Métrica–Colleen Hoouver

DSCN2271

Skoob – Avaliação: 5/5 Red heart

O romance de estreia de Colleen Hoover, autora que viria a figurar na lista de best sellers do New York Times, apresenta uma família devastada por uma morte repentina.
Após a perda inesperada do pai, Layken, de 18 anos, é obrigada a ser o suporte tanto da mãe quanto do irmão mais novo. Por fora, ela parece resiliente e tenaz; por dentro, entretanto, está perdendo as esperanças. Um rapaz transforma tudo isso: o vizinho de 21 anos, que se identifica com a realidade de Layken e parece entendê-la como ninguém. A atração entre os dois é inevitável, mas talvez o destino não esteja pronto para aceitar esse amor.

Layken acabou de perder o pai, após um ataque cardíaco. Com a família quase falida, sua mãe teve que se mudar para uma casa menor, e assim deixar sua história no Texas pra trás. No último ano do ensino médio, Layken acredita que se mudar foi a pior coisa que lhe aconteceu após seu pai, principalmente porque a nova casa é completamente diferente da anterior, assim como sua nova vida.

Porém ao chegar na casa, Layken conhece seus vizinhos Will, um rapaz um pouco mais velho que ela e completamente lindo, e Caulder, um rapazinho da idade de seu irmão, que logo sai correndo e brincando com espadas imaginárias com ele. Além de lindo Will tem um jeito que a encanta, e ela percebe que se mudar pode ter sido uma coisa boa.

Nos poucos dias que ela está lá, é convidada para um encontro com o vizinho, e ele a leva para uma competição de Slam, uma sala de uma ‘boate’ onde as pessoas sobem no palco e recitam poesias que escrevem, e outras pessoas somente assistem e dão nota a apresentação. Will a pedido de Layken resolve apresentar uma poesia antiga sua, e assim somos apresentados a primeira bomba do livro, que não vou contar qual é é claro, mas que te deixa um pouco preparado para a temática do livro: morte e superação.

Layken começa na sua nova escola, e logo que vai para a aula de literatura, percebe que seu professor é ninguém menos que Will, seu novo vizinho e paixonite, então é claro que eles não poderão ficar juntos, pois além de ser inapropriado por causa de serem professor – aluno, ele precisa do dinheiro para manter a casa e não pode de maneira alguma perder o emprego.

Will é aquele típico personagem que você ama e odeia, mas depois cai de amores por ele quando entende seus motivos. Depois de descobrir que é o professor da Layken, não tem como ele manter o relacionamento, e mesmo estando completamente apaixonado por ela, seu irmão vem em primeiro lugar, e a escola é seu único sustento, então ele tenta manter a relação deles a um nível bem profissional, para não botar tudo a perder.

DSCN2273

O livro é dividido em duas partes, na primeira vemos uma Layken bem infantil e mimada, que mesmo ‘entendendo’ os motivos de Will fica cheia de mimimi’s com o fato de eles não ficarem juntos, até que ‘a morte lhe da mais um soco’ e ela precisa acordar pra vida e amadurecer o mais rápido possível. Confesso que nessa primeira parte eu não estava entendendo o porque de todos acharem esse livro lindo, eu ficava achando a protagonista uma chata, o Will um chato e a história bem um clichê de YA.

Mas, ai chega a segunda parte e você entende o livro, você passa a sentir a personagem, e sofre imensamente por ela, percebendo que a vida nunca é fácil, mas que pra algumas pessoas, ela se torna quase impossível, te obrigando a levantar a cabeça e tentar se adaptar da melhor maneira possível, para que as pessoas ao seu redor não sofram. Aqui é onde está todo o desenvolvimento da trama, então se você não estiver gostando do livro, leia mais um pouquinho que tenho certeza que vai ficar melhor.

Preciso falar que nunca GOSTEI de poesia. É claro que algumas você lê e entende, é claro que algumas você consegue se identificar, mas eu sempre deixo de lado as poesias por não conseguir captar tudo que o ‘personagem’ está tentando transmitir. Mas em Métrica, chorei na maioria delas. Colleen consegue passar os sentimentos dos personagens tão abertamente, de maneira tão simples, que você sente suas dores, vibra por suas alegrias, e consegue entender tudo que eles passaram. Os poemas eram minha kryptonita, eu chorava em todos, principalmente nos do Will, e os que falavam no passado dos personagens.

É através das poesias de Will que Layken abre os olhos, e percebe que terá que amadurecer, é através dessas poesias que vemos o ensinamento de Will na escola, que o que você escreve agora, pode ajudar outra pessoa mais pra frente, que passará pela mesma situação e dores que você passou no momento que estava escrevendo aquelas palavras.

Não posso deixar de citar os personagens secundários nesse livro também. Eddie é uma amiga que Layken faz na escola. Ela é divertida e descolada, mas quando vamos vendo seu passado, percebemos o quanto sofreu também, pois passou por vários lares adotivos, onde só era vista como um cheque. Seus sofrimentos não fizeram ela ser uma menina revoltada com o sistema, e sim amávell e sábia. Na sua poesia você se derrama em lágrimas, no seu aniversário todas a água é drenada de seu corpo e você fica parado olhando pro nada, porque pensa que o livro não pode ficar melhor que isso.

Kel também, apesar de ter 9 anos é um menino tão sábio, que da vontade de apertar ele e protegê-lo de todos os males que a vida lhe causa. Além de tudo, ele constrói uma amizade tão fofa com o irmão do Will, que ambos acabam parecendo irmãos de verdade, como se desde o nascimento convivessem juntos.

Uma das coisas que sempre percebo na escrita da Colleen é que suas histórias são reais, te dão aquela sensação que pode acontecer com qualquer um o que ela escreve, afinal que adolescente que não quer culpar os pais por tudo, que adolescente que não pode perder o pai de repente e ter sua vida toda mudada, e, no fim, te da uma história para DSCN2276

refletir, chorar, suspirar, chorar novamente e sorrir. E, assim que você fecha a última página, quer começar tudo de novo, e vai sentir as mesmas coisas novamente. Não sei como explicar esse sentimento, mas todos os livros que li da autora até hoje, me trouxeram esse isso que querer ler tudo de novo assim que terminei de ler.

A diagramação do livro é bem simples, seguindo o padrão dos outros livros da autora, que são um pouco menores , a única coisa que não entendi foi a chave na capa do livro, bem diferente das capas estrangeiras, que convenhamos que são lindas. As poesias também possuem o formato ‘original’ destacando sempre as palavras que garantem uma entonação maior, para intensificar os sentimentos da poesia. Os capítulos também são sempre começados com uma música, e possuem a tradução logo no final da página, fazendo você compreender um pouco mais do título, e do que esperar daquele capítulo.

Não consegui ser muito clara na resenha, esse é outro defeito dos livros da Colleen, pois pra você entender mesmo a história precisa ler e conferir as partes que são um spoiler imenso, para terem uma noção melhor da grandiosidade do tema que ela trata, e de como é tudo tão bem desenvolvido que você se envolve com os personagens, sofre e sorri junto com eles o tempo todo.

Enfim, Métrica segue o mesmo padrão de escrita Colleen Hoouver. Ele te ganha aos poucos, e no final você está arrebatado, implorando pelo próximo livro, e só querendo ler as obras da autora nos próximos dias. Indico muito para quem curte um bom YA sem pegações, focado mais nas dores dos personagens e na sua superação pelo bem do próximo. Você vai se apaixonar pelo casal, vai sofrer por eles, e no final, não terá mais lágrimas suficientes para viver.

DSCN2279

As pessoas vivem tomando decisões espontâneas com base no coração. Mas os relacionamentos tem a ver com muitas outras coisas, não só com o amor.

Neste momento, não sou mesmo capaz de compreender como deve ser ter o coração partido de verdade. Se eu sentir uma dor apenas um por cento mais forte do que a que já sinto agora, abdico do amor. Não vale a pena.

Não foi a morte que deu um murro em você, Layken. Foi a vida. A vida acontece. Merda acontece. E acontece muito. Com muita gente.

O que as outras pessoas pensam de suas palavras não deve importar. Quando você está no palco, você compartilha um pedaço de sua alma.

Toda infíma parte, tudo é passageiro. Nada é permanente. A única coisa que temos em comum é o inevitável: todos nós moremos um dia.

E daí? E dai que a dor sobre a qual você escreveu ano passado não é o que você está sentindo hoje? Pode ser exatamente o que a pessoa da primeira fileira está sentindo. O que você está sentindo agora, e a pessoa a quem suas palavras talvez afetem daqui a cinco anos – é por isso que se deve escrever poesia.

O peso das mentiras vai acabar com você, vai seguir você por todas as cidades, pois não há nada que aconteça aqui que não aconteça lá também.

Queria segura-la para sempre. Queria que ela soubesse que não estava sozinha. O fardo que ela estava carregando, seja ele qual fosse, eu queria carrega-lo por ela.

 

avaliação cupcake - Cópia

Ano: 2013 / Páginas: 304
Idioma: português
Editora: Galera Record

36 comentários:

  1. Olá, eu já tinha visto esse livro por aí mas nunca dei importância à ele. Hoje, pela primeira vez, parei para ler a sua resenha e fiquei super interessada nele. Não fazia ideia do que se tratava e não imaginava que fosse ficar assim tão curiosa.

    ResponderExcluir
  2. Sabrina lindona eu amo esse livro, chorei rios de lágrimas, ainda mais que estava grávida, a escrita da autora é maravilhosa amooo todos os seus livros, nesse livro ela se supera com personagens marcantes e que já perderam pessoas amadas. Amei sua resenha. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  3. Esse livro é perfeito!!!!
    Chorei muito lendo o livro e posso dizer que a autora ganhou meu respeito quando terminei de ler.
    Bjus

    ResponderExcluir
  4. Olá, Sabrina! Eu sou completamente apaixonada por essa série! Por conta dela a Colleen se tornou a minha autora internacional favorita. Acho a sensibilidade dela algo incrível. Amo os personagens que ela cria, a fragilidade e a força que eles têm. E a poesia? E as músicas? Por conta dela me tornei fã de carteira dos The Avett Brothers, até a agradeci por ter me apresentado eles quando a vi na Bienal. <3
    Abraços!
    www.viciadosemleitura.blog.br

    ResponderExcluir
  5. Achei a capa simples e fofa! A história também me pareceu bem gostosa de se ler. E quem nunca teve uma paixonite por um professor na adolescência!?/Eu tive (haha).
    Eu tw entendi perfeitamente sobre não gostar de poesia, minha alma não penetra os versos, mas as vezes encontro algumas que flui.
    Adorei a dica.
    Abraço. Camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir
  6. Olá.
    O livro nunca me chamou a atenção era quase invisivel só lia o nome, agora lendo sua resenha percebi que é uma história bem emocionante, mas eu não tenho muita paciência para esses amores impossíveis então vou oassar a dica.
    Bejos

    ResponderExcluir
  7. