4 semanas de prazer–Julianna Costa

DSCN2598

Skoob – Avaliação: 5/5 Red heart

Depois do sucesso de 23 noites de prazer, a autora best-seller Julianna Costa lança seu segundo romance, que é ainda mais sensual e apaixonante.
Dominique Thoen é uma advogada competente e ambiciosa, uma mulher independente que não guarda espaço na sua vida para relacionamentos de qualquer tipo. A raiva que nutre pelo seu colega de trabalho, Gregory Holt, se compara apenas ao desejo secreto que sente por ele. Uma sequência de desventuras, no entanto, leva Gregory a filmar Dominique em um momento íntimo e, no ímpeto de ensinar uma lição àquela mulher impiedosa, ele a chantageia.
Dominique vai aprender a aceitar o desejo insuportável que sente por Gregory sem saber que, do outro lado, ele trava uma batalha idêntica. Juntos vão se aventurar por uma relação sensual, provocante e cada vez mais quente.

Dominique Thoen é uma das melhores advogadas que existe. Quando pequena, sua mãe abandonou ela e seu pai para viver com um homem rico, e então seu pai teve que trabalhar limpando chão para pagar seus estudos, o qual ela deu tremendo valor. Sem muitos amigos por causa de sua posição social, ela se fechou para o mundo, criando uma casca grossa para não sofrer quando as pessoas tentarem se aproximar e a machucar. Hoje, é considerada uma vadia por todos, pois não hesita em processar, humilhar, e conseguir o que quer, principalmente quando essas ações servem para mostrar o quanto ela é competente e que não precisa de nenhum homem para ser bem sucedida.

Gregory Holt é um advogado super competente também, mas tem um passado complicado. Sua avó é a matriarca de uma das oito famílias mais ricas do país, e ela sempre decide tudo por todos, afastando as pessoas que não serão bem associadas com a imagem da família ou qualquer um que ela não goste, por isso Greg fugiu dessa família louca, e tenta viver por seus esforços sempre, sem precisar de nenhuma ajuda dela. Mas ele é uma pessoa gentil e completamente calmo, e o temperamento de sua colega de escritório mexe extremamente com sua paciência e com seus hormônios, pois o que ela tem de linda, tem de egocêntrica e mal humorada… uma completa vadia.

Mas o destino é um sacana, e está completamente a seu favor. Ao filmar a sua antiga casa, que faz divisa com a de Dominique, ele a pega se masturbando no seu jardim de frente para a janela do seu quarto. E aproveitando dessa gravação, ele a chantageia: ela terá que tirar férias do escritório e passar um mês na sua nova casa do outro lado do país, com isso ele a ensinará a ser mais humilde e tratar outras pessoas com mais respeito, após esse mês ele apaga o vídeo e ela pode voltar pra sua vida cretina, mas será que tudo sairá como planejado?

 

Resenha

10-dicas-para-se-sentir-melhor-na-cama-sexo

Se tem algo que eu gosto nos livros da Julianna é o fato de ela conseguir construir uma história com cunho erótico, sem necessariamente escrever cenas de sexo a cada página, se tornando repetitivo, cansativo e o ‘foco’ do romance.

Meu primeiro contado com a escrita da autora foi em Alguns anos, que é a continuação desse livro 4 semanas de prazer, mas mesmo tendo lendo esse conto primeiro, os ‘spoilers’ que peguei não atrapalharam na leitura, pelo contrário, acabei me apegando mais aos protagonistas e odiando mais ainda a vilã.

Esqueçam o título, foquem apenas em um contexto: Dominique tentando ser mais humana. Ela não se tornou uma pessoa amarga porque é uma pessoa má, mas por medo de se apegar de mais e acabar sofrendo, então, na convivência em uma rua nada convencional, ela acaba se envolvendo com seus vizinhos e aprendendo a ser mais humilde e legal com as pessoas.

E que vizinhos, vamos combinar! Temos uma evangélica fanática que odeia o casal de gays que moram na rua e grita com eles sempre que passam por perto, uma mulher que é emburrada e que implica com Dom por ela não reciclar, um nerd que ajuda um senhor com câncer, uma mulher que é a mãezona da rua e é extremamente simpática ajudando todos que precisam por lá, um vizinho cretino e umas crianças que adoram ganhar dinheiro. Todo o núcleo desses vizinhos é muito bem construído, e é a parte relaxada da obra, pois você vai se apegando a eles e se envolvendo com seus problemas, suas vidas… e no final tudo aparenta ser extremamente real, e você se sente um vizinho também.

E não é só Dom que acaba mudando nessas quatro semanas que é ‘obrigada’ a estar com Greg, ele também muda. Ele entende os problemas pelo qual ela passou, entende e conhece mais a Dominique fora dos escritórios de advocacia, e principalmente: vai de encontro com seu passado para entender e perdoar algumas pessoas por qual ele guardava um rancor imenso.

São as pequenas coisas que o ‘casal’ vai realizando que vão mudando os dois aos poucos, vai te conquistando cada vez mais e você vai percebendo um amor crescendo ali e criando raízes naquela casa, e é claro que quando eles percebem que estão se apaixonando o território é meio inseguro, afinal Dominique era uma sacana, e ela pode estar falando isso só para lhe pregar uma peça, e Greg é doce de mais, e ela pode estar confundindo as coisas, afinal ele só quer ela lá para ensinar uma lição pelo maldito vídeo.

E agora vou apresentar pra vocês a personagem que mais odeio no mundo da literatura, sério, se um dia vocês tiverem oportunidade de ler 4 semanas e principalmente Alguns anos, vocês vão me entender. Eleanor Baxter é a matriarca da família, ela controla tudo e todos ao seu redor, se acha superior, despreza pessoas que não nasceram em berço de ouro, monitora todos que ela se importa 24h por dia e não tem medo de cometer certas atrocidades como mandar matar alguém. A velha é o demônio na Terra gente! E o pior é que ninguém acredita que ela é tão má assim (digo, os que convivem com ela tipo Greg), e isso tira o leitor do sério porque ela faz ameaças a Dominique, tira as garras pra fora e quando ela vai conversar com o neto ou ele não acredita ou ele acha que ela fez só 10% do que realmente fez. Julianna querida, você criou a vilã mais vilã de todos os livros, Voldemort, Umbridge não são nada comparados a essa velha infeliz.

A diagramação do livro é muito boa, ele é narrado principalmente por Dominique, mas alguns trechos são pelo Greg, e para diferenciar a autora coloca uma fonte diferente. Não achei nenhum erro de ortografia, os capítulos sempre começam com uma frase do filme E o vento levou, que faz muito sentindo dentro do contexto do livro. Só a capa que achei bem parecida com 23 noites de prazer, e isso eu acabei não gostando muito. E, mesmo o livro sendo bem grossinho (494 páginas) a leitura é muito fluida, e você acaba em poucas horas.

E como no título do livro diz, esse livro tem muitas cenas de sexo, e bem explicitas, porque é um erótico (e dos bons). Mas mesmo assim eu acredito que as cenas não beiram a vulgaridade, e o casal não são coelhos loucos que fazem sexo 24h por dia ou não podem se olhar e já acabam rancando as roupas de tesão, aqui as coisas são um pouco mais controladas.

Por fim pessoal preciso dizer que todos que gostam de um bom romance deveriam ler esse livro. Você vai rir muito, vai ficar com borboletas no estômago pelo casal, vai sofrer com as brigas e a insegurança da Dom com relação a se abrir mais, e vai passar raiva, MUITA RAIVA, com a velha infeliz Baxter.

- Vai ser clichê como os outros e dizer que não se importa que eu vá para longe desde que seja feliz?

- Vou dizer que não me importo se você será feliz desde que vá para longe.

Eu estava brincando com fogo. E Dominique era o fogo do pior tipo.

É fácil aprender a não precisar de ninguém quando você nunca teve alguém.

Eu não iria dizer as palavras em voz alta.

Mas lá no fundo, em algum lugar dentro de mim, meu coração parecia saber que ela, com todas as suas loucuras e imperfeições, era a mulher da minha vida.

Gregory me tomou como sua, e não apenas o meu corpo. Cada milésimo da minha alma era dele.

 

 

avaliação cupcake - Cópia

MINI POST

45 comentários:

  1. Que livro lindo, que frase linda, deve ser um NA bem romântico.
    Adoro livros que fazem passar raiva rsrs

    ResponderExcluir
  2. Faz bastante tempo, que quero ler os livros dessa autora, que por sinal, é muito elogiada por suas obras.
    Acho que só por esses vizinhos, nada convencionais, já vale a leitura. Deve ser bem interessante o momento em que eles aparecem durante a leitura.
    Gostei de saber que a leitura é fluída e a autora não focou só no sexo.
    Louca pra conhecer esse casal e me encantar com essa estória.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Que bom que a autora não ficou se prendendo somente nas cenas de sexo, pois quando isso acontece, a leitura fica muito cansativa. Apesar da sua resenha, e que a leitura fluiu muito bem pra você, não prentendo lê-lo, pelo menos não agora. Ainda não conhecia essa autora, mas vou pesquisar mais sobre ela. Beijo :)

    ResponderExcluir
  4. Oi, a capa do livro é linda, mas a sinopse do livro não me atraiu e mesmo a sua resenha sendo muito boa, eu não gostei da premissa do livro, até porque esse tipo de livro não me atrai.
    bjus
    http://recantoliterarioeversos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Acredito que nunca li um livro que possuísse uma pessoa tão má, como a Eleanor em uma história. E mesmo não conhecendo o primeiro livro desta serie e tendo pouco simpatia por este gênero, fiquei bastante atraída por 4 semanas de prazer. Ele me parece ser de uma ótima leitura em possuir personagens fortes, uma vizinhança com pessoas que tem tantos problemas como qualquer outra na vida real e claro, este amor ardente que deixa qualquer leitor sem fôlego. Gostei!
    Bjs Sabrina!

    ResponderExcluir
  6. Oi Sabrina, tô chocada com essa sua resenha hahaha Adorei o modo como você a desenvolveu, e a medida que lia comecei a ter muita vontade de ler esse livro agora mesmo. Infelizmente, não conhecia nada sobre a história, mas lhe agradeço por ter dado essa dica. Amo um bom romance sim, e é por isso que o contexto que você descreveu chamou tanto a minha atenção. Beijos, Fê

    ResponderExcluir
  7. uau... que hot! Com certeza me interesso na leitura... não conhecia a autora, mas agora preciso conhecê-la correndo!!!!!
    :)

    ps. também gostei da capa do livro... amo capas assim.

    www.amoreselivros.com.br

    ResponderExcluir
  8. Não curto livros desse gênero. Mas mesmo assim, me bateu uma raiva ENORME de Gregory, simplesmente por ser uma pessoa ruim e chantagista!! Eu não iria suportar ler uma história com ele. Kkkkk

    ResponderExcluir
  9. Uuuol! Apaixonante Sabrina! Não conhecia a autora, gostaria de ler os dois livros dela, adoro esse gênero, diz q tem romance q eu tô lendo! rsrs Bjs!

    ResponderExcluir
  10. Realmente adorei saber que não tem cenas de sexo a cada pagina, não criticando nem nada mais acaba ficando repetitivo e desanima um pouco com a leitura, eu gostei do elenco que o livro trás como o csal de gays a super mãezona etc.
    E principalmente me encantei pelo quotes que vc escolher.

    ResponderExcluir
  11. Olá

    Sempre me irrito com livros eroticos e exito a todo custo exatamente por ter uma cena de sexo a cada suas paginas, ai você me fala que a autora consegue aconsiliar o romance e o sexo sem deixar o livro cansativo, como não ficar curioso desse jeito???? O livro parece ser bem mais profundo do que aparenta, só pra contrariar irei ler e tirar minhas conclusões, sua resenha me deixou curioso a esse ponto hahaha

    Everton Equipe Rillismo
    rillismo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi Linda!
    Estava louca para ler uma resenha desse livro! Queria muito saber se valia a pena ler.
    Amei saber que as personagens são incríveis e as cenas eroticas bem construídas. Que tem um pouquinho de romance né? Adoro essa junção.
    Com certeza entrou para a lista!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  13. Minha nossa, era bem disso que eu estava precisando. Vou falar a verdade, nunca tinha lido nada dessa autora mais agora já to indo procurar os livros. Serio obrigada por essas dicas de leituras que mudam nossas vidas <3

    ResponderExcluir
  14. Oie Sabrina,

    Que resenha linda e que faz a gente querer ler automaticamente rs Estou gosto muito do estilo erótico e acho que preciso ler esse livro. Adorei em saber também que existe no fundo a questão de tentar mudar a pessoa para uma pessoa melhor e não só sexo, apesar de também as cenas eróticas sempre bem construídas, isso faz total diferença.

    Bjs

    ResponderExcluir
  15. To com medo dessa velha! hahahah como pode ser pior que a Umbridge?! Não curto muito romance, seja erótico, seja mais adulto, seja mais infantil. Sei lá, já gostei muito do gênero mas hoje em dia é MUITO difícil eu me aventurar em uma leitura assim. Mas confesso que com esse fiquei um pouquinho mais curiosa. Quem sabe um dia.


    Um Metro e Meio de Livros

    ResponderExcluir
  16. Simplesmente eu amei a tua resenha. Como sempre, você faz resenhas sobre livros hot muito bem e sempre me deixa curiosa. Eu não conhecia o livro e o enredo me atraiu bastante, eu acho muito chato quando livros eróticos tem sexo o tempo todo, os personagens parecem que não sabem fazer outra coisa kkk me irrita muito e nesse livro não tem isso, gostei de cara. O enredo é muito bom, acho que eu ficaria irritada com os vizinhos mas principalmente com a Eleanor, já deu raiva dela

    ResponderExcluir
  17. Oiiee, tudo bom?
    Eu gosto do gênero, mas tenho dado um tempo por agora, gostei muito do enredo do livro, e que bom que o erótico não é daqueles que o casal só quer sexo a todo momento que se vê, pois isso chega a ficar chato, quem sabe mais para frente eu venha a ler.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  18. Olá Sabrina,
    Não curto o gênero, justamente por todas as páginas conterem as mesmas cenas e parecer a mesma coisa. Apesar disso, me agradou bastante você ter dito que a autora consegue escrever sobre o gênero sem tornar-se repetitiva, achei isso um diferencial e interessante.
    Por esse motivo, acredito que leria o livro no futuro.
    Obrigada por ter me apresentado ao livro, quem sabe não comece a curtir o gênero?
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oi Sabrina, sempre li vários elogios aos livros dessa escritora eu gosto muito de livros hot, mas eu nunca li nenhum livro dela eu gostei bastante da sinopse desse livro com certeza vou ler obrigada pela dica e sua resenha esta incrivel bjs.

    ResponderExcluir
  20. Oi *---*
    Não gostou de livros eróticos e não sabia sobre a existência desse. Mas sabe que fiquei curiosa pra saber sobre esse. Não imagino um livro erótico sendo mas do que isso, então quero ver como a autora administrou isso.

    Bjos

    rillismo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. Oie Sabrina, tudo bom????

    Eu não sou muito de ler eróticos, mas a Lala, ela leu e amou, tanto que ela resenha os livros da Ju, lá no blog.
    E ela tem a mesma opinião que você quanto à escrita da Julianne Costa, ela consegue 'construir uma história com cunho erótico, sem necessariamente escrever cenas de sexo a cada página.'
    Acho que isso é o essencial para me deixa com vontade de ler o livro, porque você fala erótico e só tem sexo e não uma boa historia, e esse livro é totalmente o oposto. Vamos dar uma chance para ele

    ResponderExcluir
  22. Oi, tudo bem?
    Eu não gosto muito desse gênero, estava animada com a história até que chega a parte do cara ter gravado a advogada se masturbando e a ter chantageado, sério, isso não me agradou e mesmo você falando que a autora não fica naquela coisa de escrever só cenas de sexo, eu já não gostei muito do livro. Enfim, não é algo que eu leria no momento, talvez mais para frente, quem sabe.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  23. Oi Sabrina, tudo bem?

    Eu até leio livros do gênero, mas em doses bem homeopáticas... rs, tipo um ou dois por ano, eu acabo me cansando muito rápido de livros assim, então não é um livro que eu leria no momento. Mas gostei de saber que apesar do sexo, ele não se torna cansativo e não vira o foco do livro. Gostei desse "amadurecimento" da Dom, ela aprender a ser mais legal com as pessoas e tudo o mais... e o relacionamento entre ela e o Greg parece ser bem construído. Aah, gostei desse núcleo da vizinha e parecem ser bastante divertido, trazendo uma leveza ao texto. E gostei bastante dos quotes!!

    Beijinhos,

    Rafaella Lima || Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  24. Olá. Já ouvi vários comentários positivos a respeito dessa autora. Sua resenha ficou ótima, mas sinceramente, não gostei muito da história do livro. Além de ser um pouco clichê, não é o tipo de leitura que quero para o momento.

    ResponderExcluir
  25. Olá, não curto muito livros desse gênero. A história também não me interessou, amei a sua resenha rica em detalhes e muito bem desenvolvida. Enfim, quem sabe um dia eu volte atrás e leia porque no momento não estou na vibe de livros com essa trama.
    Bjos,

    http://carpediemliterariobr.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Olá, tudo bem?
    Já fazia um tempinho que eu não aparecia por aqui, bom, primeiramente, parabéns pela resenha, muito bem detalhada. Não sei se leria este livro tão cedo, já que o gênero nele abordado não me cativa muito, mas mesmo assim agradeço pela dica e quem sabe numa oportunidade breve eu o leia.

    Frases, Trechos e Pensamentos

    ResponderExcluir
  27. Oi! Tudo bem?

    Cê sabe que eu tinha mto preconceito com esse gênero? Tentava ler várias vezes e nunca rolava. Uma vez me obriguei a terminar o livro e adorei kkkkk Já coloquei esse em minha wishlist. Quero tirar minhas próprias conclusões =) E adorei saber que tem advogados(as) na trama já que futuramente serei uma.

    Beijos,

    Juliana Garcez | Livros e Flores

    ResponderExcluir
  28. Oii, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia esse livro, mas achei a premissa bem diferente. Eu já li muitos livros desse gênero e gostei de quase todos. Acredito que a leitura iria fluir bem, pois parece que a historia não foca nas cenas hot. Espero ter a oportunidade de ler o livro.

    ResponderExcluir
  29. Olá...
    Amei a capa do livro... Mas esse estilo de leitura não me atrai muito não... Mas gostei muito dos quotes e parabéns pela resenha...
    Beijos

    ResponderExcluir
  30. Oi!
    O livro parece interessante, mas não foi algo que gostei e chamou minha atenção pois não é um gênero que gosto muito de ler, mas para quem gosta parece ser um ótimo livro !!

    ResponderExcluir
  31. Eu acho que você disse tudo. Realmente eu percebo que ultimamente os autores estão escrevendo livros hot com uma trama bacana, de uma maneira que até que não curte esse genero mais quente quer ler por conta da história por trás de tudo.
    E foi isso que chamou minha atenção para esse livro, e espero de verdade poder ler.
    Amei a resenha, muito bem detalhada e bem escrita.

    ResponderExcluir
  32. Pela resenha o livro é maravilhoso e apaixonante, nunca li nenhum livro da autora mas espero começar por esse.

    ResponderExcluir
  33. Parabéns pela resenha, descrevendo com maestria o enredo do livro, uma pena mas não curto este gênero literário, sou apaixonada por livros florrzinhas.

    ResponderExcluir
  34. Parabéns pela resenha, descrevendo com maestria o enredo do livro, uma pena mas não curto este gênero literário, sou apaixonada por livros florrzinhas.

    ResponderExcluir
  35. Sei que é repetitivo, mas eu ADORO Julianna Costa, o jeito que ela escreve não é nem um pouco cansativo ou repetitivo.
    4 semanas de prazer pra mim é muito bom, gosto dos personagens, da historia, da narrativa e a capa(acha simples e linda), gostei muito da sua resenha e principalmente como vc expressa sinceramente sua opinião, parabéns mais uma vez. Estou adorando o blog!

    ResponderExcluir
  36. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  37. Nunca li nada desta autora,mas adorei resenha o livro parece ser muito bom, é um tipo de leitura que gosto muito.

    ResponderExcluir
  38. Conheço o outro livro da autora, esse é a primeira vez que vejo. E parece ser tão bom quanto aquele. A trama é forte, personagens que são marcantes e um bom equilíbrio na hora da coisa hot+história. Tenho certo receio de pegar livros assim, com cunho sexual, por ter muita cena de sexo e nada de história. Irrita e sinto que perdi meu tempo. Mas ela parece saber fazer a coisa funcionar, escreve um bom enredo. Outro livro muito bom pelo jeito.

    ResponderExcluir
  39. Pela resenha vi que os dois são independentes e que se atraem um pelo outro apesar de se odiarem. Mas não vou mentir, eu amei essa filmagem tipo, achei estranho, afinal, por quê alguém filmaria a casa? E ela se masturba com a janela aberta? Um lugar onde possa ser vista? Mas tirando isso, amei por ter achado muito engraçado haha.
    Também não gosto e acho repetitivo muitas cenas de sexo, acho que até já disse em algum post daqui.
    Nossa essa velha parece ser chata mesmo, só não acho pior que David de convergente, odeio com todas as minhas forças.

    ResponderExcluir
  40. Acho que livros hots se tornaram cansativos por todos ter enredo bem parecido, mas pelo que li da sua resenha esse parece ter uma pegada bem diferente. E adorei os vizinhos que devem ser bem engraçados, principalmente a religiosa...
    Bj
    Camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir
  41. O que mais me deixou curiosa pra ler esse livro foi o "núcleo dos vizinhos", me parece que quando eles aparecem trazem coisas engraçadas à história. A vilã, avó do Greg, vi que me tiraria do sério com certeza, e até fiquei com vontade de ler o livro depois da sua resenha.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  42. Não conheço a autora e não costumo ler esse gênero de livros, mas sua resenha está ótima e bem detalhada. Gostei muito dos quotes que você escolheu.

    Bjos,
    http://helendutra.com/

    ResponderExcluir
  43. Eita que hoje eu não tô tendo sorte mesmo u.u hahaha
    Essa sinopse tinha algo que me lembrava outras coisas. Um pouco do filme De Pernas pro Ar, um pouco das história de chick lit da Sophie Kinsella (só que essa sendo uma versão beeeem mas erótica que os livros da Soph haha), enfim! haha Mas, como disse e repito mil vezes u.u, romance não é comigo. E eu tenho aquele velho hábito de só ler livros físicos, então não tem essa de me arriscar com um livro (rola mais nem espaço na estante desse jeito! haha), é partir pra gêneros e história que me interessam e só! kkk Mas a resenha tá incrível! Miga, sua loca, parabéns! haushaus

    ResponderExcluir
  44. O livro realmente não me chamou a atenção.
    Estou evitando vários livros do gênero, pois esse gênero se tornou muito cansativo para mim.
    Mas para quem gosta, ótima dica.

    ResponderExcluir
  45. Não senti vontade de ler o livro, como comentei antes, só gosto desse gênero quando a história me chama a atenção e isso não aconteceu dessa vez :(

    ResponderExcluir