Sr. Daniels - Brittainy C. Cherry

DSCN4331
Skoob – Avaliação: 5/5 Red heart
Depois de perder a irmã gêmea para a leucemia, Ashlyn Jennings vê sua vida mudar completamente. Além de ter de aprender a conviver sem parte de si mesma, ela precisa se adaptar a uma nova rotina. Enviada pela mãe para a casa do pai, com quem mal conviveu até então, ela viaja de trem para Edgewood, Wisconsin, carregando poucos pertences, muitas lembranças e uma caixa misteriosa deixada pela irmã.
Na estação de trem Ashlyn conhece o músico Daniel, um rapaz lindo e gentil, e a atração é imediata. Os dois compartilham não só o amor pela música e por William Shakespeare mas também a dor provocada por perdas irreparáveis. Ao sentir-se esperançosa quanto a sua nova vida, Ashlyn começa o ano letivo na escola onde o pai é diretor. E não consegue acreditar quando descobre, no primeiro dia de aula, que Daniel, o belo músico de olhos azuis com quem já está completamente envolvida, é o Sr. Daniels, seu professor de inglês.
Desorientados, eles precisam manter seu amor em segredo, e são forçados a se ver como dois desconhecidos na escola. E, como se isso já não fosse difícil o bastante, eles ainda precisam tentar de todas as formas superar os antigos problemas e sobreviver a novos e inesperados conflitos.

*Livro de acervo pessoal da blogueira*

Ler Sr. Daniels mês passado foi um presente, uma daquelas leituras que você curte do início ao fim e no final tem uma lição de vida, um conforto, uma prova de que quando duas pessoas estão destinadas a ficar juntas, nem o tempo às separa.

Ashlyn é uma garota que no começo do livro está meio perdida, afinal sua irmã Gaby que era a gêmea que sabia aproveitar a vida morreu, e ela não entende porque não foi ela a levar esse fim, afinal isso deixaria menos pessoas tristes, como sua mãe e o noivo de sua irmã. Após esse acontecimento ela é obrigada a ir morar com o pai em outra cidade, pai o qual não tem contato há anos, e que só apareceu agora porque uma das filhas está morta.

Para piorar sua situação ela ainda descobre que ele é casado com outra mulher, e que está tem dois filhos mais ou menos de sua idade, os quais ela também não sabia da existência.Mas o que a ajuda a encarar esse pesadelo sem fim é o encontro com um jovem misterioso no trem, Daniel Daniels parece ter uma estranha familiaridade com tudo que Ash está passando, principalmente com relação ao luto, e por gostar tanto de Shakspeare quanto ela, tendo até uma banda inspirada no mesmo. Tudo parece estar caminhando bem, até seu primeiro dia de aula começar e ela perceber que seu professor de literatura é ninguém menos que Daniels, e que o romance que estava tão eminente em suas vidas é altamente proibido e perigoso para ambos.

Até mais ou menos metade do livro sinceramente parecia que eu estava lendo Métrica, de Colleen Hoover novamente, um romance proibido entre um professor de 22 anos e uma aluna que acabou de se mudar para uma cidade estranha após perder alguém, e estava me perguntando o porquê de todos acharem esse livro tão maravilhoso e o recomendarem tanto.

Mas então eu comecei entender o sentido da história, e percebi que a autora trabalhou outro ramo neste livro que não foi o romance, e sim como lidar com a perda de alguém que amamos muito e não per fazer nada para mudar isso. Ash e Daniels tem passados muito sofridos, e quanto mais vê lê e vai entendendo eles, e vai percebendo também as diferenças de escrita das autoras, porque pois mais que sejam dramas com um enredo bem parecido, Brittainy t m uma escrita mais leve, mais simples e até mais romântica.

Outro ponto que me agradou bastante nessa história é a personalidade da protagonista, que mesmo sendo um tanto perdida no começo por causa do luto ainda é forte, e você consegue reconhecer isso em suas ações e escolhas, sempre lutando pelo que acredita. Quando um romance começa a acontecer entre o casal ela é direta, quando percebe que é proibido ela não fica chorando pelos cantos implorando para que ele a escolha, ela entende as consequências e sempre pensa em que Daniels precisa.

Os personagens secundários aqui foram muito bem trabalhados também, desde os filhos da madrasta de Ash que quebraram muitas vezes os climas pesados, e colocaram outro mais pesados ainda em alguns momentos, aos colegas da nova escola, que se mostraram muito mais importantes no final do que eu imaginava. A relação com o pai da protagonista também é muito bem trabalhada no livro, e gostei muito de como a autora conduziu tudo, mostrando que algumas feridas só são curadas com o tempo e algumas doses de perdão e segundas chances.

E o que dizer de Gaby que mesmo estando morta roubou a cena o livro todo? As cartas que ela deixa para que Ash possa s guie sua vida sem ficar trancada em casa se martirizando com o luto são incríveis, as palavras dela a cada missão cumprida é de deixar o leitor com um sorriso no rosto e dor no coração, pois você consegue perceber o quanto ela era especial e o quanto deve ter sido sofrido para todos perdê-la, ainda mais para uma doença tão brutal como o câncer.

Enfim, Sr. Daniels é tudo que dizem ser um pouco mais. É um livro que vai te banquetear com algo muito mais profundo que um romance new adult, é um livro que vai lhe mostrar que o amor verdadeiro pode sim existir, e quando encontramos a pessoa certa nem o tempo, a distância ou as pedras que a vida coloca em nosso caminho pode separar. É um livro que vai lhe ensinar que passar pelo luto nunca é um processo fácil, mas que não podemos deixar o medo e a tristeza vencer e nos tomar o tempo que poderíamos estar rindo ou tendo novas experiências. Se você quer ter mais um crush literário e aprender várias lições de vida com um livro super amorzinho, recomendo muito a leitura de Sr. Daniels, agora é começar 'O ar que ele respira' e me emocionar mais uma vez com a brilhante escrita dessa autora.

avaliação cupcake - Cópia

14 comentários:

  1. Oi Sabrina, essa história é mesmo um amor e gostei muito de relembrar os personagens através da tua resenha. Eu fiz o caminho inverso que você fez, li O Ar que ele respira primeiro e como me encantei pela escrita da autora comprei Sr. Daniels pra ler, confesso que sempre que lia a sinopse ficava com uma imagem de que o professor era bem mais velho que a aluna e nem lia resenhas, mal sabia eu que a idade deles é próxima e que o livro é super envolvente. Não li Métrica ainda, mas já tá na minha lista de livros que quero ler e ao saber agora que a história dele se assemelha com a de Sr. Daniels, vai me fazer correr contra o tempo pra lê-lo também... ótima resenha ;)

    ResponderExcluir
  2. Nossa,não li o livro,mas agora estou muito ansiosa para lê-lo.
    Pois se percebe que não é apenas mais uma história morna de romance.
    Não deve ser fácil lidar com a perda de alguém especial, e quando acredita que encontrou alguém para trazer um pouco de brilho para a sua vida,se depara com mais um drama:A pessoa em questão é seu professor!!!!
    Mas é exatamente por isso, que estou louquinha para conferir.

    Gostei muito!!!! 😉

    ResponderExcluir
  3. Oi Sabrina, olhei diversas vezes esse livro e nunca parei para ler a sinopse. Confesso que fiquei admirando os belos cabelos da moça da capa kkk. Adorei a resenha e acho que é um livro diferente de tudo que já. Um romance proibido onde o foco não é só o casal mas sim as vidas "passadas" deles é muito mais interessante, não o torna mais do mesmo. Estou curiosa para conhecer melhor o Sr. Daniels e o que tem escrito nas cartas da Gaby (aposto que deixam o leitor emocionado). Com certeza vai para lista de leitura (que só aumenta kkk).
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Sempre li muitos comentários positivos sobre o livro Sr. Daniels e estou a um tempão querendo ler, sua resenha me deixou mais ansiosa ainda para comprar o livro e ler, parece ser muito bom.

