Belgravia - Julian Fellowes

DSCN3993

Skoob – Avaliação: 4/5

Uma nova saga histórica, fascinante e irresistível, repleta de segredos e escândalos
Ambientada nos anos 1840, quando os altos escalões da sociedade londrina começam a conviver com a classe industrial emergente, e com um riquíssimo rol de personagens, a saga de Belgravia tem início na véspera da Batalha de Waterloo, em junho de 1815, no lendário baile oferecido em Bruxelas pela duquesa de Richmond em homenagem ao duque de Wellington.
Pouco antes de uma da manhã, os convidados são surpreendidos pela notícia de que Napoleão invadiu o país. O duque de Wellington precisa partir imediatamente com suas tropas. Muitos morrerão no campo de batalha ainda vestidos com os uniformes de gala.
No baile estão James e Anne Trenchard, um casal que fez fortuna com o comércio. Sua bela filha, Sophia, encanta os olhos de Edmund Bellasis, o herdeiro de uma das famílias mais proeminentes da Bretanha. Um único acontecimento nessa noite afetará drasticamente a vida de todos os envolvidos. Passados vinte e cinco anos, quando as duas famílias estão instaladas no recente bairro de Belgravia, as consequências daquele terrível episódio ainda são marcantes, e ficarão cada vez mais enredadas na intrincada teia de fofocas e intrigas que fervilham no interior das mansões da Belgrave Square.

*Livro recebido em parceria com a editora*

Descrever sobre a incrível história de Belgravia é uma árdua tarefa pra mim, tanto porque gostei muito do livro e também porque a história é tão completa e cheia de intrigas e segredos, que qualquer parte que eu revele pode acabar sendo um spoiler e eu estaria estragando a experiência de algum leitor com o livro.

DSCN3986

Mas basicamente a história vai girar em torno de duas famílias: Trenchard e Bellasis. James e Anne Trenchard são os pais da jovem Sophia, uma garota a frente de seu tempo, que não precisa que lhe deem nada, ela conquista, ela não precisa de aprovações ou conselhos sobre o que sente, mas não vamos falar sobre ela agora, vamos focar em seus pais. James é um fornecedor, ele consegue suprimentos para a cidade, e com a guerra cada vez mais perto seu comércio está ficando cada vez mais forte, porém ele não se contenta com isso, ele é um alpinista social, alguém que deseja estar lá em cima e ter uma vida boa e afortunada, alguém que luta para ser o que não é e com esse comportamento acaba irritando sua esposa Anne, uma mulher simples que não gosta de escândalos para si, e vê esse alpinismo do marido como uma ganância e até mesmo como um pouco de humilhação, pois as pessoas sempre comentam.

Sophia está cada vez mais perto de Edmund Bellasis, o próximo Duque de Wellington, e sua mãe está cada vez mais preocupada com a possível desilusão da filha, já que alguém tão importante não poderá se casar com a simples filha de um comerciante, mesmo que este esteja cada vez mais rico. Mas é durante o baile da duquesa de Wellington que a vida de ambas as famílias mudam. Napoleão está armando um cerco a cidade, e o duque e todos os soldados precisam ir ao combate, e entre eles está Edmund. Mas o que ninguém imaginava é que aquela batalha mudaria a vida das famílias para sempre. Os Bellasis perderiam seu único herdeiro na defesa da cidade, e os Trenchard perderiam algo mais valioso ainda. 30 anos depois aquela noite ainda é lembrada por muitos como uma lenda, mas alguns segredos estão perto de submergirem, e o que aconteceria com as famílias de Belgravia se este viesse à tona? Quão importante os acontecimentos de uma noite podem ser para deixar segredos tão fortes assim?

DSCN3989

Belgravia é um livro de época completamente diferente, como nunca lido por mim. Diferente dos tradicionais romances onde a trama gira em torno de uma mocinha a frente de seu tempo e um rapaz inacessível, aqui a historia gira em torno dos segredos  Do passado que devia estar enterrado, mas permanece mais vivo do que tudo para algumas pessoas, podendo levar alguns a glória e outros a ruína facilmente.

Narrado em terceira pessoa sob ponto de vista de vários personagens, vemos como era a Bulgária no ano de 1840 quando os comerciantes não eram mais vistos como a ralé e estavam conquistando algum prestígio na sociedade, mas que ainda sempre seriam desprezados por pessoas mais tradicionais e que sempre levariam em conta o seu status antes de tomar qualquer atitude.

Os personagens aqui são sem duvida marcantes, e as que mais chamam a atenção são aqueles mais velhos que praticamente regem o livro e carregam consigo segredos muito importantes, Anne com certeza foi a personagem que mais se destacou pra mim, com seus 60 anos ela não deixou de ser inteligente, sagaz e independente, não precisando que seu marido tomassem atitudes por ela, fazendo o que a sua consciência achava certo, mesmo que aos olhos de James não seja. A condessa de Brockenhurst também foi muito bem trabalhada, no começo podemos ate não gostar dela, a achando arrogante e metida com seu titulo, mas vamos a conhecendo melhor e entendendo os seus sentimentos, e conforme ela vai se relacionando com os outros personagens importantes do livro vamos vemos uma evolução absurda nela, mesmo com mais de 60 anos ela ainda aprende a ser uma pessoa melhor e dar valor as coisas certas, mesmo que estas estejam a frente de seu tempo                        

Mas não pense que não há um romance proibido aqui, ele acontece, porem não é o foco do livro, mas ainda assim vai fazer o leitor suspirar pelo casal e gostar muito da mocinha, que não se deixa amedrontar pela sua mãe mandona e seu casamento arranjado. Maria é forte, esperta e destemida, adoraria se aventurar por outros países e não toma atitudes erradas quando é pressionada. E Sr Poppe é um homem honesto e trabalhador, e com certeza você associara a qualidades dele a outros personagens, e ver que um filho sempre puxa a seus pais.

A trama do livro é muito bem construída, amarrada e envolvente. São capítulos curtos que conseguem prender o leitor na medida certa, deixando sempre uma ponta de curiosidade com o que acontecera nas próximas paginas, e surpreendendo a cada novo acontecimento. São muitos personagens, não há como negar. Mas cada um tem a sua história muito bem trabalhada e desenvolvida, de modo que ate os criados tem um desfecho, deixando tudo completamente amarrado e explicado, e dando os finais merecido a cada um, seja ele ‘justo’ ou não.

A diagramação do livro é linda, e a editora me surpreendeu muito. As orelhas do livro são maiores (quase o tamanho da capa) e internamente possui uma colocação dourada, dando todo um luxo clássico a obra. As divisórias de cada capítulo são bem clássicas também, e deixam você preparado para o que acontecerá nas próximas páginas. A ilustração da capa remete muito a história, e todo o tom azul, branco e dourado ficou perfeito. As páginas são amareladas, a fonte tem um bom tamanho e não achei nenhum erro de revisão.

DSCN3999

DSCN4001

Enfim, Belgravia é um livro de época completo e arrasador, ele entrega tudo o que promete e com certeza vai surpreender o leitor mostrando como alguns segredos podem abalar a vida de tantas pessoas, fazendo as agir precipitadamente por amor, ódio, vergonha ou ganância. Você verá que mesmo naquela época muitas pessoas e suas ações não eram diferentes das que acontecem hoje, e que um simples baile pode mudar a vida de todos para sempre. Se você gosta de um livro com romance, intrigas, segredos e uma boa dose de personagens fortes e marcantes, com certeza esse será o livro pra você.

DSCN4005

avaliação cupcake - Cópia

Um comentário: