Volta para mim–Mila Gray

DSCN2585

Skoob – Avaliação: 5/5

Kit Ryan está de volta à sua amada Califórnia, de folga do serviço militar. Conquistador inveterado, ele só quer aproveitar as quatro semanas livres antes de retornar ao trabalho, mas se vê atraído pela irmã de Riley, seu melhor amigo. Há tempos Jessa Kingsley chama sua atenção, porém a família superprotetora dela sempre foi um obstáculo.
Desta vez, contudo, Kit desiste de lutar contra os próprios sentimentos e logo Jessa se rende ao seu charme. O que começa apenas como um romance de verão rapidamente se torna um relacionamento apaixonado.
Quando chega a hora de Kit voltar ao serviço com Riley, nem ele nem Jessa estão prontos para se despedir. Ela enfim está seguindo os seus sonhos e ele descobriu alguém por quem sacrificaria tudo. Jessa promete esperá-lo e Kit garante que voltará para ela. Não importa o que aconteça.
Mas então uma visita inesperada traz uma notícia trágica: uma das pessoas que ela mais ama morreu em serviço. Quem terá sido? Seu irmão ou seu namorado?
Em Volta Para Mim, Mila Gray constrói uma história de tirar o fôlego sobre amor, amizade e família, conduzindo o leitor por uma jornada de superação e autodescoberta.

SÓ SE VIVE UMA VEZ. MAS, SE VOCÊ FIZER AS ESCOLHAS CERTAS, UMA VEZ BASTA.

Jessa é uma menina que vive pisando em ovos. Filha de um Coronel super rígido e agressivo, ela não pode descumprir qualquer regra imposta por ele ou ao menos discutir algo que ele imponha, pois corre o risco de liberar um surto do seu Estresse Pós Traumático, recorrente de anos servindo ao Exército Americano e vendo coisas que nunca poderá explicar. A única pessoa com quem ela pode conversar é Riley, seu irmão mais velho, porém ele se alistou para servir na Marinha e a abandonou naquela casa terrível.

Mas seu irmão e o melhor amigo Kit estão de volta da missão, para passar um mês em casa, e Jessa não consegue para de pensar em o quanto o amigo está mais bonito do que ela se lembrava, e os sentimentos que ela nutre por Kit há anos estão cada vez mais fortes. Mas como iniciar qualquer relacionamento com ele sendo que seu pai o odeia, por ser filho de quem é, e seu irmão é super protetor e nunca aceitaria que ela namore alguém que antes era tão conquistador?

Jessa e Kit têm apenas quatro semanas para descobrirem mais desse sentimento que nutrem a bastante tempo um pelo outro, e o que era para ser uma simples descoberta do amor, acaba se revelando muito mais forte e avassalador, resta saber se eles conseguiram se esconder para que a família dela não destrua isso, e que esse sentimento sobreviva ao tempo que ele passará em campo novamente durante sua última missão.

Volta para mim foi uma daquelas surpresas boas, que te prendem de tal maneira que você não quer fazer mais nada até terminar o livro. Peguei um livro para distrair na noite de sexta-feira e acabei terminando em poucas horas. Uma leitura viciante, um casal com uma química incrível, a descoberta do amor entre dois jovens, e vários conceitos sobre os traumas vividos por quem se alista para o Exército, são os temas que regem essa história incrível.

O casal Jessa e Kit são uns fofos. Kit é aquele jovem romântico, que tenta conquistar ela de maneira certeira, porém com calma e mostrando tudo que sente em pequenos gestos. Ele prepara jantares românticos, a leva para ver as estrelas, a ensina a dirigir, conduz seu sonho de ser atriz que seu pai tanto a proibiu… Com ele, Jessa não precisa esconder o que sente, não precisa se reprimir ou pisar em ovos, e essa sensação de liberdade que a personagem tem é gratificante até para o leitor, pois mostra como um amor pode deixar alguém mais feliz, mais completo e com mais vontade de viver.

Ao mesmo tempo, temos o casal Riley e Jo, que mesmo sendo os secundários mostram todo aquele lado triste de quem se alista ao exército, as coisas que veem que são duras e trágicas de mais, memórias que ficam na mente e não podem ser compartilhadas com as pessoas que você mais ama. A incerteza de voltar pra casa um dia, de criar um laço amoroso com uma pessoa e a deixar sozinha por meses naquela expectativa dele voltar pra casa ou de receber uma carta comunicando o pior.

O livro também mostra como uma pessoa muda ao se alistar. Todo esse sofrimento que ela presencia acaba a endurecendo se ela não procurar uma ajuda médica para desabafar e ajudar com os traumas. O pai de Jessa é um exemplo disso, ele ficou tão traumatizado que sua família vivia pisando em ovos, com medo de ele ter um novo episódio de estresse pós-traumático e sair quebrando a casa toda ou gritando com todos.

Volta para mim. Foi à última coisa que eu lhe disse. Volta para mim.

DSCN2577

Apesar de todo esse clima pesado que rege o livro, ele é fofo. Gente, faz tempo que não vibro tanto por um casal como vibrei por esse. Adorei as conquistas de Kit, o jeito meigo, porém não tão inocente de Jessa, adorei o romance escondido, as brincadeiras, os personagens secundários… Mesmo a história sendo bastante previsível você se agarra a história, parece extremamente real e você não consegue mais parar de ler.

O final é meio blá, esperava alguns babados a mais, revelações maiores, mas foi bem básico. Temos Kit resolvendo várias questões psicológicas dos seus traumas do Afeganistão, e com Jesse. A revelação maior eu já sabia desde o começo do livro, falando sobre a rivalidade entre os pais de Jesse e Kit, mas não deixa de ser bonito, pois há toda uma mensagem de não deixar a vida passar por causa das marcas que você obteve na 'guerra'.

Por fim, recomendo bastante esse livro. Mesmo sendo um New Adult, gênero que muitas pessoas têm receio de ler pelas cenas de sexo, nesse há poucas, e quando aparecem são bem trabalhadas, deixando sensual sem chegar a ser vulgar. Quem nunca leu nenhum livro com militares como ‘protagonistas’ vai se emocionar muito, principalmente a ver os perrengues que eles passam dentro e fura do campo.

Você  é  minha  luz,  Jessa.  Minha  Estrela  Polar.  Uma  vez  você  me  pediu  para  voltar  para  você  e  eu  disse  que  sempre voltaria. Estou tentando. Talvez demore um pouco e eu sei que não tenho direito algum de pedir que você me espere depois de tudo o que fiz, mas vou pedir mesmo assim, porque a verdade é que não sei viver sem você. Já tentei e não consigo.

tumblr_mwua43T1cP1rbll7mo1_500

avaliação cupcake - Cópia

MINI POST

27 comentários:

  1. Sabrina, preciso lhe dizer que para mim, essa capa me lembra muito os livros de Nicholas Sparks. É linda e apaixonante! Não posso deixar de notar também que existe um certa semelhança com suas histórias: Um casal apaixonado, mas que possui assim como qualquer pessoa na vida real, muitas dificuldades a serem superadas.
    Enfim, adorei a resenha e o livro que você nos apresentou e indicou. Amo histórias que tem personagens fortes e que muito nos ensinam. Espero ler em breve.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Sabrina! Esse livro parece ser bem fofo mesmo. Gostei da trama abordar os traumas vivenciados por quem assiste ao horror da guerra com seus próprios olhos, e quanto desse trauma acaba sendo imposto aos familiares.
    Gostei de saber que o fato do livro ser previsível, não desistimula a leitura.
    Fiquei bastante curiosa pra saber um pouco mais sobre este casal. Adoro esse tipo de leitura.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Oi...
    Já tinha me apaixonada pela capa do livro desde a primeira vez que vi... Lendo a resenha parece ser um livro bastante interessante e cativante... Vou deixar anotado aqui para lê-lo o mais breve possível!!!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Esse livro parece ser um pouco triste, não é o gênero que costumo ler, não me interessou muito.

    ResponderExcluir
  5. Apaixonada por essa capa, o livro me interessa bastante, mas me parece aqueles com o final trágico.

    ResponderExcluir
  6. Oi Sabrina,eu fiquei super encantada pela capa e a sinopse desse livro quando vi o lançamento, lendo a sua resenha confesso que fiquei emocionada a historia parece ser tão linda e romântica amo gêneros literários assim, ja coloquei na minha lista de leitura e sua resenha esta maravilhosa bjs.

    ResponderExcluir
  7. Fiquei impressionada com a resenha do livro. Creio que seja perfeito para quem gosta de torcer pelos personagens (inclusive eu kkk) e se emocionar.

    ResponderExcluir
  8. Essa capa me lembrou dos livros no Nicholas(por quê será né?).
    Gostei da resenha, livros assim costumam mexer mais com o nosso emocional por se tratar sobre a guerra também, além de conter a história sobre jesse e kit pois quem é que não se emociona com uma história de amor?
    Enfim, parece ser um bom livro, gosto de romances e gostei da capa, apesar de não ter um final muitoo surpreendente. Se eu for ler esse livro certamente irei adivinhar já no começo igual a você, não sei mas eu sempre quase acerto nos palpites, mas mesmo assim parece ser um bom livro no qual vale a pena ler.

    ResponderExcluir
  9. Esse livro me lembrou muito os livros de Nicholas Sparks, até a capa parece um pouco.
    Adorei a resenha, esse livro realmente parece ser muito sensível e eu adoro quando começo um livro só pra passar o tempo, e ele acaba me surpreendo e me envolvendo. É uma pena que o final foi meio blá como você mesmo disse, e realmente tem alguns livros que apesar de clichês acabam se tornando únicos e especiais. Já anotei esse na lista *-*
    Beijo :)

    ResponderExcluir
  10. Oii! Aaii achei esse livro lindo! A capa me cativou mto e a sinopse me fez ficar curiosa pra ler o restante... Adorei! Bjs

    ResponderExcluir
  11. Estou louco para ler esse livro, o suspense contido na premissa me deixou bem curioso, e as partes sobre o exército também me interessam. Amo romances e é bom saber que as cenas de sexo nesse são poucas e contidas, porque não sou muito habituado com elas rsrs. Abraços ^^

    ResponderExcluir
  12. Mds que capa divosa é essa? <3 me apaixonei. Ai olha só que o que a Tia Cassie me fez. Toda vez que eu li Jessa eu pensei no Jem e na Tessa de As peças infernais <3 . Amei demais.

    ResponderExcluir
  13. Aaaahhhh esse livro parece ser uma delicia hehehe, gosto quando pegamos para ler um livro e ele acaba sendo uma surpresa boa, acabamos por nos envolver com o casal, gosto de casais com uma ótima química, a capa é linda e espero ter a oportunidade de ler.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Vi esse livro no lançamento e ele não tinha me chamando muito atenção mas lendo a resenha gostei da historia, parece ser um romance intenso e emocionante e fiquei curiosa sobre esse casal e o final bombástico e também achei legal a mensagem que a autora passa com o livro !!

    ResponderExcluir
  15. Oi Sabrina,
    Eu amo o gênero new adulto, e este livro tem tudo o que amo em um livro muito romance, personagens incríveis e bem construidos. Enfim fiquei apaixonada pelo livro, e sua resenha está perfeita.

    ResponderExcluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  17. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  18. Lendo a resenha me lembrei do livro Querido John embora as semelhanças sejam poucas.
    Gostei da resenha e pretendo ler o livro que me tocou profundamente.

    ResponderExcluir
  19. Romance lindo! Kit e Jessa são personagens adoráveis, apensar de não gostar de mocinhas sem muita voz ativa, é uma historia deliciosa de se ler e a melhor parte pra mim é a narrativa. Adorei sua resenha, parabéns!

    ResponderExcluir
  20. Foi um lançamento que fiquei querendo ler e parece ser do tipo que vicia e você lê rapidinho, uma história para não largar. Gostei, tem bons personagens e uma trama com jeito de ser boa. Só vou ficar atenta à esse final, espero que não me decepcione. Quero ler logo!

    ResponderExcluir
  21. Esse livro parece ser bom, e eu até gosto de histórias assim de vez em quando, mas não sei se leria esse. Por mais que eu tenha ficado um pouco curiosa sobre qual dos dois morreu, o irmão ou o namorado, não foi curiosidade suficiente pra que eu leia o livro.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  22. Oi, essa é um temática bem diferente para mim, romance é claro, já li vários apesar de não ser meu forte (sou da fantasia e suspense), mas essa temática militar... nunca li nada desse sentido, gostei da parte em que falou que vibrava muito com esse casal, não sei dizer qual foi a última vez que um casal mexeu tanto comigo... mas seria bom, gostaria de me envolver novamente assim com alguma história!

    http://blogpaginasembranco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Quando eu comecei a ler a sua resenha, me lembrei de Querido John e Um homem de sorte, que abordam essa temática de missões e trabalho no exército. A capa também me lembra muito os livros do Nicholas Sparks. Apesar de ter ficado curiosa pra saber quem morreu na história, eu confesso que não fiquei muito atraída pelo livro.

    http://helendutra.com/

    ResponderExcluir
  24. Opa! Ressuscitei aqui! haha
    Bom, lá vem a velha história do 'não gosto de gêneros românticos'.
    "Ah, mas Suéllen, não é só romance." Yeahp, mas é drama, tem a pegada da tristeza, da morte, de mais drama e mais um pouquinho de drama, e das lágrimas, e mais drama ainda, e romance... u.u Sou chata, eu sei u.u kkk Mas infelizmente esse tipo de história realmente não me agrada, costumo nem dar chance pro pobre coitado do livro. Mas, claro, sucesso a autora. A capa é linda demais também, e é isso aí ^^ haha

    ResponderExcluir
  25. Olá,
    Apesar de não ser muito fã de New Adult, achei a história diferente (um pouco pesada). Gosto muito de livros que me prendem e me deixam louca para chegar na última página, percebi que ele é assim. Fiquei muito interessada em ler, espero ter a oportunidade de conhecer mais o livro.

    ResponderExcluir
  26. Este já me chamou a atenção =D
    Achei a história mais cativante e mais romântica. Quero conhecer mais sobre os personagens.
    Apesar de não gostar muito do gênero, esse parece bom.

    ResponderExcluir
  27. Destruidor o primeiro quote, e todos os outros me deram vontade de lê-lo. A capa é bonitinha e tudo, parece ser um livro envolvente que você só quer que o casal fique junto e morre de raiva quando alguma coisa os atrapalha. Me imagino chorando com ele já.

    ResponderExcluir