Play - Stage Dive #2 - Kylie Scott

DSCN3201

Skoob – Avaliação: 5/5 Red heart

Ele precisava de uma namorada de mentira. Ela precisava de ajuda financeira. Mas será que eles vão conseguir não misturar os sentimentos com os negócios? Mal Ericson, o baterista da mundialmente famosa banda de rock Stage Dive, precisa melhorar sua imagem, e rápido. Ter uma boa garota ao seu lado parece ser o suficiente. Mal não planejara que este artifício temporário se tornasse permanente; no entanto, ele não esperava encontrar o amor de sua vida. Anne Rollings jamais pensou que conheceria o rockstar que inundava as paredes de seu quarto na adolescência - especialmente não naquelas circunstâncias. Anne está com problemas financeiros, e dos grandes. Porém, ser paga para ser a namorada de mentira de um selvagem e festeiro baterista não poderia terminar bem, não importa se ele é muito gostoso. Será que um final feliz é possível nesse caso?

Era estranho, só nos conhecemos alguns dias, mas eu confiava nele. Eu gostava dele e fiquei muito grata de passar esse tempo com ele. Após o desastre com Skye, eu precisava de Malcolm  Ericson  na  minha  vida  agora.  Inferno,  após  os  últimos  sete  anos,  eu precisava dele. Ele trouxe o sol.

Play é o segundo volume da série Stage Drive, que conta os romances dos meninos da banda de mesmo nome: Davie, Jimmy, Ben e Mal. Para conferir a primeira resenha da série é só clicar na capa abaixo. Lembrando que os livros podem ser lidos de forma independente, há alguns spoilers do primeiro durante a história, mas nada grandioso que estrague a leitura.

DSCN2512

Em Play, vemos a história de Anne, uma garota que sempre ajuda os amigos, mas que sempre leva a pior. Sua amiga deixou o apartamento que dividiam lhe devendo muito dinheiro, e ela não é a pessoa com mais grana daquela cidade, sua situação ficará feia em alguns dias, pois ela não tem condições de manter aquele lugar sozinha. Mas Lauren, sua vizinha do prédio a convida para uma festa na casa de Davie e Ev, para que ela possa se alegrar um pouco, mas ela acaba se metendo em uma enrascada na festa, Malcon, o baterista mais sexy do mundo, e sua paixonite secreta da adolescência resolve conversar com ela, a conversa é bem confusa, variando entre amigável ou não, e ela sai de lá pensando em várias coisas que conversaram.

Malcon no outro dia aparece no seu apartamento, e não só ele está do lado de dentro super à vontade, mas também comprou tudo que ela precisava pra ele. Sua proposta é o seguinte: Ele precisa de uma namorada de mentira por algum tempo, nada de sexo, somente alguns beijos e uma atuação bem convincente na frente de algumas pessoas, e ela para compensa-la a ajudará financeiramente com o apartamento e com o que mais ela precisar.

Por que todo mundo insiste em ser sério toda a porra do tempo? A vida é curta demais para todo esse excesso de liberdade compartilhada. Você está aqui. Eu estou  aqui.  Nós  podemos  ajudar  um  ao  outro  e  ter  um  bom  tempo,  enquanto estamos nisso. Isso é tudo que importa — Ele girou sobre os calcanhares para me encarar, braços bem abertos. — A vida é uma canção, Anne. Vamos tocar. 

DSCN3202

Só que com o tempo as coisas vão fugindo do controle de ambos, Mal meche com Anne mais do que ela se permitiu sentir alguma vez na vida por alguém, ele além de despertar os sorrisos mais verdadeiros nela, a deixa completamente embriagada com sua espontaneidade e seu sexy apel, e para Malcon, sua abóbora (apelido em referência a cor de cabelo de Anne) está o ajudando em um momento que ele mais precisa de alegria, quando sempre foi ele que levava alegria para todos, agora é ela que faz isso com ele, e sem o encher de perguntas ou esperar algo mais dele, ela é doce e completamente sexy, algo que ele nunca sonhou em ter por mais de uma noite, mas que tomou conta de sua vida.

