Sem esperança–Colleen Hoover

DSCN3338

Skoob – Avaliação: 5/5

Assombrado pela culpa e pelo remorso por não conseguir salvar Hope nem Less, Holder desenvolveu uma personalidade agressiva. Mas, quando finalmente se depara com Hope depois de tantos anos, não poderia imaginar que o sofrimento seria ainda maior após o reencontro. Em Sem esperança, Holder revela como os acontecimentos da infância de Hope, que agora se chama Sky, afetaram sua vida e sua família, fazendo-o buscar a própria redenção na possibilidade de salvá-la. Mas é apenas amando Sky que ele finalmente será capaz de começar a se reconciliar com si mesmo.

Só se passaram alguns dias, mas, desde que a conheci, não importa onde estou, não paro de pensar nela. Minha atenção está sempre voltada para ela, como se eu fosse uma bússola e ela, o meu norte.

Sem esperança é o segundo livro da série Hopeless, um POV de Dean Holder que serve para complementar o primeiro livro – Um caso perdido – . Para a leitura deste livro, você precisa ter lido o primeiro livro da série, mas não é obrigatório ler este para entender o primeiro.

Não preciso dizer novamente que a escrita de Colleen é brilhante, certo? Sou fã de carteirinha da autora, e o primeiro livro que li dela foi Um caso perdido. Eu lembro que fiquei chocada quando terminei a história, chocada com a profundidade desse YA, chocada por não ter desconfiado de nada, chocada pelo final que a autora inseriu na obra. Mas o tempo passou e eu não acompanhei os outros dois livros da série: Sem esperança e A procura de cinderela, e vejo o meu erro só agora.

Em Sem esperança temos a visão de Holder sobre a história. Então se você não leu o primeiro livro, aconselho pular alguns parágrafos (todos na verdade) desta resenha, pois não há como resenhar este livro sem citar grandes spoilers do primeiro.

---------- Essa resenha contém spoiler do livro Um caso perdido -----------

DSCN3329

Ela é minha graça salvadora. Minha esperança. Minha Hope. E eu nunca mais vou deixá-la sozinha.

A história começa um pouco antes do primeiro livro, com a morte de Less, uma overdose provocada, como sua mãe gostava de dizer. Less era sua irmã gêmea, e ver o que ela fez com sua própria vida deixa Holder agressivo, por não ter percebido o que ela estava sentindo, que a vida dela estava destruída e não ter desconfiado do que ela iria fazer. Acontece que nem todas as pessoas são boas com ele, e na escola parece que o único assunto é a morte de sua irmã, ele está levando numa boa, até que um babaca insulta Less e Holder perde a cabeça. Ganhando uma expulsão e sendo preso, além de ter que ir morar com seu pai, pois sua mãe não aguenta mais lidar com isso.

O único escape do garoto é o caderno de Less, que era para ler escrever sobre o seu dia para ajudar na terapia, e que a garota nunca usou. É nele que Holder desabafa, conta sobre seus dias como fazia quando sua irmã estava com ele.

Um ano depois do acontecimento, ele volta para a casa de sua mãe, mas uma ida ao mercado muda toda a sua visão sobre o que quer da vida. Ele encontra com uma garota igual Hope, a garotinha que era sua melhor amiga e que foi sequestrada 13 anos atrás, sequestro o qual ele se culpa até hoje por ter visto e não lembrar nenhum detalhe que ajudasse na investigação. Mas ela não é Hope, e sim Sky uma garota linda que adora correr e tem uma personalidade forte. Holder se apaixona pela garota, mas a cada dia ela se parece mais com Hope, e várias peças vão se encaixando para provar Sky e Hope são as mesmas pessoas, mas como se envolver com ela guardando esse segredo?

Sem esperança mais uma vez é um livro brilhante, carregado de sentimentos e que transporta o leitor a um romance avassalador de Holder & Sky, e que trata de temas muito complicados de serem escritos, entre eles está à morte de um irmão, mas precisamente uma irmã gêmea.

O caderno de Less é o escape de Holder, e é o que rege a maior parte do livro. Nele vemos o garoto conversar com a irmã, contar pra ela o que ele anda sentindo, suas descobertas com relação à Sky, e principalmente refletir sobre que decisões tomar quando o assunto é grave de mais para ser dito sem estragar a vida de quem ele ama.

Eu amo Hope desde que éramos crianças. Mas essa noite? Essa noite me apaixonei por Sky. H

Diferente de outros POV’s Sem Esperança não é algo repetitivo, contando a mesma história de novo e de novo, e sim é um livro sobre os sentimentos de Holder, os momentos que ele não estava com Sky e como foi difícil para ele descobrir que Holder não só estava viva, mas não se lembrava de detalhe nenhum da sua antiga vida, e permanecia alheia a tudo que lhe aconteceu.

Foi gratificante ver o que esse personagem tão marcante na minha vida de leitora pensava, sentia e ver suas dúvidas e medos com relação ao amor a Sky e Less. Mesmo não tendo sentindo a mesma emoção do primeiro livro, o choque com as bombas e revelações da história ainda tiveram algum impacto sobre mim, e me fez pensar qual seria a minha atitude frente a tudo que esses três personagens passaram e sofreram, principalmente Hope e Less.

Colleen não me decepciona, sempre traz uma história marcante e que vai lhe fazer pensar o quanto a vida é dura para alguns, e que às vezes é tão dura e te quebra tanto que seguir em frente é uma opção dolorosa demais, e que não devemos achar que foi uma escolha fácil para pessoa abrir mão da vida. Para os fãs da autora que já leram Um caso perdido esse livro é uma ótima complementação, torna o primeiro ainda mais impactante e profunda, mas aconselho ler em um espaço de tempo menor, pois os sentimentos das descobertas ainda estarão ali na superfície, e ver a história pelos olhos de Holder vai lhe emocionar ainda mais.

Não sei se ela pode me ver de onde está agora, nem mesmo se está em algum lugar, mas caso possa ver isso... quero que saiba como sua decisão egoísta me afetou. O quanto me deixou sem esperança. Literalmente sem Hope nem Less. E completamente sozinho. E tão incrivelmente arrependido.

Agora é ler o próximo livro A procura de Cinderela para conhecer a história de Six e Daniel, que foi citada nesse livro e me deixou bastante curiosa.

avaliação cupcake - Cópia

top maio

21 comentários:

  1. Sou suspeita para falar sobre esse livro, ou melhor, sobre a autora. Amo muito seus livros e esse não é exceção. Só de ler sua resenha já dá vontade de reler (já li duas vezes e nunca me canso da escrita da CoHo <3
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  2. Oi linda
    Tenho uma amiga apaixonada pela escrita da autora e anda suplicando para que eu leia eses livros dessa série o mais rápido possível e com sua resenha uma vontade forte nasceu para conhecer mais sobre esses personagens feridos pelos acontecimentos da vida.

    Espero gostar bastante das obras da Collen.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Eu achei um livro bastante complexo.. Percebi que tanto nesse como o outro nexe muito com os sentimentos dos personagen . Sentimentos esses muito fortes. Eu fiquei confusa em algumas partes, não entendi muito bem a historia da personagem, acredito que teria que ler o primeiro livro.

    ResponderExcluir
  4. Hey...
    Esse parece ser um livro bem intrigante, ainda não li nem esse nem o outro livro porem tenho interesse nos dois, "Sem esperança" parece ser um livro com sentimentos de culpa muito grande, e Hope ou Sky não sei nem oque dizer, quero muito ter certeza e elas são as mesmas pessoas rs...
    Beijocas...
    https://westfalllivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Sabrina linda, eu não curto outro ponto de vista da mesma história, mas este livro foi um tapa na minha cara porque eu gostei mais ainda deste livro do que do primeiro e olha que amei o primeiro. Como você, a Colleen não me decepciona!!!
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oie, eu li um caso perdido mas depois não quis ler esse porque não gosto de pontos de vista diferentes de uma mesma história, acho que fica entediante, mas depois da sua resenha quem sabe eu não volte nesse livro, já que você falou que o ponto de vista do protagonista não fica repetitivo passando tudo que tem no primeiro livro de novo. Outra coisa que me chamou muita atenção foi o caderno onde ele escreve para a irmã, isso ficou muito intrigante, adorei.

    ResponderExcluir
  7. Olá

    Esse é um dos poucos livros que mostram a outra versão da mesma estória que eu tenho vontade de ler. Tem coisa sobre o Holder que eu queria saber principalmente o que acontecia quando ele ficava todo stressado e largava todo mundo. Não gosto dessa recontagem mas esse quero ler só me falta oportunidade. Adorei saber que ele te agradou tanto e você pode sentir o que o personagem sentia. Fiquei com muito mais vontade.

    Everton equipe Rillismo

    ResponderExcluir
  8. Oi Sabrina, tudo bem?
    Essa série realmente parece ser incrível, eu não estava nem um pouco interessada nela mas por você ter comentado que Holder encontra uma moça que é idêntica a menina do seu passado que fora desaparecida, acabei ficando muito curiosa. Adoro um bom romance e sinto que a série não vai me decepcionar.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  9. Oi Sabrina
    Confesso que li tantos livros da Hoover de uma vez que estou enjoada.
    Mas quero ler esses dois livros sim. Vejo muitos elogios é gosto de POV´s pois sentimos muito das personagens.
    Fiquei feliz em saber que foi uma leitura que agradou.
    Anotei a dica, pois sei que valerá a pena.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  10. Olá Sabrina,
    Li só a primeira parte da resenha, pois ainda não li Um caso perdido, mas está programado para ser uma das minhas próximas leituras. Amei os livros que já li da autora, são tão intensos e apaixonantes, que me prendiam de uma forma que não conseguia largar até concluí-los; e pelo que li na resenha, Um caso perdido não será diferente, preciso iniciar a leitura pra ontem e ficar chocada com esse final surpreendente! E já sei que vou ler em sequência Sem esperança.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá Sabrina,
    Sempre que penso em Sem Esperança reflito que não deve ser, mesmo, um livro repetitivo e fico feliz em saber isso. Acho que os sentimentos do Holder são muito fortes e fico imaginando como é estar do outro lado, saber das coisas e não poder falar, deve ser terrível :(
    Tenho muita vontade de ler e espero fazer isso em breve.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  12. Olá. Sinceramente não conhecia esse livro e nem o anterior. Sua resenha foi muito esclarecedora e me deixou curiosa sobre as obras. Não gosto muito de livros que contam a mesma história, porém na visão do outro personagem, mas quem sabe até possa vir a ler esses, pois me pareceram bem interessantes, com uma sinopse forte, complexa e tensa. Obrigada. Abraços.

    ResponderExcluir
  13. Olá Sabrina,

    Eu sou muito suspeita pra falar dessa série da colleen pois é o meu único contato com a escrita dela, mas eu sou completamente apaixonada por ela, amei o livro, a densidade dessa trama, todas as críticas que ela aborda, os personagens, enfim tudo! Depois dessa leitura fiquei muito a fim de ler tudo o que a autora já escreveu.

    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Colleen Hoover é e sempre será uma diva. Amo todos os seus livros, não tenha um que eu não tenha gostado. Ela tem o dom de escrever livros fascinantes e com esses não foi diferente. A história do Holder e da Sky mexeram muito comigo. Amo esse casal.
    Leia o próximo sim, A procura de Cinderela é livro incrível que me prendeu do início ao fim, Daniel é simplesmente maravilhoso. É a Colleen novamente até em um curto conto consegue te fazer suspirar e pirar com a história.

    ResponderExcluir
  15. Olá!!
    Não li esse livro ainda,então dei uma pulada na sua resenha pra não pegar nenhum spoiler pois pretendo ler essa serie =)
    Da Colleen só li Métrica e até que gostei,tenho Um Caso Perdido aqui mas ainda não li,ele já está na minha listinha pra ser lido ainda esse ano ^^
    Apesar de ter achado um dos livros dela mediano,gostei bastante da escrita dela,não me deixou entediada e nem sofrendo com a leitura!!!

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2016/05/resenha-o-quarto-dia-sarah-lotz.html#comment-form

    ResponderExcluir
  16. Oii, tudo bem?
    Eu conhecia a escrita da autora através da série Métrica, e eu me apaixonei logo de cara. Eu também já li o Um Caso Perdido, e fiquei muito surpresa com a historia, a autora me pegou direitinho. Eu estou super ansiosa para poder conferir o Sem Esperança, tenho certeza que irie me apaixonar novamente pelo Holder.

    ResponderExcluir
  17. Helloo.. tudo numa nice?!
    Eu gosto da Colleen Hoover e li vários livros da autora, e Um Caso Perdido se inclui. Eu gostei bastante da leitura e a maneira como a autora trabalha o romance na estória é sempre interessante. Lembro que ao fazer a leitura fiquei chocada com tudo que aconteceu. Mas eu acho que seria mais legal ler num espaço longo de tempo, para mim, para desembaralhar as estórias e ter um impacto maior com as coisas que ficaram na memória e que eu não lembrava. Porque eu tinha esquecido que Holder tinha uma irmã gêmea. Mas enfim, isso vai de cada leitor. Eu ainda não li esse e estou pensando em fazê-lo ou não visto que minhas prioridades de leitura mudaram.
    Ótima resenha.
    Beijin...

    ResponderExcluir
  18. Oi Sabrina, fico super feliz em ver que você gostou do livro, eu já li Nunca Jamais da autora e me apaixonei, da para ver que ela tem um poder e tanto para escrever, né? Quero ler esses livros dela ainda e ver o que eu acho, apesar da sua resenha já deixar bem claro que vou adorar!

    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Olha, nunca li nada da autora, mas tenho muita curiosidade pois sempre ouço as pessoas falando super bem dos livros dela.O plot desse não me atraiu muito, mas talvez por ser uma continuação eu tenha ficado meio perdida. Aliás, o que é POV??? Viajei longe nessa sigla.

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
  20. Nunca li nada da Collen e para ser sincera nenhum livro dela até o momento que eu tenha lido resenha despertou meu interesse. Infelizmente o mesmo acontece com essa série. Tenho certeza que para quem gosta de romance é uma boa pedida e até vou indicar para umas amigas. O que já não é meu caso.
    Bj

    ResponderExcluir
  21. Não li nada da autora ainda, mas tenho lido resenhas bem positivas de suas obras. Eu tenho muita vontade de ler O lado feio do amor, até já está na minha lista, mas não sei quando o lerei. A sua resenha me deixou com vontade de ler, mas já vi que precisarei ler o primeiro antes, né?

    Tatiana

    ResponderExcluir