muito de suas magias, mostrando ao leitor do que são capazes e os perigos que elas possuem, algo que ficou muito mais dinâmico em uma jornada do que teria sido em uma sala de aula.

Se aquilo fosse verdade, então…. não tinha falhado na tentativa de roubo. Se tudo aquilo fosse verdade, o Alkahest estava mais vulnerável que nunca.

O segredo de Call também tem grande importância na história, de modo que lá pro final do livro ele é o foco das atenções e muitos planos que envolvem o garoto e o Inimigo da Morte são revelados, e novamente as autoras conseguiram me surpreender, pois eu achei que iria acontecer uma coisa e elas foram bem mais criativas, me fazendo amar muito mais esse grupo de amigos que são completamente leais e muito espertos para lidar com segredos e meias verdades.

Um ponto que chama a atenção na história com certeza é o fato de que todos os personagens são protagonistas, não é porque Call tem um papel um pouco mais importante que ele é o foco, pelo contrário, muitas das coisas envolvem diretamente Aaron e Tamara, e até mesmo Jasper, e por isso você encontra aqui uma narrativa diferente, mostrando a lealdade desses amigos (e não um romance bobo igual à muitos infantos) e um companheirismo ao ponto que os três se unem para crescerem juntos, em igualdade e sempre se ajudarem quando precisam.

Enfim, A Luva de Cobre com certeza foi mais um livro incrível dessa série, eu amei cada página, cada desafio, cada mistério e cada conquista desses amigos, eu torci para que tudo se revolvesse e vibrei com suas conquistas, conheci novas facetas de outros personagens e passei a desconfiar de outros do Magisterium, e agora não posso mais esperar para ler A Chave de Bronze, que com certeza será ainda mais instigante.

Se você gosta de uma fantasia bem escrita, com personagens bem reais e leais Magisterim é sem dúvidas uma ótima leitura, garanto que você não vai se arrepender. É um livro recomendado para todas as idades e que além de entreter você por horas vai ensinar muito sobre o verdadeiro poder da amizade e do companheirismo.

Composta por uma combinação de forças elementares, a manopla era uma arma criada para um propósito – extrair do Makar a habilidade de controlar o caos. Em vez de controlar o vazio, o Makar seria destruído pelo mesmo.

A Luva de Cobre

 

ISBN-13: 9788501105806
ISBN-10: 8501105805
Ano: 2015 / Páginas: 304
Idioma: português
Editora: Galera Júnior

 

avaliação cupcake - Cópia

11 comentários:

  1. Oi Sabrina,
    Deu um certo medo de ler a resenha, mas amei que marcou os spoilers, assim passei longe e nem li. Afinal quero muito ler a série. Adorei que esse livro vai envolver uma busca pela luva e que também os personagens "coadjuvantes" vão ganhar destaque, é muito bom quando uma história não gira apenas em torno do protagonista. Creio que seja uma história ainda mais envolvente que te faz querer continuar a série imediatamente! <3
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá,ainda não li o primeiro livro,mas mesmo assim li a resenha.
    Como é bom ler um livro de fantasia,que nos surpreende não é?!

    Sem contar as mil aventuras e mistérios da trama.

    Tenho muita vontade de conhecer a história. Só o que me incomoda um pouco, como já havia dito na resenha do primeiro,é por se tratar de uma série não tão pequena.
    Mas mesmo assim ainda vou conhecer!

    ResponderExcluir
  3. Achei interessante, mas não é um livro que compraria, se ganhasse leria.....Ótima resenha!!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  4. SAbrina!
    Claro que gosto de uma fantasia bem escrita, ainda mais por duas divas, quem não gosta?
    Impressionada por saber de todo poder que está dentro de Cal, fico daqui na expectativa das próximas resenhas, porque a série é bem longa.
    “Quanto mais nos elevamos, menores parecemos aos olhos daqueles que não sabem voar.” (Friedrich Nietzsche)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de FEVEREIRO, livros + KIT DE MATERIAL ESCOLAR e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  5. Fantasia *_* algo que amo quase tanto quanto romance. Acho as capas lindas e por ter a Diva Cassandra eu super quero ler

    ResponderExcluir
  6. Oi, Sabrina!
    Que livro mais legal. Estou adorando as resenhas da série. Espero também ler esses livros maravilhosos. Amei a resenha.
    Beijoss

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Essa serie conquistou mesmo, parece que a autora consegui trazer um livro ainda melhor do que o primeiro, o que me deixou ainda mais curiosa pois o segundo livro geralmente não segue o mesmo ritmo do primeiro, mas fiquei curiosa para poder conhecer essa historia e esse mundo que a autora nos trás !!

    ResponderExcluir
  8. Ainda não li o primeiro livro, apenas sua resenha, que aliás me empolgou bastante. Achei interessante que como você mencionou, apesar de o foco ser em Call, mas todos os personagens serem protagonistas também , acredito que nunca li uma trama assim. E o que dizer dessas capas lindíssimas?!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  9. Oi,
    Ainda não li ao primeiro da série, mas estou ficando curiosa para ler os livros, gostei da resenha, gostei também dessa coisa do foco não ser somente o protagonista, espero ter a oportunidade de ler em breve, aahhh e eu não li os parágrafos com alerta de spoiler.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  10. Sou encantada com essa serie, essa capas maravilhosa. Só quero ter a chance de ler
    eles ainda esse ano. Fiquei bastante curiosa em conhecer essa magia do livro,
    desde que os livros foram lançados. Adorei a resenha, e gostaria de saber se voce tira as fotos
    e com câmera do celular ou fotográfica, pois amei a qualidade

    ResponderExcluir
  11. O enredo continua muito bom neste segundo livro. Gostei de saber que todos os personagens podem ser considerados protagonistas, que todos tem um importante papel. Os mistérios que envolvem a trama me deixaram curiosa. Ótima resenha;
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir