A Thousand Boy Kisses (Mil-beijos-de-menino)–Tillie Cole

DSCN3026

Skoob – Avaliação: 5/5 Red heart

Um beijo dura um instante.
Mas, mil beijos podem durar uma vida.
Um garoto.
Uma garota.
Uma ligação que é forjada em um instante e acarinhada por uma década.
Uma ligação que nem o tempo, nem a distância podem quebrar.
Um vínculo que irá durar para sempre.
Ou, assim eles acreditam.
Quando Rune Kristiansen de 17 anos retorna da Noruega para pacata cidade de Blossom Grove, Geórgia, onde fez amizade com Poppy Litchfield quando criança, ele tem apenas uma coisa em sua mente. Por que a menina que era a metade de sua alma, que prometeu esperar fielmente por seu retorno, cortou-o de sua vida sem uma palavra de explicação?
O coração de Rune foi quebrado há dois anos quando Poppy ficou em silêncio. Quando ele descobrir a verdade, entenderá que a maior dor ainda está por vir.

Talvez  nós  somos  como  a  flor de  cerejeira, Rune. Como  estrelas  cadentes.  Talvez  nós  tenhamos  amado demasiadamente  jovens  e  brilhado  tanto  que  tivemos  que desaparecer.

DSCN3021

Quando  você encontrar o menino que será seu sempre para sempre, cada vez  que  você  receber  um  beijo  muito-especial  dele,  tire  um coração.  Anote  onde  você  estava  quando  você  foi  beijada Então,  quando  você  for  uma  vovó  também  como  eu,  o  seu neto,  seu  melhor  amigo,  pode  ouvir  tudo  sobre  eles,  assim como eu lhe disse tudo sobre os meus. Você vai ter um frasco de  tesouro  de  todos  os  beijos  preciosos  que  fizeram  o  seu coração disparar.

A história do casal é dividido em três partes, na primeira Poppy é uma garotinha de 5 anos que adora partir em novas aventuras. Quando um garotinho loiro de cabelos compridos muda-se para casa ao lado da sua, ela tem certeza que ele será seu novo companheiro de aventuras. Rune, seu viking da Noruega será seu amigo para sempre. A amizade dos dois é algo puro e lindo, eles são inseparáveis e como seus quartos são de frente um para o outro, nem o toque de recolher os impede de ficarem juntos mais um pouquinho.

O tempo passa, ambos estão com 8 anos, e Poppy é tirada mais cedo da escola por seu pai, sua avó que estava morando com eles, e estava muito doente nos últimos dias está indo para A casa, onde Poppy não poderá acompanha-la em novas aventuras, mas ela a presenteia com uma última aventura antes de ir: O pote dos mil-beijos-de-menino. Nesse pote, ela irá colecionar todos os beijos de explodir o coração que ganhará durante toda a sua vida, para que quando ela estiver velhinha, possa compartilha-los com seus netos, e lembrar de cada beijo especial que teve do seu amor. Mas Rune não a deixará colecionar os beijos de qualquer um, e sim dele, que é seu melhor amigo para todo sempre desde os 5 anos.

Extrema beleza, rápida morte. Tivemos este amor durante tempo  suficiente  para  nos  ensinar  uma  lição.  Para  nos mostrar o quão capaz somos de amar verdadeiramente. 

Já na segunda parte, ambos estão com 15 anos e vivem plenamente o amor que sentem um pelo outro. Você percebe o quanto Rune a ama, o quanto ele é vidrado em capturar todos os momentos com sua Poppymin e o quanto ambos sabem aproveitar cada momento juntos. Mas forçado pelos seus pais, ambos precisam se separar, Rune voltará para Oslo na Noruega, e ficará longe do seu amor, mesmo prometendo que irão se corresponder por cartas, e pela internet algo dentro deles muda, Rune já não é o menino amável de antes, pouco a pouco ele vai se enchendo com raiva e amargura, e dois meses até sua mudança Poppy corta completamente o contato e muda de cidade, sem lhe dar alguma satisfação, o que mata o antigo Rune para sempre.

Na terceira parte Rune e Poppy estão de volta a antiga cidade depois de dois anos. Ninguém na cidade sabe o porque de Poppy ter ido embora, e Rune deixou de ser o menino meigo para ser o Badyboy que maltrata todo mundo e não se preucupa com nada. Quando o confronto entre os dois vem, temos uma revelação bem triste por parte de Poppy, que quebra o garoto completamente. Rune decide que passará seus dias agora tentando cada vez mais fazer sua garota feliz, aproveitando e reconquistando cada seguindo que perderam longe do outro, e Poppy tem uma missão: trazer o antigo Rune a tona, abandonando toda a escuridão que o cercou durante esses dois anos.

As vezes tudo o que obtemos são momentos. Não há como  fazer  de  novo;  tudo  o  que  acontece  em  um  momento define a vida, talvez é a vida. Mas captar um momento no rolo mantém  aquele  momento  vivo,  para  sempre.  Para  mim,  a fotografia era mágica.

