Sete minutos depois da meia-noite - Patrick Ness

DSCN4427

Skoob – Avaliação: 5/5

Conor é um garoto de 13 anos e está com muitos problemas na vida.
A mãe dele está muito doente, passando por tratamentos rigorosos. Os colegas da escola agem como se ele fosse invisível, exceto por Harry e seus amigos que o provocam diariamente. A avó de Conor, que não é como as outras avós, está chegando para uma longa estadia. E, além do pesadelo terrível que o faz acordar em desespero todas as noites, às 00h07 ele recebe a visita de um monstro que conta histórias sem sentido.
O monstro vive na Terra há muito tempo, é grandioso e selvagem, mas Conor não teme a aparência dele. Na verdade, ele teme o que o monstro quer, uma coisa muito frágil e perigosa. O monstro quer a verdade.
Baseado na ideia de Siobhan Dowd, Sete minutos depois da meia-noite é um livro em que fantasia e realidade se misturam. Ele nos fala dos sentimentos de perda, medo e solidão e também da coragem e da compaixão necessárias para ultrapassá-los.

*Livro recebido em parceria com a Editora Novo Conceito*

Hoje eu preciso vir falar sobre Sete minutos depois da meia-noite. Confesso que não estava nos meus planos furar a fila com ele nesses dias, mas como vi que o filme iria sair hoje, sai correndo para lê-lo, afinal são poucas páginas e rapidinho iria terminar. Mas nada me preparou para o que li nessas 160 páginas, não imaginava que iria encontrar um livro tão triste com uma mensagem tão intensa, ainda mais sendo um garotinho o protagonista do mesmo.

Conor tem só 13 anos, mas sua vida está em um ponto que nem nós adultos teríamos estruturas para aguentar tanto tempo. Sua mãe tem câncer, e está passando por vários e vários tratamentos, que sempre a deixam cansada demais ou sonolenta, tendo ele que cuidar de si mesmo na maioria do tempo. Seu pai sai de casa há alguns anos, e hoje tem uma nova família nos Estados Unidos, a única conexão que ambos possuem são curtos telefonemas a cada quinze dias (no mínimo) que mal servem para alguma coisa. E na escola, por causa da doença de sua mãe ele foi excluído por todos, ninguém conversa com ele, os professores não lhes dão castigos e ele só recebe olhares de pena, o único que ainda lhe enxerga é Harry, um garoto maldoso que adora bater nele todos os dias.

Todas as noites ele tem um pesadelo com um monstro horrível, algo que lhe faz acordar gritando todas às vezes, porém dessa vez o sonho é diferente, o monstro chama por ele, e aparece sob a terrível forma de uma árvore de Teixo com braços, pernas e uma sede de destruição enorme. Conor não tem medo de sua aparência, pelo contrário, quer saber por que uma árvore que se diz ter milênios de vida apareceu para ele nesse momento, e por que ela insiste em lhe contar histórias sem pé nem cabeça de suas caminhadas pela Terra. A única coisa que ele tem medo é da quarta história que será contada, dessa vez por ele, a história que o aterroriza mais do que tudo…. A verdade.

by-megatruh-696x365

Como eu disse lá em cima, nada me preparou para a tristeza que senti lendo este livro, a história de Conor é breve e dinâmica, e o leitor consegue se entregar a cada sentimento do garoto e daqueles que o cercam, até mesmo do Teixo.

Com um pé na fábula, Patrick trás uma história de múltiplas interpretações para o leitor, mas com uma simples mensagem: como é difícil dizer adeus para quem amamos, principalmente quando se é uma criança de apais separados, e que tem a mãe como sua única companheira. O amadurecimento precoce, a dor, a perda de amizades, a exclusão pelos outros não compreenderem o que você está passando, a raiva, a não aceitação… Todos esses temas são muito bem trabalhados pelo autor no livro, e com certeza ele poderia servir de base para jovens que estão passando pelo mesmo problema do protagonista, pois acredito fielmente que essa pode ter sido uma das intenções do mesmo ao escrever essa história.

Mas do que isso não posso dizer a vocês, só posso completar essa resenha recomendando este livro. Você com certeza irá chorar muito, mas vai terminar esta leitura adicionando-o aos seus favoritos, junto com aqueles que você nunca mais vai esquecer na vida, que lhe trouxe grandes ensinamentos e lições para guardar no coração.

Por fim, fiquem com o trailer do filme, que estreia hoje nos cinemas. Pelo que conferi a adaptação está incrível, e vale super a pena assistir, só se lembrem de levar lencinhos para o final

Crying face 

             

DSCN4428

Sete Minutos Depois da Meia-Noite

 

ISBN-13: 9788581638249
ISBN-10: 8581638244
Ano: 2016 / Páginas: 160
Idioma: português
Editora: Novo Conceito

 

avaliação cupcake - Cópia

10 comentários:

  1. Olá Sabrina!!!
    eu também não sabia sobre a estreia do livro eu realmente fiquei surpresa, não tenho o livro mais quero ler primeiro para o filme, apesar de não ser muito fã de fantasias mas tenho certeza de que esse seja bom por causa da mistura de fantasia e realidade só isso e a historia do personagem principal quando li aqui fiquei com pena dele e espero que ele tenha um final feliz rsrsrsr.
    Até mais!!!!

    ResponderExcluir
  2. Oi Sabrina, acho que realmente vou ter que preparar lencinhos para ler essa história, que apesar de curta parece ser tão intensa e triste, só lendo a resenha e a sinopse já fiquei triste imagina lendo :/ Sua resenha chegou na hora certa, já que o filme já vai ser lançado e como o livro só tem 160 páginas, dá pra ler rapidinho antes de vermos o filme, ótima dica ;)

    ResponderExcluir
  3. Fiquei com medo dessa verdades rsrs tô com mil possibilidades loucas passando na cabeça. Não conhecia a história, nem suspeitava que pudesse ser um filme. Não gosto de chorar com livro pq depois a ressaca literária bate forte, mas esse entrou na lista de desejados. Já fiquei sentida por ele ser excluído na escola, e ainda perder a única companheira vai ser difícil.

    ResponderExcluir
  4. Ooi!

    Eu não tinha ouvido falar desse livro até o povo começar a falar do filme, sinceramente hahaha
    mas de cara eu simpatizei com a premissa e não apenas por causa do ent, mas principalmente por essa tristeza, sabe? Gosto de livros q me deixam triste, pq eles me fazem pensar e agradecer o que tenho, sabe?

    bjbj
    Lá... E de volta outra vez

    ResponderExcluir
  5. Oi Sabrina!
    Acho que esse livro trará muitas lições! Fiquei animada pois parece bem dinâmico e como é curtinho da pra ler rapidinho antes de ver o filme (afinal prefiro sempre ler o livro antes!).
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi Sabrina, tudo bem?
    Eu me apaixonei pela capa desse livro, e faz uns dias que vejo no Insta o pessoal falando bem dele.
    Eu não tinha lido nada sobre a história, somente comentários do tipo 'vocês precisam ler' 'é um livro maravilhoso'. Mas agora depois de ler sua resenha percebi que vou passar ele na frente de todas as minhas leituras. Deve ser muito difícil passar por essas situações, e tão novo, quero saber como o autor abordou tudo isso.
    E já sei que vou chorar kk, sou dessas.
    Beijos! <3
    Lost Words

    ResponderExcluir
  7. Oi, Sabrina!!
    Adorei a resenha do livro!! É um livro bem curto mais traz tantos significados!! Também fiquei bem interessada pelo filme, o trailer é fabuloso e com certeza quero assistir assim que tiver um tempinho livre!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  8. Adorei sua resenha, nunca tinha ouvido falar do livro e nem sabia que iria virar filme, mas fiquei bem interessada no livro, parece ser ótimo, gostei bastante do trailer e confesse que fiquei bem curiosa pra saber mais, um livro pequeno mas com uma mensagem enorme, e com um grande guerreiro como protagonista, simplesmente amei!!

    ResponderExcluir
  9. Eu gostei, só que ficou uma sensação de que faltou algo, eu tinha muitas expectativas com relação a esse livro. Mas no fim eu chorei.

    ResponderExcluir
  10. Oi estou louca para ler esse livro e não sabia que ele virou filme, estou bastante desconectada kk.
    Esse é um livro bem marcante pelo o que eu li em todas as resenhas, uma obra impactante que não vejo a hora de ler. E quero muito saber o motivo das visitas do Monstro, o desfecho desse livro, o que acontece com Conor, quero saber tudo.

    ResponderExcluir