Toda Sua–Crossfire 1–Sylvia Day

DSCN2652

Skoob – Avaliação: 5/5 Red heart

Eva Tramell tem 24 anos e acaba de conseguir um emprego em uma das maiores agências de publicidade dos Estados Unidos. Tudo parece correr de acordo com o plano, até que ela conhece o jovem bilionário Gideon Cross, o homem mais sexy que ela - e provavelmente qualquer outra pessoa - já viu. Gideon imediatamente se interessa por Eva, que faz tudo o que pode para resistir à tentação. Mas ele é lindo, forte, rico, bem-sucedido, poderoso e sempre consegue o que quer - Eva acaba se entregando. Uma relação intensa começa. O sexo é considerado por eles como incrível. Capaz de levar os dois a extremos a que jamais tinham chegado. E, então, eles se apaixonam - o que pode ser tanto a chave para um futuro feliz quanto a faísca que trará de volta os traumas do passado.

- Você me quer, Gideon?

- Mais do que o ar que eu respiro.

Se tem uma série erótica que eu gosto, e releio sempre que posso, é Crossfire. Apesar de muitas comparações com 50 tons de cinza e Grey, sempre que leio posso dizer sem sombras de dúvidas: é mesma coisa de comparar uma porta toda trabalhada com um tronco de madeira, pois essa série criada pela querida, vulga autora enrolada, Sylvia Day é muito mais construída, com personagens mais decididos e sem aquele larga e volta, amo ou não amo, fico ou não fico que 50 tons possui.

Eva é uma jovem bem independente, sua mãe é daquelas que ficam procurando um marido rico, e já no terceiro casamento acabou achando um milionário que cuida bem dela e da filha, porém ela é meio paranóica com a segurança dela, pelo motivo que é revelado mais a fundo na história, mas que eu não vou entragar o spoiler. Eva mora com seu amigo gay Cary, e possui uma amizade de irmãos, visto que eles se apoiaram muito quando faziam terapia, ela tem alguns fantasmas no passado é claro, mas isso não a impede de levar a sua vida tranquilamente, ser inteligente e querer subir na vida com seu próprio esforço, logo vocês entendem porque eu gosto da série né, Eva é uma mulher forte – e eu adoro isso.

Já Gideon, é o típico protagonista que sofreu algum trauma na infância, e olha… esse daí sofreu mesmo viu! Na infância, na adolescencia… e agora lidera uma das maiores empresas de publicidade dos Estados Unidos. Quando ele vê Eva logo fica perdido por ela, e deixa bem claro que não é aberto a relacionamentos, pois dá muito trabalho, porém, ao ficarem juntos algumas vezes ele mesmo muda sua opinião quanto ao assunto, pois há tempos não sente algo tão forte assim por alguém, Eva completa e entende ele de uma maneira que ele não consegue nem medir. Toda essa personalidade romântica de Gideon com Eva conquista o leitor, ele não está só interessado em ‘trepar’ com ela, e sim em criar um laço mais profundo, ficar na companhia dela, e pra isso ele precisa se libertar de alguns fantasmas, e faz de tudo para conseguir, indo a terapia com ela, se abrindo mais… realmente se esforçando.

E temos os personagens secundários. Não tem como não amar Mark, o chefe gay de Eva e seu noivo. Gente, eles são aqueles personagens amigos, fofos e engraçados… Eu amo o desenvolvimento deles e a relação com ‘funcionária’, ela se torna realmente uma amiga confidente sabe, alguém com que eles se importam. Cary também merece um destaque como personagem secundário, apesar de que mesmo sabendo que ele é todo traumatizado, é alguém em que eu não consigo aceitar as vaciladas que ele dá com Eva e seus relacionamentos, acho ele meio hipócrita e usa seu passado para cometer burradas (espero que no livro 5 ele melhore, porque ta osso amigo).

Eu amo todo o processo do relacionamento do casal, todas as dúvidas que vão surgindo, os problemas que eles vão tentando com empenho solucionar, eles se abrindo mais e levando esse relacionamento como algo bem sério e que precisa dar certo pois eles se gostam muito. Amo também as vilãs desse livro, as coleguinhas que tentam roubar Gideon, meu Deus! Toda vez que elas aparecem quero tacar esse sapato da capa na cara delas, e na do Gideon também, que não percebe que elas são umas víboras que querem separar o casal.

Enfim, eu falei bem por cima mesmo do livro, pois ele é bem curtinho, e contar os detalhes estragaria bem a leitura. Recomendo muito essa série pois é bem diferente de 50 tons, é bem diferente desses eróticos que são publicados hoje em dia, e posso dizer que foi uma das séries que ajudou a introduzir essa febre do gênero na literatura, uma pena que a maioria não tenha a qualidade da história da Sylvia. Sad smile

Quotes:

Era como se eu estivesse sendo atraída para ele, como se houvesse uma corda em torno da minha cintura me arrastando de forma lenda mas inexorável em sua direção.

A ligação entre nós era absurdamente intensa. Emocional. Mental. Eu nunca tinha me sentido tão completamente… entregue. Possuída.

Ele era um espécime masculino em estado bruto, a encarnação de tudo o que eu cobiçava, fantasiava e desejava.

Já fui amado antes – Por Corine, por outras mulheres… Mas o que elas sabem sobre mim? Como é que elas podem estar apaixonadas se não sabem nem quem eu sou? Se amor é isso, não é nada comparado ao que sinto por você.

avaliação cupcake - Cópia

MINI POST

26 comentários:

  1. Olá!
    Gostei de “Toda Sua”, mas ainda prefiro “50 tons”. Não que o livro seja ruim, e sim a minha antipatia pela Eva Trammel a mulher bem resolvida com a própria vida, mas que é uma chata rsrs
    Não conhecia seu blog, mas achei seu layout super bacana. Parabéns.

    Beijos,Lu
    Blog: Apaixonada por Romances “A vida é uma lousa, em que o destino, para escrever um novo caso, precisa apagar o caso escrito.”

    ResponderExcluir
  2. Sabrina, livros que possuem cenas eróticas não fazem meu estilo de leitura. Porém, comparado este com 50 Tons de Cinza, Toda Sua parece bem mais interessante. O romance do casal protagonista, os problemas que eles possuem e que são bem reais e claro, ser uma história bem construída e intrigante, torna tudo agradável para aqueles que gostam do gênero.
    Muito legal a resenha!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Oi Sabrina!
    Já faz tanto tempo que li esse livro... Na época tinha acabado de ler 50 tons e estava à caça de livros semelhantes. E apesar de muitas comparações entre as obras, achei tão boa quanto. Mas não melhor.
    Amei os personagens secundários desse livro, principalmente Cary.
    Fora a tensão sexual entre Eva e Gideon... Adorei todo o enredo e como a autora desenvolveu toda a trama.
    Vale super a pena a leitura.
    ainda mais agora que a série está completa, hehehe.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  4. Oii! Conheci a autora esses dias, confesso q tô mto curiosa pra ler os livros, as capas né chamaram MTA atenção, são lindas e o ar de mistério q elas passam me deixaram curiosa! Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Não gosto de ler NA, mas vendo sua resenha e o que os outros falam, é bem melhor que 50 tons. Parece ser um erótico bom de ler

    ResponderExcluir
  6. Gostei da resenha do livro, não li nenhum livro da autora ainda mas me interesso pelo gênero.

    ResponderExcluir
  7. Já vi muita gente falando muito bem desse livro, mais da vez que o peguei para ler, simplesmente não deu, a leitura não fluiu muito bem pra mim e acabei abandonando-o. Mas que bom que você gosta da série, e hoje em dia é impossível não existir comparações entre qualquer erótico e 50 Tons. Beijo!

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Apesar de não ser meu gênero literário, comecei a ler e estava achando o enredo interessante, mas no livro 03 a autora dá uma surtada na história, parei de ler e não pretendo continuar. Parabéns pela bela resenha.

    ResponderExcluir
  10. Gosto muito deste gênero de livro, mas nunca li nada desta autora, mas pelo que li o livro parece ser muito bom.

    ResponderExcluir
  11. Gosto de ler suas resenhas por causa de seu entusiasmo, e essa não foi diferente. Confesso que fiquei encantada pelos personagens e pela historia, adoro esse gênero, quero muito ler agora, confesso não li nada ainda da Sylvia.

    ResponderExcluir
  12. Li esse livro na época que foi lançado e gostei, tem mais história que outros do gênero tinham na época. Mas não leria agora. Acho que é uma história até boa, mas pra mim já dava nesse primeiro. Fui lendo os outros, até o 3 e sei lá, dá uma sensação de "aham, próximo!", não são livros que me prendem mais. Vale a dica pra quem quer ler do gênero, é até legal.

    ResponderExcluir
  13. Não me interesso pelo gênero. Mas tanto pela resenha quanto pelos comentários positivos, creio que a autora possui muito talento e com certeza, agrada muito os fãs por meio da qualidade de suas histórias.

    ResponderExcluir
  14. Oii amore, já ouvi falar muito dessa autora. Nunca tinha me interessado mais agora acho que vou procurar para ler. Se você gostou e diz que é bom, deve ser porque é sim, bom. Porque seu gosto BRILHA. Obrigada pela dica <3
    Beijos -A

    ResponderExcluir
  15. Já vi falar dele por causa de ''Um toque de vermelho'', porém ainda não tenho o livro. Gosto o quanto ela é direta nas cenas quentes sem se preocupar com nomes mais ''delicados'' para a parte íntima do homem haha.
    Vários personagens desse livro tem fantasmas, né? A terapeuta deve ficar feliz com isso kkk. ''Toda vez que elas aparecem quero tacar esse sapato da capa na cara delas'' kkkkkkkkkkk socorro melhor parte da resenha, me socorre monique que eu vou passar mal.

    ResponderExcluir
  16. Oi...
    Amo suas resenhas e os quotes que você coloca... Mas esse gênero literário não me atrai nem um pouquinho... Pode ser que um dia eu dê uma chance para esse tipo de leitura.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  17. Aaaahhhhhh eu li esse livro a tanto tempo, só tinha ele e o segundo volume, que até hoje não li ainda, mas irei investir na série hahahaha, amei a resenha e irei reler em breve, e realmente temos personagens secundários que nos encantam.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  18. Não sou uma grande fã de livros eróticos, principalmente por que eles não costumam ter uma história de verdade. Mas pelo que você diz na resenha esse livro, essa série, não é como os outros do gênero. E acabei ficando um pouco curiosa, e talvez eu acabe lendo um dia.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  19. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  20. Oi a serie Crossfire é umas das minhas series favoritas, o Gideon é maravilhoso romântico e quente ao mesmo tempo, o enredo da historia é incrivel e não é só mais um livro hot, tem a historia dos dois personagem que tem fantasmas fortes em suas vidas e a Sylvia desenvolve a historia maravilhosamente bem, to doida pra ler o ultimo livro da serie e como sempre sua resenha esta maravilhosa bjs.

    ResponderExcluir
  21. É complicado dar esse tipo de opinião quando a pessoa diz abertamente que gosta da série e principalmente pelo fato que eu não a li: Acho extremamente clichê esse tipo de livro... li apenas 50 tons de cinza, que particularmente goste e da autora em questão, Sylvia Day, li apenas Amigo Secreto, que tinha muitas expectativas e me decepcionei, mas as duas história terminavam de maneira abrupta, deixando uma sensação de inacabadas... Depois disso perdi completamente o interesse nas obras dela, infelizmente! Talvez isso mude com o tempo, afinal, também me decepcionei com o primeiro livro que li de Jojo Moyes e recentemente dei outra chance e me apaixonei! Mas por enquanto não...

    ResponderExcluir
  22. Oi!
    Ultimamente estou vendo as pessoas falarem muito dessa serie o que me deixou bem curiosa para ler, gostei dos personagens que parecem bem construídos e que nos conquistam e fiquei curiosa sobre esses mistérios ao longo do livro, se tiver oportunidade quero muito ler essa serie !!

    ResponderExcluir
  23. Eu confesso que não tenho tanta vontade de ler por ser muito comparada por outras pessoas a 50 Tons em vários aspectos e isso acabar me cansando, apesar de você garantir que é bem diferente. Não tô muito interessada, quem sabe em um outro momento...

    Bjos

    ResponderExcluir
  24. Sim, não vou negar, me lembrou 50 tons u.u hahaha Porém eu nunca li nem este livro nem mesmo o da E. L. James, então nada posso falar haha
    Livros eróticos, assim como romances, não são a minha praia. Mas, indo pras primeiras impressões, capa linda, sinopse curta, mas resumiu bem a história sem deixar aquele "Tá, mas do que diabos a história se trata?" que alguns autores erram... A princípio, pra quem gosta de história assim, parece ser uma obra excelente. Fora isso, só lendo agora haha

    ResponderExcluir
  25. Como citei, não gosto muito desse gênero.
    Mas já li alguns, e já li esse. Não gostei muito, apesar de ter achado ele melhor do que muitos que já li do gênero.

    ResponderExcluir
  26. Não li essa série ainda e não tenho vontade de ler. Só leio esse gênero se o tipo da história e a sinopse me agradarem mesmo!

    ResponderExcluir