Gente, se o primeiro livro da série foi bem uma decepção pra mim pela história do casal ser bem corrida e um pouco surreal, Play me ganhou nas primeiras páginas. Não a como não se apaixonar por Mal, ele é engraçado, parece àqueles cachorrinhos sempre querendo atenção de todos, e sempre falando coisas absurdas que fazem você rir nos momentos mais tensos. Em todas as suas falas eu parecia uma boba com um sorriso no rosto e dando gargalhadas no livro todo.

Quando a Anne, ela é uma garota com uma história bem menos complexa que a de Ev, mas que ganha por sua personalidade contida. Ela sempre ajuda os seus amigos e acaba se ferrando, eles abusam de sua boa vontade e ela sempre deixa. Ela não quer nada mais que seguir sua vida trabalhando na biblioteca e ajudando sua irmã na faculdade, nada mais. Mas quando Malcon chega à sua vida ela ganha outro brilho, você percebe que a vida volta a ela, muito mais leve, divertida e menos preocupado com os problemas dos outros, muito ocupada para ter piedade de si mesma.

O romance dos dois é algo quente, sem dúvidas, e completamente mais quente que a história do primeiro livro, porém sem ter cenas vulgares, a autora consegue escrever cenas eróticas sem muitos detalhes, sem deixar o ato em si tomar conta do livro, e sim ser uma parte complementar, quando a reação dos personagens é o que verdadeiramente conta. Malcon e Anne se jogam em algo desconhecido, principalmente para o baterista, que sempre estava com mais de uma mulher por dia.

O livro além de ter cenas quentes, possui certo drama também, Mal está escondendo algo muito importante de todos da banda, algo que só de mencionar lhe deixa completamente irritado e sem chão, e quando é revelado entendemos toda a sua dor, e a dor que trás a toda família que é a banda Stage Drive.

Olhei no rosto dele, determinada a não perder dessa vez. O problema com  Mal  Ericson  era  que  ele  era  fisicamente  impecável.  Nem  uma  única imperfeição o marcando, grande ou pequena.

DSCN3193

O que havia com bad boys? Alguém precisava inventar uma cura.

O mais legal também é que por ser um livro de banda, estamos vendo os integrantes sempre juntos, tendo os casais de outros livros sempre no meio da história. Gostei muito de algumas cenas de Davie e Ev de saber como eles ainda estão após o final do primeiro livro, e também gostei de ler mais sobre Lauren e Natan, espero que a autora tenha um livro só pros dois, mesmo eles não sendo da banda.

Por fim, Play foi uma das leituras, mas quentes e engraçadas que já fiz até hoje. Não há como não se apaixonar por Mal, por seu jeito alegre e brincalhão, e não tem como não amar um rock star, não há remédio contra isso ainda, então ao pegarem esse livro podem ter certeza que sairão com mais um boy na listinha dos namorados fictícios, pois Malcon roubará o coração de vocês assim como roubou o meu.

Ele me estudou como se eu fosse uma espécie alienígena, uma curiosidade que tinha sido abandonada em sua porta. Seu olhar deslizou para baixo do meu corpo. Não era como se ele pudesse ver qualquer coisa comigo vestindo um casaco, jeans e botas. Mas esse conhecimento não ajuda em nada. Seu preguiçoso, sorriso apreciativo fez meus joelhos fraquejarem.

avaliação cupcake - Cópia

top maio

25 comentários:

  1. Primeiro tenho que comentar que essa foto está lindíssima !
    Olha, vou te falar que já li um livro praticamente igual a esse. Só que ele não era baterista, mas sim muito rico e empresario. E ela trabalhava em uma boate e precisava de dinheiro também. Parece até que é o mesmo livro. As vezes fico chateada com isso, geralmente esses livros são muito clichês e super previsíveis.
    Eu gostei da ideia dessa serie em contar cada historia, sou fã de livros assim. Ainda mais que são livros hots :)
    Mesmo com essas criticas, eu adoro esse tipo de leitura, nas minhas férias acho que li uns 20 nesse estilo. Vou baixar essa serie pra ler.
    Bom dia !

    ResponderExcluir
  2. Sua resenha me deixou muito curiosa para conhecer essa obra, ainda mais sendo um gênero que me agrada bastante. Fiquei muito curiosa para conhece personagem que voce tanto falou. Essa história me lembrou outra, só nao estou lembrando do nome. Enfim vou pesquisar mais informações e quem sabe, adquirir.