DSCN3023

Depois do lançamento desse livro, vi várias pessoas reclamando que choraram horrores lendo, que a história é triste mas é linda, e por indicação da Ana não pude deixar de conferir. Realmente A Thousand boy kisses é uma história triste, até mais que Métrica ou outro YA parecido, mas que tem um ensinamento perfeito, em que cada lágrima que você derrama vem acompanhada de um sorriso, uma reflexão para a vida, para aproveitar melhor a vida.

Eu sou a menina que acorda cedo para assistir o nascer do sol. Eu sou a menina que quer ver o bom em todos, aquela que é levada por uma canção,  inspirada  pela  arte.  —  Virando-se  para  mim,  ela sorriu.  —  Eu  sou  essa  garota,  Rune.  Aquela  que  espera  a tempestade simplesmente para ter um vislumbre de um arco-íris. Por que ser miserável quando você pode ser feliz? É uma escolha óbvia para mim. 

Poppy é a garota que vê a beleza em tudo, ela é a luz da vida de quem a cerca. Ela não consegue ser amarga ou irritada, e sempre está feliz ou procura ver o lado bom naquilo. Quando a revelação do livro é passada, você fica completamente triste por ela, e vê que coisas ruins acontecem muito com pessoas boas, mas a coragem e determinação destas para enfrenta-las é tão grande, que inspira todos ao seu redor. Ela é forte, é guerreira, é teimosa e é completamente amável, duvido que ao ler esse livro você não consiga se apegar a ela, e queira ter pelo menos 1% da coragem que ela tem para enfrentar a vida, para partir em novas aventuras, mesmo quando elas representam um perigo a ela.

E Rune, o Viking Norueguês, o menino que anda com a máquina fotográfica no pescoço capturando todos os bons momentos da vida. Com certeza foi um personagem que eu me identifiquei completamente, não só pelo amor a fotografia, mas pela personalidade duruna e um pouco cético, aquele que se apega fácil mas é que não sabe dizer adeus. Durante as três fases do relacionamento dos dois ele foi um personagem bem realista, toda a sua dor, toda a sua raiva é real, é algo que alguém nessa idade sentiria, e isso só faz com que tudo seja mais triste, e mais belo, pelas coisas que ele faz pela felicidade de Poppymin.

— É como a música, — explicou ela.  —  Quando  eu  olho  para  você,  quando  você  me  toca, quando  eu  vejo  seu  rosto...  Quando  nos  beijamos,  meu coração  toca  uma  música.  Ele  canta  que  precisa  de  você como eu preciso de ar. Ele canta para mim o quanto eu adoro você.  Ele  canta  que  eu  encontrei  a  parte  perfeita  dele  que faltava.

A Thousand boy kisses é um livro que vai lhe fazer chorar, sem sombra de dúvida, mas você aprenderá a aproveitar mais as aventuras da vida, a aproveitar a vida como algo passageiro e que precisa ver viviva intensamente, tão especial quanto especial pode ser. Você aprenderá a dar mais valor nos beijos de seu amado, e recordar de todos que fez seu coração explodir. Para os amantes de YA essa leitura é mais que recomendada, e já aviso: não há cenas de sexo, nenhuma. Então leiam sem medo, o único medo que terão é de ficar desidratados de tanto chorar.

Eu senti um amor,  que  aos  dezessete  anos,  eu  era  abençoada  por  ter recebido.
Um amor que não conhecia limites. O  tipo  de  amor  que  inspira  a  música  e  que  dura através dos tempos. Um  amor  que  deve  ser  sentido  e  significativo  e estimado.

kiss-under-a-cherry-blossom-tree

avaliação cupcake - Cópia

tc abril mini

13 comentários:

  1. Que história linda, principalmente por conter um amor de criança que com o tempo se fortalece, gostei muito da ideia da personagem, o pote de beijos, deve ter sido bem legal ler o livro e acompanhar esta mudança radical na personalidade dos personagens, infelizmente o livro é triste, mas parece mesmo ser bem emocionante e nos ensinar muita coisa, Poppy parece ser uma garota doce e linda, espero conferir e me apegar aos personagens

    ResponderExcluir
  2. Oi, Sabrina!
    Até então eu não tinha conhecimento da existência deste livro, mas em saber que ele conta uma linda história de amor, que nos cativa desde suas primeiras páginas, fazendo até aqueles leitores mais durões, se derramarem em lágrimas, não posso estar mais desejosa para ler também.
    A história de amor de Rune e Poppy parece nos levar para um novo mundo com seus beijos e dificuldades. Amo narrativas tristes mas que ao mesmo tempo tanto nos ensina. Tenho certeza de que irei adorar A Thousand Boy Kisses. Linda resenha.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Esse livro me parece ser emocionante. História que começam desde pequenos me ganham, não sei o por quê mas acho isso lindo. Achei essa história de armazenar os melhores beijos simplismente fantástica e inovadora. Não conhecia esse livro mas me parece bem diferente dos tantos livros que vemos por aí. Ficar desidratada de tanto chorar é comigo mesmo hahah

