Pra Ser Sincero - 123 Variações Sobre Um Mesmo Tema - Humberto Gessinger

DSCN4110

Skoob – Avaliação: 5/5

Em 11 de janeiro de 1985, mesmo dia da abertura da primeira edição do Rock in Rio, Humberto Gessinger subia ao palco do auditório da Faculdade de Arquitetura da UFRGS de cabelo new wave e bombacha, para o primeiro show de uma banda que tinha nascido para durar uma noite só. Era para ter se chamado Frumelo & Os 7 Belos, mas ninguém gostou, então os integrantes da banda resolveram fazer uma brincadeira com os estudantes de Engenharia e os surfistas que frequentavam o bar da universidade, que estava a pelo menos 100 quilômetros do mar. Engenheiros do Hawaii. Vinte e cinco anos depois dessa estreia, Humberto Gessinger - que acompanhou todas as formações desde o primeiro show - lança neste livro seu olhar sobre a trajetória do grupo, sobre cada uma das composições e revela curiosidades e bastidores das gravações. Com fotografias inéditas, informações sobre cada um dos discos, letras comentadas e um diário de 1984 a 2009, Pra Ser Sincero é um livro sobre uma banda que era para ter durado uma noite só, mas que acabou escrevendo um capítulo da história do rock brasileiro, mesmo estando longe demais das capitais.

*Livro recebido em parceria com a Belas letras*

Quem convive comigo sabe que sempre está tocando Engenheiros no meu celular ou computador. Humberto embalou o meu ensino médio e me fez encarar algumas situações com uma mente diferente, ou simplesmente serviu para me distrair de um trabalho chato.

DSCN4111

A questão é, até pouco tempo não conhecia mais abertamente o cantor, que é visto pela crítica como introvertido ou até mesmo um pouco ‘grosso’ por não entrosar muito com os fãs. Mas, desde que comecei a ler seus livros fui percebendo de verdade quem é Humberto Gessinger, e vi que ele é uma pessoa normal assim como eu e você, e sinceramente, sou muito parecida com ele, mais do que imaginava.

Pra ser sincero, 123 variações do mesmo tema foi o primeiro livro do autor, e nele vamos conhecer desde mais detalhes sobre sua vida desde a infância, até como uma banda que era pra durar um show acabou atravessando estilos e gerações, e durou muito mais do que pretendiam.

É um livro sincero, claro e incrível para quem é fã. Vemos a difícil trajetória, gravando em estúdios infestados de cupins, de manhã para terem tempo de usar os instrumentos antes das ‘celebridades’ chegarem no estúdio. As idas e vindas dos integrantes da bandas, emoções e momentos que inspiraram as músicas de sucesso, e principalmente os pensamentos de Humberto sobre tal época.

DSCN4112

A primeira parte do livro é separada pelos discos lançados por Humberto, cada capítulo’ tem cerca de três páginas explicando como foi a criação da música que foi parada de sucesso do álbum, as situações inusitadas daquele ano em shows e bastidores... Enfim, entrar de cabeça assim nos 25 anos (até a data de lançamento do livro, 2009) é uma sensação incrível para quem é fã, ainda mais sendo este escrito por uma mente tão peculiar quanto a de Humberto, que consegue transmitir o que sente em poucas palavras, ou como meu marido diz: que faz total sentido sem fazer sentido algum.

A segunda parte é repleta das letras escritas por ele e algumas possuem comentários sobre elas, explicando termos usados na canção, o que motivou a escrever, as variações da mesma música que foram surgindo ao longo do tempo, e o mais legal: as que se completam mesmo que em álbuns diferentes.

DSCN4114

Finalizando, Pra ser sincero é um livro perfeito para os fãs e para aqueles que querem aprender mais sobre a trajetória de Humberto, um gaúcho tão peculiar e comum, que encantou gerações com músicas boas, e que nunca deixou mudarem seu estilo e aquilo que acreditava para vender mais discos ou fazer mais sucesso. Uma banda que nasceu para durar um show e que completa 31 anos de sucesso em 2016 mesmo depois de altos e baixos, idas e vindas, karmas e DNA.

DSCN4113DSCN4115DSCN4117DSCN4118DSCN4120

avaliação cupcake - Cópia

15 comentários:

  1. Aaaa quem não gosta dessa banda? são maravilhosos confesso que faz pouco tempo que comecei a curtir musicas desse estilo, muito legal esse livro não sabia da existência do livro gostei e achei criativo com tantas imagens que os representam quero comprar sem dúvida.

    ResponderExcluir
  2. Não curto muito esse estilo de leitura.
    Mas, acredito que pra quem gosta é uma boa pedida.
    Achei o livro super criativo, confesso.
    Gostei da sua opinião e tenho certeza que muitos irão aprovar a leitura.
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  3. Acho que eu nunca parei pra escutar alguma música dessa banda, então, consequentemente, não sou fã. Gostei muito da sua resenha e o livro está muito bem feito, parece realmente interessante para aqueles que gostam. No entanto, vou dispensar a dica por enquanto.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. "Um dia desses, num desses encontros casuais, talvez eu diga 'minha amgiga, pra ser sincero, prazer em vê-la, até mais'."

    Engenheiros embalou minha adolescência, ouvia as músicas que tocava nas rádios todos os dias ao ir à escola.

    Que livro lindo, digo, a diagramação, as fotos, a arte, é um presente para os fãs. Acho super interessante saber o que há por trás das letras e gosto de biografia de músico/banda. Ainda mais esse livro bem caprichado, o rock nacional merecia ter um para cada banda dos anos 80.

    ResponderExcluir
  5. Oi Sabrina,
    Sou fã dos Engenheiros do Hawaii, suas músicas ainda fazem parte da minha playlist. Apesar de não gostar muito de livros desse estilo, esse com certeza vale a pena. Uma biografia de um músico completo, acompanhar a trajetória do grupo, das composições...uma leitura imperdível para os faz. Obrigada pela dica ;)
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Que lindoo
    Adoro Engenheiros do Hawaii, e meu namorado é simplesmente Fã.. acabei de encontrar um bom mimo pra presentear ele ! ♥ Otima resenha
    Obrigada !!!

    ResponderExcluir
  7. Vou admitir que não nenhuma grande fã de Humberto Gessinger e Engenheiros do Hawaii, mas gosto de algumas músicas, e vejo que realmente eles tem/tiveram muitos fãs e grandes músicas. Não compraria o livro por que não me interesso pelo cantor e banda, não sou fã, não acho que valeria à pena.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  8. Oi Sabrina.
    Não sou fã da banda e nem do cantor, mas para aqueles que são o livro deve ter sido um lançamento bem interessante. Deu para notar que tem várias fotos sobre momentos importantes e achei legal ter comentários sobre composição das músicas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Gosto muito da banda, mas não sou muito de ler livros nesse estilo, então :/

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Confesso que não sou muito fã dessa banda, mas pra quem é o livro é um ideia genial. Sempre procuro saber mais sobre uma autora ou cantor que eu gosto portanto acho que os fãs ficaram muito felizes com o livro do cantor. Amei sua resenha e as imagens do livro são muito lindas.
    Parabéns pela resenha e beijos!!!

    ResponderExcluir
  11. Oie, tudo bom?
    Gostei da resenha, o livro não faz meu estilo, e confesso que não ouvi nenhuma música da banda, mas irei procurar saber mais sobre a banda e até ouvir algumas músicas quem sabe eu me interesso pelo livro e queira conhecer melhor o Humberto.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  12. Olá.
    Sou fã da banda, as letras das músicas são incríveis. O livro parece muito informativo e as ilustrações estão super bacanas. Se tiver oportunidade, gostaria de ler, com certeza. Ótima resenha. Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Oiii, confesso que não interessei pelo livro por não ser fã da banda, adorei o estilo do livro...
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  14. Quando era mais jovem,adorava a banda Engenheiros do Hawaii.
    Lembro até de um show que fui da banda,e até hoje tenho boas recordações.
    Mas lembro que não achava o vocalista nem um pouco simpático!

    Não é um livro que eu gostaria de ler.

    ResponderExcluir
  15. Gente amo, amo Engenheiros do Hawaii e Humberto! Esse livro é lindo demais, estou esperando ansiosa pra chegada dele pelos correios. Gostei muito de como foi feita essa separação dentro do livro, e a parte das letras é a que mais chamou a atenção. A fotografia ficou linda, é um livro para fãs da banda, cantor e da geração do bom rock roll nacional.

    ResponderExcluir