    ResponderExcluir
  5. OI Sabrina.
    Engraçado quando eu li o livro também tive a impressão que estava lendo Métrica.
    Confesso que não curtir muito a leitura não, justamente pelas atitudes contraditória da mocinha mas isso não vem ao caso, eu gostei mas não foi lá essas coisas, a história em si desenvolve bem e tenho que concordar com você, a autora soube trabalhar muito bem os personagens secundários, enfim adorei a resenha bateu uma saudade, acho que está na hora de ler uns quotes hahaha.
    Boa Tarde.

    ResponderExcluir
  6. Oi Sabrina....
    Já ouvi falar maravilhas de "Sr. Daniels" e sempre tive vontade de ler, mas ainda não tive oportunidade... Sua resenha me encantou e me deixou ansiosa para ler esse livro o mais breve possível... Um romance proibido, a perda de um ente querido e lições que levamos para a vida toda... Um romance completo que promete algumas lágrimas... Com certeza vou ler essa obra...
    Beijinhos...

    ResponderExcluir
  7. Olá, adoro esses livros que nos dão uma lição de vida fiquei muito entusiasmado para descobrir a história de amor de Ashlyn. Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Olá,já ouvi falarem muitooo bem desse livro no Skoob,mas esses dias comecei a ler um livro da autora e não me simpatizei tanto assim com a escrita da autora,esperava mais profundidade,mas enfim,isso acabou que me deixando c/ um pé atrás com a autora,mas falam tão bem de Sr. Daniels que me pergunto se estou só ficando nas "primeiras impressões" e não decidindo arriscar por isso. Eu adoro essa temática professor e aluna= amor proibido,e o único que eu recordo ter lido com essa proposta foi justamente o que vc cita Métrica,e eu adorei demais a proposta,e é difícil achar livros desse estilo né?! Enfim,gostei de saber que a mocinha não é "chiliquenta" com essa situação do amor proibido,pq isso me irritaria profundamente rs
    Ótima reenha,bjs

    ResponderExcluir
  9. A história me envolveu bastante, parece ser um livro bem legal e simples de ler. Só não gosto da parte triste do livro, mas fora isso, quero muito ler.

    ResponderExcluir
  10. Oi, Sabrina!
    Possuo "O ar que ele respira" e apesar de ainda não ter lido, sei que vai ser muito emocionante. Esse aqui também não parece ser muito diferente, eu adorei que a protagonista ainda consiga ter uma personalidade forte, e apesar de esse romance entre aluna e professor ser um tanto quanto clichê, o fato de a autora ter focado mais na perda, e ainda ter misturado com outros gêneros também faz com que o clichê não pese tanto.

    ResponderExcluir
  11. Percebo que mais que romance o livro é sobre como lidar com o luto. Afinal, as vezes os autores focam mais na morte do personagem do que na maneira que os que ficaram lidaram depois da partida de tal personagem. Isso é um fator super positivo nesse livro e seu diferencial. Sem falar que a escrita da autora parece ser ótima, e o trabalho da editora com a capa e diagramação são maravilhosos. Enfim, um bom livro que acredito que todo amante de romance deveria ler.

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi Sabrina, tudo bem?
    Preciso ler o livro só por isso 'uma prova de que quando duas pessoas estão destinadas a ficar juntas, nem o tempo às separa' :x.
    Tá, depois de ler essa resenha maravilhosa, vou passar a noite lendo esse livro com certeza. E depois volto aqui contar o que achei.
    Eu adoro quando a protagonista é madura assim, e quero conhecer mais os personagens do livro.
    E claro, é sempre bom um livro que trás alguma lição.
    Beijos, e logo logo volto aqui contar o que achei.
    Beijos!
    Lost Words

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, passando para dizer que estou completamente apaixonada pelo Daniel Daniels. Agora vou voltar a ler. Beijos kkk ❤

      Excluir
  13. Oi!
    Ainda não li Métrica, mas li esse livro a algum tempo e ele me conquistou, é uma historia linda, emocionante e que torci pela Ashlyn, é muito triste esse começo principalmente o luta que a personagem enfrente, mas adorei como a Brittainy trabalha a historia e principalmente a atenção que ela da para os personagens secundários, adoro essa historia !!

    ResponderExcluir