Entre o Último e o Primeiro Dia - Bianca Briones

DSCN4509

Skoob – avaliação: 4/5

"Entre o Último e o Primeiro Dia" é um conto da série Batidas Perdidas, em que Rafael e Viviane retornam para narrar o Ano Novo dos Villa, Albuquerque e agregados.
Em uma história encantadora, que continua tratando de temas fortes, sem deixar de lado o amor e a lealdade àqueles que amamos.
E nos lembrando da importância das decisões tomadas entre o último e o primeiro dia do ano e do quanto elas podem impactar nossas vidas.
Rafael e Viviane voltam com a sua característica mistura de doçura e sensualidade.
Sem nos esquecer, é claro, da incapacidade do Rafa de segurar seus palavrões.
*Não é preciso ter lido os livros da série para ler o conto, mas a compreensão será melhor, se tiver lido pelo menos um dos outros.
**Depois do conto, há um bônus (com notificação de spoiler) e traz mais um pouco do casal final do livro "O Desapego Rebelde do Coração".

*e-book recebido em parceria com a autora*

Gosto desta calmaria. Amo saber que, apesar dos meses turbulentos, mais uma vez estamos inteiros.

Entre o primeiro e o último dia é um conto da série Batidas Perdidas da autora Bianca Briones, que foi lançado no fim do ano como um presente especial para seus fãs, e que foi recebido com um sorriso no rosto, afinal é sempre adorável ler sobre esses personagens tão diferentes, e como as famílias Villa e Alburquerque sempre fica maior, uma festa de Ano novo tem tudo para ser épico.

Como disse os personagens dessa série só aumentam, e durante a leitura foi completamente engraçado ver eles tentando organizar a festa via Whatsapp (mais conhecido como como grupo da fofoca) e quando finalmente combinam o local e os convidados vão chegando confesso que fiquei meio perdida com quem era quem (afinal eu só li o primeiro livro da série + o conto 1.5), mas é claro que a Bianca pensou em tudo e colocou no começo do conto uma explicação dos personagens, assim quando eu estava com dúvidas voltava lá na frente e relembrava quem eram os fulanos.

O conto se situa sete anos depois do primeiro livro da série – As batidas perdidas do coração – e como os narradores principais deste conto são o Rafa e a Vivi vemos o quanto essa data é importante pra eles, como a vida deles mudou desde aquele primeiro encontro mas ainda assim as dores das perdas daquele ano ainda são fortes, e que algumas pessoas da família ainda não se recuperaram completamente.

O conto é completamente engraçado, quente e fluido, em poucos minutos devorei as páginas e fiquei querendo mais, e com certeza agora eu vou me jogar nos outros livros da série porquê quero conhecer os personagens que foram citados aqui e ver como outros acabaram ficando juntos depois de tanto se desencontrar no primeiro livro que li.

A diagramação continua linda igual aos outros livros da autora, com um trecho da música no começo de cada capítulo e uma guitarra no cabeçalho do mesmo. Os capítulos são intercalados entre Rafa e Vivi, o que nos dá uma visão mais gostosa da história (principalmente quando eles são o seu casal favorito), e há também os balõezinhos das conversas do Whatsapp no decorrer do livro, deixando tudo mais fofo.

Enfim, se você já conhece a série As Batidas perdidas essa é uma ótima história para matar a saudade dos personagens tão queridos e também contemplar como é ter todos eles reunidos em um único local, gerando muitas risadas e confusão por todo lado. Fica aqui meu agradecimento especial da Bianca por trazer essa história em um momento tão épico do ano, e me fazer apaixonar ainda mais pelo Rafa e pela Vivi.

Quando perdemos alguém que amamos para a morte, a vida passa a ter alguns momentos estranhos. É claro que ainda seremos felizes, mas é aí que mora a melancolia. A felicidade é boa e a vontade de partilhá-la com quem se foi persiste.

Sobrevivemos a mais um ano e, não importa o que aconteça, sobreviveremos ao próximo também. Não sabemos o que ele trará. Problemas, é claro. Perdas, infelizmente. Alegrias, tristezas. O ano é um pacote completo e nunca é só bom ou ruim.

A nossa certeza é que não importa o quanto a vida nos machuque, sempre teremos um ao outro e isso é suficiente.

 

avaliação cupcake - Cópia

7 comentários:

  1. Oi Sabrina, a capa desse conto tá uma fofura só e acho ótimo quando os autores presenteiam os leitores, com histórias que nos permitem ter uma visão de como ficou a vida depois do final do livro, ajuda a matar a saudade. Assim como vc eu só o 1 e o 1,5 e gostei de saber que a autora faz um mini resumo situando o leitor sobre os personagens. ;)

    ResponderExcluir
  2. Oi Sabrina,
    Não li nada ainda da autora Bianca Briones, mas só leio elogios de duas obras. Achei interessante a autora situar o leitor quanto aos personagens, isso ajuda muito que as vezes perde um pouco o foco da leitura ou não memoriza muito os nomes.
    Achei a capa linda também.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi, Sabrina!!
    Ainda não li essa série As Batidas Perdidas do coração, mas recententemente li outro livro dela e fiquei apaixonada pela sua criatividade em compor os seus personagens!! Espero começar a ler essa série em breve.
    Beijoss

    ResponderExcluir
  4. Que peninha não li nada sobre a serie mais não tenho duvida da ótima qualidade das obras da autora, achei lindo o que li aqui a respeito e me apaixonei capa mais linda que já vi e adoraria ler a coleção com certeza.
    Abraços!!

    ResponderExcluir
  5. eu li o primeiro livro e sou tão apaixonada por ele, adorei saber a existencia desse conto, e amo o Rafa e a Vivi e a história deles, e quero muuito conferir o resto dos livros e esse conto <3 adorei esse grupo da fofoca haha, e tbm quero saber se eles tiveram filhos , quero saber tudooo, haha pelo jeito preciso ler os outros livros !!!

    ResponderExcluir
  6. Leio muitos comentários sobre a série e como é amada rs
    Gostei da resenha e tenho curiosidade com as histórias, mas o que me desanima um pouco é que são muitos livros e tenho um certo pé atrás de como a autora desenvolve a história

    ResponderExcluir
  7. Vale a pena, se você não leu ainda a série Batidas Perdidas fica o meu apelo, pois é uma série sensacional e que vai te emocionar muito. Aos fãs, apenas aproveitem este conto e matem a saudade.

    ResponderExcluir