    ResponderExcluir
  4. Olá...
    Nunca tinha ouvido falar desse livro, mas a história de Rune e Poppy parece ser realmente emocionante... E pelo que vi promete mesmo muitos lágrimas... Uma estória que começa com uma simples, mas verdadeira amizade entre duas crianças e que ao longo dos anos vira um relacionamento sério. Achei interessante o fato de enquanto Runy guarda os melhores momentos através de fotos, Poppy guarda através de uma coleção de beijos. Dois personagens com personalidade forte e marcante que com certeza vão trazer várias lições e fazer o leitor aprender a dar valor para cada momento da vida... Com certeza quero ler, preparada para uma desidratação... rsrs
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Quando li a sinopse só consegui pensar "gente, que dor é essa?". Até gosto de livros nesse formato, que dividem as épocas, pois nos fazem entender tudo e não perder nenhum detalhe. Os quotes são simplesmente lindos e eu até já me vejo lendo esse livro e chorando horrores. Que graça a relação dela com a avó e como a homenagem é o nome do livro (mesmo que ela não chegue a conseguir todos os mil, o que vale é a intenção). Já quero ler e o mais engraçado é que nem conhecia o livro a minutos atrás haha sempre fico com essa ideia em mente de que pode ser a ultima vez que vejo uma pessoa ou que faço alguma coisa e isso me ajuda a aproveitar tudo de uma maneira bem melhor, mas confesso que infelizmente as vezes me esqueço de pensar nisso..

    ResponderExcluir
  6. A capa é bem singela, delicada, mas linda. Eu nunca tinha ouvido falar desse livro e confesso que só de ler a resenha já fiquei interessada. Essa história de mostrar eles na evolução do tempo é bem curiosa e a história parece ser um amor, bem profunda e tocante, pra nos fazer refletir sobre o tempo, como o usamos e se estamos aproveitando ele com as pessoas que nós amamos, né? Não sei se vou chorar, mas acho que vai valer a pena ler, quero muito!

    ResponderExcluir
  7. Que resenha linda!!!
    Eu já vi muita gente fazendo comentários positivos sobre esse livro, principalmente em instagrans literários estrangeiros e em alguns poucos nacionais. A história parece ser realmente muito emocionante e envolvente, e eu fiquei super curiosa pra saber o motivo que fez com que eles não mantivessem contato. Amo livros que mexem com as minhas emoções e sentimentos, e tenho a certeza que esse livro vai fazer exatamente isso comigo. E é muito bonito de se ver que aquela amor de infância e juventude não morreu, apenas estava esperando uma nova chance para florescer de novo. Já encontrei o arquivo desse livro na internet, e com toda certeza será uma das minhas proximas leituras!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  8. Ótima resenha t nhoque ser repetitiva!
    À história é envolvente e pega o meu emocional "de jeito ".
    Nada melhor do que ler um livro que conta a histo De um amor de juventude que não morreu, me lembra um pouco um livro que estou lendo na plataforma wattped da Shirlei Ramos.
    Acho Rune é Poppy serao meu próximo casal literário.

    ResponderExcluir
  9. Oi...

    Estou lendo esse livro, e simplesmente amo, também vir muitas críticas no Facebook e até agora ainda não entende por que, as coisas mais bonitas da vida nem sempre são só felicidade, já me emocionei muito lendo essa estória mais de uma maneira Boa, é tão lindo ver um amor tão puro, sei que depois dessa leitura passarei por uma terrível ressaca literária, mas não vejo a hora.
    Estou na terceira parte, e estou lendo bem devagar para que não acabe logo.
    Boa Noite.

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Tenho que ler esse livro, que historia linda, adorei a Poppy e o Rune ele são muito fofos no começo do livro e realmente fiquei muito curiosa para saber mais sobre esse segredos que os afastaram, a parece ser uma historia tocante e emocionante principalmente pelo segredo da Poppy que foi uma personagem que logo na resenha me conquistou assim como o Rune e agora entendo o pote da capa do livro !!

    ResponderExcluir
  11. Poppymin ♥.Este livro foi o que mais chorei deste o inicio até o fim.
    Amo muito as obras da autora são incríveis,tocantes,chocantes,inspiradoras e emocionantes

    ResponderExcluir
  12. Meu Deus que livro lindo!! Acabei de ler e me emocionei até o fim. Estava relutante terminar pq eu sabia que iria morrer no fim. Mas é sem dúvidas um amor de livro. "Ame ainda mais.. viva lindamente"

    ResponderExcluir
  13. Meu Deus que livro lindo!! Acabei de ler e me emocionei até o fim. Estava relutante terminar pq eu sabia que iria morrer no fim. Mas é sem dúvidas um amor de livro. "Ame ainda mais.. viva lindamente"

    ResponderExcluir