Exorcismo - Thomas B. Allen

P_20160525_105927

Skoob – Avaliação: 4/5

Se a ficção consegue ser tão assustadora, imagine o poder contido na história real? Muitos não sabem, mas a obra-prima de W. Peter Blatty, O Exorcista, não se trata de uma invenção. Ela foi inspirada num fenômeno ainda mais sombrio, desses que a ciência não consegue explicar: um exorcismo de verdade.
A história real aconteceu em 1949, e você pode conhecê-la — se tiver coragem! — no livro EXORCISMO, do jornalista Thomas B. Allen, lançamento da DarkSide Books em 2016. Exorcismo narra em detalhes os fatos que aconteceram com Robert Mannheim, um jovem norte-americano de 14 anos que gostava de brincar com sua tábua ouija, presente que ganhou de uma tia que achava ser possível se comunicar com os mortos.
Thomas B. Allen contou com uma santa contribuição para a pesquisa do seu trabalho. Ele teve acesso ao diário de um padre jesuíta que auxiliou o exorcista Bowdern. Como resultado, seu livro é considerado o mais completo relato de um exorcismo pela Igreja Católica desde a Idade Média. Os investigadores paranormais Ed e Lorraine Warren definiram a obra de Thomas B. Allen como “um documento fascinante e imparcial sobre a lluta diária entre o bem e o mal”.

Forças poderosas começavam agora a se concentrar no lar dos Mannheim, uma casa assombrada de madeira em Mount Rainier.

Acho que todos aqui alguma vez já ouviram falar no filme O exorcista, certo? Outras pessoas assistiram e acham o filme o mais apavorante do universo (it’s me) e outras ainda por cima leram o livro, e ficaram morrendo de andar no escuro sozinha em casa (it’s me again). Bom, o que muitas dessas pessoas não sabiam, e eu me incluo nesse grupo, é que a história do filme e livro, foi inspirada em um caso real, e que mudaram basicamente tudo que aconteceu, tanto para dar mais impacto no filme, quanto para proteger a privacidade da verdadeira pessoa com o capiroto no corpo, que na verdade era um menino.

Em Exorcismo, Thomas B Allen nos apresenta a história real, com alguns nomes e endereços trocados, para proteger as pessoas que estavam envolvidas neste episódio. Robbie é um garotinho de 14 anos que vive com os pais e a avó, um garoto que leva uma vida normal e é cercado de amor pela família, assim como na adaptação tudo começa quando o menino brinca com um tabuleiro de Ouija, aqui dado por sua tia Harriet que era espírita e acreditava que aquilo era uma forma ‘inocente’ de se comunicar com os espíritos.

Inocente ou não, sua tia morre semanas depois, e o garoto fica mais vidrado em brincar com o tabuleiro, já que ele tinha uma ligação muito especial com a tia. Mas sem uma supervisão não se sabe o que ele andou perguntando, e quem ele tentou contatar, o que se sabe é que em sua velha casa de madeira, começaram os barulhos estranhos à noite: batidas ritmadas (como pingos de água), móveis e objetos chacoalhando, arranhões na madeira, rangidos de sapato ‘descendo e subindo’ da cama De Robbie.

E a cada dia que passava as coisas pioravam, o que antes parecia ser só incidentes com barulhos estranhos em casa começou a se agravar: coisas saíam voando na casa como frutas e objetos, a carteira de Robbie na escola se movia sozinha e lhe rendia confusão, móveis pesados onde Robbie estava sentado caiam sem explicação nenhuma, sua cama tremia ou seu colchão se movia sozinho, e logo após arranhões começaram a surgir no corpo do garoto, como se ele fosse um tabuleiro de Ouija onde ‘algo’ estava tentando mandar uma mensagem. E não importa aonde o garoto ia, o fenômeno o seguia: seja na casa de um padre/pastor, para a escola, a casa de parentes…

Depois de seus pais tentarem levá-lo a médicos para ver a causa do problema (e aparentemente não terem registros alguns do que aconteceu nas clínicas) resolveram ‘apelar’ para a religião, primeiramente a Luterana que era a da maioria da família, mas o pastor os aconselharam a procurar um padre católico. Com o padre as coisas também não se saíram muito bem, pelo contrário, a palavra Exorcismo começou a ser associada a algo ruim para o garoto, pois parecia o deixar mais nervoso. Então a família parte para Saint Louis para morar com sua família e tentar ajuda com os jesuítas locais, e é aí que a verdadeira luta começa, uma luta árdua e diária do bem contra o mal.

P_20160525_105837

Saber que a história do Exorcismo foi algo que aconteceu é surreal. No filme temos uma visão de que em poucos dias o padre foi lá, tentou exorcizar a menina, não deu certo ele pega o capiroto pra si e se mata para salvar a alma da menina inocente e condenar a sua ao Inferno, mas aqui a coisa é outro nível.

O autor fez uma vasta pesquisa para publicar esse livro, tanto que ele é considerado o registro mais fiel de um exorcismo dos tempos modernos. Seu livro é baseado em um ‘diário’ que o jesuíta Bishop registrou durante todo o período do Exorcismo que ocorreu em Saint Louis, haviam somente três cópias desse diário, que ficaram com os padres envolvidos nesta ocorrência, e conversando com um deles Thomas conseguiu uma cópia deste diário, e escreveu seu livro fielmente ao que aconteceu, e complementando com suas pesquisas.

O impressionante nesse livro é ver como um exorcismo é uma luta diária e cansativa contra o mal. Nos filmes é nos passada a impressão que os padres olham para a pessoa e falam: ‘Uhm, acho que ela está possuída, vamos ali na horta fazer um exorcismo. 10 min depois o capiroto já saiu do corpo da pessoa’ Neste livro vemos que um Exorcismo pode durar semanas, meses, e no caso de Robbie foi mais de cinco meses. Os padres que se encarregam dessa cerimônia acabam desgastados pois devem se alimentar somente de pão e água, e outros padres não podem saber o que está acontecendo, logo se o exorcismo ia até as 5 da manhã, no outro dia eles deviam estar acordados e cumprir suas tarefas normalmente.

A parte do ritual é muito bem detalhada, muito bem explicada, vemos como ‘o Diabo é ardiloso’ e pode enganar os padres que estão ali, fazendo parecer que ele saiu do corpo da pessoa e horas depois voltar e causar o maior terror. Vemos como ele controla o possuído fazendo com que ele pareça normal e feliz, e em minutos depois ele está proferindo palavrões, cuspindo nos padres e fazendo gestos obscenos. É incrível ver como que o jesuíta estava preparado para isto, pois em todo momento ele se manteve forte e não vacilou na decisão de dedicar a sua vida se fosse preciso para salvar o menino deste mal.

Pairando sobre a personagem fictícia de Regan MacNeil havia o garoto que inspirou o livro e o filme. A camada superficial de ficção encobria uma realidade terrível. Um menino foi possuído. Um exorcismo de verdade foi feito. Uma criança real vivenciou o terror verdadeiro.

P_20160531_103141_HDRP_20160531_103148_HDRP_20160531_103156_HDRP_20160531_103229_HDRP_20160531_103254_HDRP_20160531_103309_HDR

A diagramação do livro é uma obra de arte. A capa possui um leve relevo na cruz, as letras possuem forma de arranhão, assim como ficava o corpo do menino logo após o capiroto escrever nele. Por dentro há dois tabuleiros de Ouija (no começo e no fim do livro) que são incrivelmente realistas, e possuem o texto em inglês também, vai que o capiroto não fala a nossa língua né. As páginas são amareladas e no começo de cada capítulo há uma coroa (que deve ser algo ligado a religião, mas como não manjo desses paranauê não sei dizer pra vocês de quem ela é). O livro possui fitinhas – para a alegria dos meus gatos e minha tristeza em ter que esconder toda hora – e o marcador exclusivo é na forma do ‘Guia’ do tabuleiro, o qual o espírito move para formar as palavras. Fora que a edição é Limited Edition, ou seja: CAPA DURA! Red heart

O livro é realmente incrível, e para os que gostam de um bom livro de terror eu super recomendo a obra, só não se esqueçam que isso é uma história real e que nunca devemos brincar com o tabuleiro de Ouija sozinhos viu. Ah, e outra recomendação: Se ouvirem sons estranhos na sua casa CORRE É QUE É O DIABO! E crianças, assim como você não pode falar o nome em trotes de sequestro, nunca pergunte pro capiroto se ele é a tia Harriet, é lógico que ele vai falar que é! kkkkkk

Suas únicas armas eram a fé e o Ritual, com suas orações e instruções. Sua única estratégia era seguir lutando, repetindo diversas vezes o que fizera na noite anterior e durante toda a madrugada até a manhã.

P_20160526_143537

classificação terror

top maio

56 comentários:

  1. Olha, eu até tenho vontade e curiosidade de ler esse livro. Porém, o meu lado medroso não me deixa kkkk
    Sou daquelas que mal conseguem assistir a filmes de terror, sonho e tudo :(
    Sou completamente apaixonada pelas edições da editora Darkside, inclusive minha leitura atual é The kiss of deception. Vou tentar driblar esse meu medo e arriscar ler O exorcismo, acho que irei gostar mesmo me tremendo de medo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tbm sou completamente medrosa Bruna, daquelas que assiste filme de terror com um travesseiro do lado pra por na cara quando está pra acontecer algo apavorante kkkkk
      E o pior é que eu sonho também, e fico com neura de andar no escuro kkkkk Uma cagona assumida aqui kkkkk
      Eu estou bastante curiosa para ler esse lançamento também, principalmente porque a edição está linda, depois se gostar me conta aqui :)

      Excluir
  2. Olá, Sabrina! Vi a imagem dos seus livros junto com o gato em um post do Facebook, e vim ler a resenha, porque estou cobiçando muito esse livro! Já faz um tempo que quero entrar no "mundo do terro", e quero começar lendo e assistindo os clássicos. Já comprei O Exorcista, e esse livro será o próximo. Essa edição da DarkSide parece incrível!
    Tenho certeza de que quando eu ler, terei uma experiência contraditória, porque não acredito em demônios nem em exorcismos, mas se dizem que O Exorcista foi inspirado numa história real... E se existe o Exorcismo para resgatar esse relato do padre... Então eu fico completamente sem saber o que pensar.
    Gostei muito da resenha e das imagens, estão ótimas, e muito bem compostas. Parabéns pelo post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lethycia!
      Essa edição é muito incrível mesmo, e vale super a pena ler se vc quer entrar pro mundo do terror. Recomendo mto tbm Sexta-feira 13, A noite dos mortos vivos e Serial Killers da mesma editora, são os melhores que li até agora.
      Eu também não acredito muito nessas coisas não, mas quando vc lê e vê os relatos fica pensando que 'ou os padres tinham muita criatividade' ou 'é tudo verdade e o negócio é nunca brincar com o oculto' hahahaha.
      Espero que goste do livro quando ler.
      Obrigado pelo elogio as fotos :D

      Excluir
  3. Desde que a Dark Side lançou este livro eu estou maluca por ele! Primeiro pela edição e segundo pela história, que é bem famosa. Nunca assisti ao filme, mas pretendo mudar este fato em breve. Adorei sua resenha e a forma como você escreve. Parece que está me contando sobre o livro, até imagino a sua voz hahah! Dei varias risadas com ela também. Por fim, quero deixar meu singelo elogio a essas fotos que são uma obra de arte na composição! Só não entendi o que essas ervilhas tem a ver com o livro... E o gatinho deu um charme todo especial. Além de ser lindo por ser um gato, ele é preto e isso super combinou com o clima de terror!! Ele é muito fofinho, olha esse pelo que sedoso! Se ele tiver babies eu quero um pra mim!
    Beijos!!
    Check-in Virtual

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lívia! Meia-noite é um amorzinho né <3
      As ervilhas são porque no filme a menina que está possuída vomita sopa de ervilhas no padre, dai eu quis fazer uma comparação do livro/filme rsrsrsr
      Obrigado pelos elogios as fotos também, é sempre legal quando alguém gosta do meu trabalho, principalmente porque tenho muito carinho com esse blog aqui :D
      Assiste o filme e depois leia o livro, vale super a pena, e depois a gente fica morrendo de medo dos capiroto da vida, porque né, ninguém quer ter ele no seu corpo kkkkkkk

      Excluir
  4. Oi,
    Incrível que até para um livro de terror você faz fotos lindas! Mas é nunca que vou ler esse livro! Não é medo é só precaução, rs.

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bem?
    A capa dessa edição está linda, fico muito tentada em ter na minha estante...Mas sinceramente acho que não conseguirei ler, apesar da curiosidade ser grande, o medo também é!kkkk Também vejo filmes de terror, meio que "de perfil", para o choque das cenas não ser muito forte! E depois, para dormir e ir ao banheiro a noite? Jesus! Ainda preciso de umas outras poucas vidas para nascer corajosa.kkkk Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Olá Sabrina,
    Ok, vou confessar que sou uma medrosa assumida hahaha não leio e nem assisto filmes de terror, tipo NUNCA! Mas como quero fugir um pouquinho que seja da minha zona de conforto, esse ano vou ler um livro de terror, mas já tenho o escolhido (a dedo), vai ser uma leitura um pouco mais “leve” que Exorcismo, disso eu tenho certeza! Também não sabia que a história do filme e do livro foi inspirada em um caso real, imaginar que algo assim realmente aconteceu é bem surreal mesmo. Então, por enquanto vou passar bem longe desse livro hahaha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Nossa, nunquinha que eu ia ler esse livro. Tu é muito corajosa, porque eu não passo nem perto.
    Ler o livro ainda é pior que assistir, porque sua mente deve ser capaz de criar ambientes e tudo mais. Definitavemente esse livro não é pra mim kkk

    ResponderExcluir
  8. Eu realmente não sabia que foi inspirada em uma história real. Se antes eu ja tinha vontade de ler imagina agora depois de saber disso. Eu amo conhecer histórias do gênero e suas considerações me deixaram ainda mais empolgada para conferir. A edição é fantástica por sinal.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  9. Oiee ^^
    Que edição mais linda! Essa editora é capricho em pessoa! Maaas.... Terror não é comigo...haha' principalmente quando é história real, o que não me deixaria sair da cama à noite para nada. Já tinha ouvido falar do filme "O exorcista", mas, novamente, terror não é comigo. Sou uma pessoa medrosa para estas coisas, e prefiro mil vezes um romance ou drama :)
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  10. Sabrina do céu!!!!
    Nâo tenho coragem nem de pegar esse livro nas mãos , quanto mais de ler. Mesmo sendo medrosa e não tendo a intensão de ler, eu devo dizer que essa edição está um show, a diagramação parece ser linda e a sua resenha está maravilhosa. Eu até que fiquei curiosa para conferir, mas o medo não me permite. Adorei as fotos.

    ResponderExcluir
  11. Oi Sabrina, sabe que desde que esse livro lançou eu tenho uma vontade absurda de ler ele, mas não tive oportunidade ainda. Eu amo um bom terror, e esse de Exorcismo chama muito minha atenção, nunca li nada assim, mas os filmes adoro ahahah por isso acredito que eu iria gostar. Parabéns pela resenha!

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oiiiii

    Não curto livros de terror e pra ser bem sincera o filme me causa calafrios então nem penso em ler porque sou medrosa mesmo kkkkkk adoro essas edições da darkside são lindas de mais.

    Bjos

    ResponderExcluir
  13. Olá Sabrina,
    Preciso ler? Sim ou claro?
    O Exorcista é o único filme até hoje que me assustou em toda a vida e olha que eu assisto muuuito filme de terror. Gostei muito de saber do livro - eu não sabia (alienada). Outra coisa que me agradou é saber que a história é detalhada, eu acredito no que aconteceu e fiquei muito curiosa para ler a história.
    Com toda a certeza, esse livro será uma de minhas próximas aquisições.
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bom?

    Eu adoro filmes de terror, então imagina a minha felicidade com cada lançamento da Darkside? Esse eu fiz questão de comprar na pré-venda e me apaixonei pela edição quando a vi pela primeira vez: ela é simplesmente incrível <3

    Sobre a história: eu confesso que estou com um pouco de medo de ler, mas como ainda tenho alguns livros que já comecei a leitura, eu fico postergando nesse livro, rs. Porém, assim que eu tiver coragem, vou começar a ler. Acho incrível saber de um caso de exorcismo real, ainda mais por esse escritor receber tantos elogios :)

    Obrigada pela dica ;)

    Beijos.

    http://instantesmemoraveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Eu adoro filmes de terror, mas nunca li nenhum livro do gênero. Preciso dizer que fiquei muuuuito interessada nesse livro! Eu gosto muito de histórias de exorcismo (por favor, não me ache estranha) kkkkkk.
    Sua resenha me deixou bem curiosa para saber mais sobre esse caso que foi real, espero ter a oportunidade de lê-lo em breve.
    Beijo grande!

    ResponderExcluir
  16. Oi!

    Apesar de eu não acreditar nessas coisas então a história não surgirá com muito efeito, sempre gosto de ler livros de terror. A DarkSide lança só coisa boa e ate eu descrente fico cabreira. Esse livro está na lista de desejados e com tantos elogios assim, fica impossível não querer ler, né? Veremos se eu conseguirei dormir à noite, rs, beijo!

    ResponderExcluir
  17. Oie.
    A edição, como sempre quando se trata da Darkside, está linda, mas eu passo extremamente longe de livros assim e até mesmo dos filmes se possível. Eu morro de medo, de verdade de espíritos, fantasmas e afins, então imagina como eu li sua resenha... pulando a parte do ritual, ficando meio horrorizada na parte de se basear em fatos reais, tentando tirar as imagens evocadas em minha mente, ou seja, parabéns pela resenha, pela fotos e AMEI seu gato!!!
    Bjokas

    ResponderExcluir
  18. Gente, amei esse gatinho preto, coisa mais linda! *.* Mas o livro, para ser bem sincera, não faz o meu estilo. Até curto um pouco de terror, se for leve. Mas esse livro não tenho vontade de ver porque quando assisti ao filme fiquei meio impressionada, não curti muito. Vou passar a dica dessa vez, mas gostei muito da sua resenha.

    Tatiana

    ResponderExcluir
  19. Oie!
    Eu vou confessar e não cheguei a assistir nenhum filme do exorcista, por isso pouco sei dos detalhes. Quanto ao livro, posso dizer que a edição está linda, e com certeza traz uma história bem tensa. Mas não é um livro que vou ler, então vou passar essa indicação para outra pessoa. Eu com certeza não vou ter coragem para ler rsrs
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  20. Olá, tudo bom?
    Então, eu já morria de medo do filme achando que era ficção, então vou passar mais longe do livro ainda sabendo que trata-se de uma história real! rs Sou extremamente medrosa, então livros assim não são para mim ><' Mas, achei sua resenha muito bem escrita. Adorei saber que esse é um dos melhores trabalhos de pesquisa sobre exorcismo e claro, sobre o trabalho de pesquisa do autor! Parabéns pela resenha ^^'

    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  21. Bom, eu sou espírita e, por isso, tenho completa noção de que um tabuleiro Ouija não pode trazer nada de bom para a vida de alguém. Nenhum espírito bem intencionado se sujeitaria a esse tipo de "brincadeira", já começa por aí minha antipatia com a história, por achar a tia do menino extremamente irresponsável e mal informada. De qualquer maneira, não gosto de histórias de terror, e não leria esse livro.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  22. Olá!

    Eu acho que se eu ler esse livro, eu vou ser igual você com medo de andar sozinha no escuro. Alias eu sou tão medrosa que ja tenho esse medinho. Imagina depois de ler o livro? Achei bem legal o autor ter feito essa investigação aprofundada para trazer aos leitores a historia da maneira mais verdadeira possível. Apesar do medinho acho que eu gostaria de ler o livro.


    Beijinhos!
    Cantinho Cult

    ResponderExcluir
  23. Oi, tudo bem?
    Eu confesso que adoro terror, mas sou do tipo que morre de medo também e fiquei aqui arrepiada lendo a resenha. O exorcismo é um tema que chama bastante a minha atenção e ler um relato tão fiel deve ser muito interessante, embora apavorante, né? Não sei se lerei tão já, mas fiquei muito curiosa, mais ainda por ser um caso real, torna tudo mais assustador, né? Enfim, adorei a sua resenha, ficou incrível.

    Beijos ;*

    ResponderExcluir
  24. Olá

    Sou apaixonado pelo gênero terror e suspense mas confesso que pra leitura não me adapto bem. Tentei ler o demonologista e simplesmente não fluía a leitura. Esse sempre tive bastante curiosidade e acho que nunca tinha visto alguma resenha sobre o livro e achei bem interessante, até porque acho o filme uma obra prima. Mesmo com medo eu leria com toda certeza kkkkk

    Bjosss
    Everton equipe Rillismo

    ResponderExcluir
  25. Ah se o meu preto ficasse parado para tirar fotos... ficou perfeito!!! Meu garo se esconde quando me vê com a máquina e agora, com o celular tbm....rs
    Não assisti o filme e nem tenho vontade de ler o livro. Sou daquelas que morre de medo dessas coisas e que não vai conseguir dormir - e quando fizer vai acordar de um pesadelo louco.
    Então, mesmo vendo o capricho da editora que arrasou na edição, essa dica eu passo.
    Ah, acho que o meu maior medo é por saber que no fundo tem uma história real incluida por ai...
    Beijinhos,
    Lica

    ResponderExcluir
  26. OOOH ♥ Eu tava afimzaça de ler este livro ... arrepiante, gosto bastante de terror.. ja vi diversos filmes.. Mas nunca li um livro do gênero e quero muito ter essa experiência, quando se trata de uma história real aguça ainda mais minha curiosidade amoo os livros da Dark Side
    . Quero todoos szszsz .. apesar que ultimamente depois do último filme q assisti fiquei sonhando coisas ruins... e fiquei com um pouco de neura tb kkkkk ! Mas mesmo assim estou bastante curiosa pra ler o livro é agonizante por não ser como uma história de terror da qual já to acostumada Se acreditamos ou não em demônios e possessão, este livro concerteza testa nossa crença e nos deixa reflexivo sobre o assunto o mais impactante é conter relatos reais e isso que apavora mais, saber que aquilo de fato aconteceu que alguém ja vivenciou aquele momento !

    ResponderExcluir
  27. Ansiosa para adquirir esse livro s2

    ResponderExcluir
  28. Depois dessa resenha surpreendente, deu até vontade de adquirir o livro❤��

    ResponderExcluir
  29. Wow resenha maravilhosa louca pelo livro agora.....

    ResponderExcluir
  30. Wow resenha maravilhosa louca pelo livro agora.....

    ResponderExcluir
  31. Esse livro é uma arte, assim como boa parte do que a Darkside publica. Ainda não tive a oportunidade de compra-lo, mas tenho certeza que vou adorar.

    Você falou sobre o Filme "O Exorcista", confesso que quando eu era criança tinha medo dele, mas agora toda vez que reassisto acho mais cômico que terror ahahah. Os efeitos da época não se encaixam mais agora e dão um ar muito falso para mim, então o motivo que mais quero o livro é para encontrar esse terror de novo.

    ResponderExcluir
  32. O livro com certeza deve ser daqueles que prendem na leitura, gosto de terror mas deste tipo tenho um pouquinho de medo, eu quando assisti o filme exorcista eu tinha 12 anos fiquei sem dormir 4 noites lembrando na cabeça da menina que rodava! Enfim acho que a curiosidade falará mais alto rs

    ResponderExcluir
  33. Um tema deste tipo sempre é bom de se ler. Quem não gostaria de saber mais sobre esse assunto? Eu amaria. Tem um tema bem intrigante e adorei saber que o autor teve bastante cuidado ao escrever sobre o assunto. Pesquisas e relatos sobre isso é difícil de se conseguir. Principalmente assuntos verídicos. Com certeza vou adorar ler.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  34. Olá ♥
    Gente, esses livros da DarkSide são maravilhosos e é cada capa mais maravilhosa que a outra. Amei como fez a abordagem do livro pra avaliá-lo, pois pelo que eu li, não tem spoilers e nada que comprometa a leitura do livro.
    Paulinha de Sá

    ResponderExcluir
  35. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  36. Oi! Excelente resenha, só me deixou com mais vontade ainda de ler esse livro. ahaha Desde os meus poucos anos, 15 pra ser mais exato e quando assisti ao filme O Exorcista, fiquei fascinado por obras como esta. Leio e assisto tudo sobre esses casos, por isso necessito ler este livro e ainda mais com essa resenha maravilhosa ahahahaha! Parabéns pelo blog Sabrina, tá demais!

    ResponderExcluir
  37. Oh gente a Dark tem um amor muito grande em suas criações viu... louca por esse livro nem que seja pra ficar na estante... hihihi... medinho 😂

    Mas amo esse gênero!!! ❤📚

    Parabéns pelo blog! 😙😙😙

    ResponderExcluir
  38. Oh gente a Dark tem um amor muito grande em suas criações viu... louca por esse livro nem que seja pra ficar na estante... hihihi... medinho 😂

    Mas amo esse gênero!!! ❤📚

    Parabéns pelo blog! 😙😙😙

    ResponderExcluir
  39. Não adianta, a Darkside elevou o patamar das editoras de livros do Brasil, trabalhos fantásticos da caveirinha!

    Parabéns pela resenha e pelo blog!

    ResponderExcluir
  40. Amei sua resenha e as fotos ficaram ótimas!

    Blog amorzinho e estou louca por esse livro </3

    ResponderExcluir
  41. Essa resenha tá bem DarkSide: não decepciona, me agradou de verdade e já virei fã do seu blog! Ah, as fotos também estão uma gracinha, amei a do gato!
    Olha, já tenho uns 4 ou 5 livros dessa editora sensacional e sou surpreendida a cada vez que leio um. Não tem como ser de outra forma tratando da DarkSide, né?
    Enfim, tô louca pra ler esse livro tem um tempinho já, espero ganhar e ficar umas noites sem dormir!

    ResponderExcluir
  42. Oiee,
    Desde que esse livro saiu eu estou louca pra fazer essa leitura.
    Adoro essa premissa sobre exorcismos e estou muito curioisa em relação as peculiariadades que ouvi sobre esse livro, espero conseguir lê-lo em breve.
    Essa capa está maravilhosa, como sempre a DarkSide arrasa nas suas edições.
    Beijooos

    ResponderExcluir
  43. A capa dessa edição está maravilhosa.. Faz com eu esqueça meu lado medrosa assumida e desejar ter ele na minha estante.. Desde de o livro saiu, estou louca para embarcar nessa aventura..

    P.s. As fotos ficaram ótimas..
    😍😍😍



    ResponderExcluir
  44. apesar de amar os livros da Darkside, o charme maior da photo foi o gatinho *--* hahahaha
    desde que vi esse lançamento, fiquei louca pra tê-lo em meu acervo... o tema me interessa há muito tempo e essa tábua ouija foi uma jogada perfeita da editora para com os leitores...
    tenso o que houve com o menino, e sobre o Exorcista eu já li/vi o filme, mas queria saber mesmo sobre a história que deu origem a ele...
    bjs...

    ResponderExcluir
  45. Esse livro é maravilhoso! Fora essa edição que é linda ��

    ResponderExcluir
  46. Sou apaixonada pela editora, pelo terror e pelo suspense. Quero muito ler esse livro, toda vez que leio mais uma resenha fico mais curiosa hahaa me matando aos poucos kkkkk amei os detalhes nas fotos! Parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
  47. Sou apaixonada pela editora, pelo terror e pelo suspense. Quero muito ler esse livro, toda vez que leio mais uma resenha fico mais curiosa hahaa me matando aos poucos kkkkk amei os detalhes nas fotos! Parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
  48. Já estava bastante interessada em ler esse livro só pela sinopse, curto muito os livros da DarkSide e agora depois de ver essa resenha fiquei ainda mais ansiosa em conferi essa história, ótimas fotos, lindo esse gato preto, também tenho um assim.

    ResponderExcluir
  49. Leria com certeza ,me pergunto se este mal existe ou se somos nós..........

    ResponderExcluir
  50. Primeiramente, preciso confessar que demorei alguns segundos pra entender aquele potinho de ervilha na foto HAHAHA
    Segundamente, se o livro "O Exorcista" já é assustador, imagina esse, que foi a inspiração pra ele!!
    Terceiramente, eu tô louca por esse livro! Essa edição, assim como todas que a Darkside faz, está maravilinda!

    ResponderExcluir
  51. Parabéns pela resenha...as imagens e fotos são impagáveis, rs! Bom trabalho!

    ResponderExcluir
  52. Livro matematicamente bem feito. Um dos melhores da Darkside. <3

    ResponderExcluir
  53. Já que está todo mundo confessando, eu também confesso livro ou filme de terror não são muito a minha praia. Porém tenho aquela curiosidade de ler um livro assim e sua resenha faz com que tenha mais vontade ainda. Sinceramente amo os livros lançados pela editora DarkSide, e Exorcismo me encantou desde a história a capa, parabéns pela resenha, gosto muito de le-las, dar pra sentir sua empolgação com a leitura.

    ResponderExcluir