    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  3. Quando li o titulo do seu post, achei que era uma postagem musical... rs
    Fiquei curiosa com relação ao humor que você disse que a narrativa traz e espero poder conferir o livro em breve!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi Sabrina!
    Adoro livros hot e engraçados, pois torna a leitura mais leve e os que eu li com essa mistura, sempre se tornaram meu favoritos.
    Só não gosto muito de Bad Boys e banda de Rock e por isso estou com receio de ler esse livro.
    Mesmo assim, continua na lista, afinal depois de uma resenha incrível dessa, sei que vale a pena arriscar.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  5. Olá Sabrina,
    Não sou fã de livros hots, mas esse despertou minha curiosidade por esse lado engraçado que ele parece ter. Acho legal quando uma série fala de uma banda.
    Espero me apaixonar por Mal *-*
    Já anotei a dica dessa leitura, mas acho que não lerei o primeiro, já que foi uma decepção para ti.
    Vou arriscar e espero curtir.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  6. Tão bom quando a sequência de uma série é melhor do que o livro anterior. Já aconteceu comigo também, de não gostar muito do primeiro livro e o segundo ser muito melhor. Eu não conhecia essa série mas amei as capas e fiquei super curiosa para ler e saber mais sobre as histórias. Até do primeiro eu fiquei curiosa.

    ResponderExcluir
  7. Olá Sabrina,
    Já estava de olho nessa série Stage Drive e apesar de o primeiro livro não ser tão bom quanto o segundo, pretendo ler mesmo assim, pois prefiro ler na ordem de publicação. Gosto de livros com um drama envolvido, isso torna a leitura mais emocionante e, além disso, a história tem uma pegada hot e engraçada, geralmente gosto dessa mistura num livro. Vou tentar ler o primeiro volume assim que for possível e já emendar a leitura do segundo logo em seguida.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Que bom saber que essa segunda história é melhor! Quero ler desde o primeiro livro, então vai ser bom não me decepcionar e acabar desistindo da série, rsrs. Eu adoro tramas desse tipo, de fingir ser namorado e tal, porque sempre acaba do mesmo jeito, mas é o desenvolvimento que importa. rs
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  9. Oi, Sabrina
    Não me recordo de já ter visto essa série, mas fico feliz em saber que aprovou esse livro, depois da decepção com o primeiro. Eu gosto bastante do gênero, e não tenho problemas com cenas quentes, desde que não sejam muito vulgares, mas gostei de saber que tem um toque de drama, do contrário não me chamaria tanta atenção.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Uau!
    Não conhecia o livro e muito menos a série, mas me interessei bastante pela história! Adoro histórias com badboys que são engraçados!
    Mas como gosto de ler séries em ordem vou começar pelo primeiro e rezar pra gostar!
    Amei sua dica e sua resenha e espero que você goste dos próximos livros da série!
    Bjinhos,
    Elaine M. Escovedo

    ResponderExcluir
  11. Não conhecia o livro, mas parece ser uma leitura bem divertida!
    Que bom que o livro vai além das cenas quentes, o drama é sempre bem vindo em tramas assim.
    Adorei a dica, mas não pretendo ler o livro no momento... to correndo de séries, tô querendo ler livros únicos. Ótima resenha!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Eu adoro romances que se passa em um universo assim, de música. Adoro musicos também rs. Adorei a história, mesmo não sendo tão original assim. Mas a sua resenha está tão boa que é impossível não se interessar né? Fiquei bem curiosa e quero ler essa série em breve! :)

    beijo!

    ResponderExcluir
  13. Olá!! :)

    Ainda bem que gostaste assim do livro, do seu toque "quente" e te deixaste levar pelo personagem.. :)

    Bem, confesso que nao sou nada fa do genero e que nao iria funcionar comigo.. Espero novas resenhas! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  14. Como fã de capas de livros, ado livro Play é bem legal, instigante assim como o titulo.
    É impressão minha ou esse livro tem seu enredo parecido com um filme antigo?
    Sua resenha como sempre impecável, com vários detalhes que deixam o leitor com vontade de "devora" o livro imediatamente para tentar sentir as mesmas sensações ou ter as mesmas impressões rsrsrs.
    O casal Mal e Anne me chamam muito a atenção pelo envolvimento entre os dois, não li o primeiro livro, mas estou com vontade de ler esse. Parabens pela dica.

    ResponderExcluir
  15. Ola Sabrina lindona eu li o primeiro livro e adorei, já quero conhecer o baterista com esse senso de humor adoroooo protagonistas assim, e curiosa para saber qual segredo ele esconde da banda. Adoro as capas da série, vou ler com certeza e rever meu casal fofo do primeiro livro. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  16. Olha, ainda bem que este livro foi melhor do que o primeiro porque apesar de ser continuação se fosse ruim também é aí que a coisa toda desanda mesmo. Eu já não quero por ter cenas muito quentes e estou deixando um pouco de lado, mas para quem gosta parece ser a medida certa e a capa já é cheia de calor mesmo.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  17. Oi, flor.

    Eu estou doida p ler essa série. Eu tenho o primeiro livro, mas ainda não tive oportunidade de lê-lo. Mas agora sabendo que esse foi um dos livros mais quentes e engraçados que você já leu, vou dá um jeitinho de passar a frente na minha lista de leituras. Esse é o tipo de livro que eu gosto, com cenas quentes, na medida do possível, além de ser bastante divertido.
    Fico feliz que você tenha gostado do livro.

    Beijos!
    www.anebee.com.br

    ResponderExcluir
  18. Tive a oportunidade de ler o primeiro volume do livro porém acabei abandonando, por mais que tenha gostado eu n gostei, n sei ao certo o por quê.

    ResponderExcluir
  19. Oi, flor.
    Adorei saber mais sobre esse livro. Eu li o primeiro volume antes de vir para o Brasil e gostei, mas não taaaanto ao ponto de desejar continuar a leitura da série. Então, saber mais sobre essa sequência me animou, porque sua opinião revelou muitos pontos que aprecio: romance com um toque de drama, esse lance de começar com algo falso e se tornar intenso e verdadeiro... Hmmmm, prevejo um favorito (rs). Quero ler.

    Beijos!
    www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
  20. Oi Sabrina, depois de tantos elogios é difícil deixar o livro passar despercebido né? eu sou suspeita de falar pois adoro um bom romance com cenas quentes e devo admitir que o personagem chamou muito minha atenção. Tenho certeza que irei gostar da obra tanto quanto você!

    Beijos

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/05/resenha-pode-beijar-noiva.html

    ResponderExcluir
  21. Confesso que o primeiro livro a princípio não tinha me feito ficar louca de vontade para lê-lo porém esse segundo veio com tudo. Tenho uma queda enorme por rock stars. E To vendo muita resenha positiva para esse livro. Eu até leria só ele, mas sou daquelas que não consegue ler livros independentes porém de série sem que seja na sequência kkkk então, vou ler o primeiro e logo depois ler o segundo que é o que mais estou animada!

    ResponderExcluir
  22. Oi,
    Ainda não conhecia a série mas já gostei bastante. Gosto quando os livros são independentes, pois não ficamos com aquela obrigação de ter lido os anteriores (que as vezes são muitos, rs). Gosto do estilo do livro também, hot e engraçado. E, realmente, tem alguns boys de livros que não dá pra fugir, é apaixonite na certa, rs.

    ResponderExcluir
  23. Que amor.
    Lick deixou muito a desejar, enrolei mais de 4 meses para ler, mas nos apresentou o "Malcon" e nos deixou encantadas.
    Depois dessa resenha fiquei mais interessada em Ler Play. Quero saber qual é o segredo do Mal, conhecer a Anne. Que o meu exemplar chegue logo.
    Bjs. :-*

    ResponderExcluir
  24. Olá! Não sou fã desse gênero de livros, mas sua resenha permitiu notar que o enredo é bem interessante, leve e até divertido. Para quem curte, com certeza uma ótima leitura. Mesmo sendo livros independentes, caso eu fosse ler, gostaria de começar pelo primeiro e tornar a leitura completa. Obrigada pela dica. Abraços.

    ResponderExcluir
  25. Oi,
    Já ouvi falar muito bem desses livros, infelizmente não é meu gênero favorito. Não cheguei a ler o #1 então não li a resenha toda para caso um dia eu tenha interesse em ler não saiba de alguns spoilers...rsrs É bom saber que o personagem é engraçado e tal, e saber que você favoritou me deixa curiosa... Talvez dê uma chance à história mais para frente.
    Bjs

    ResponderExcluir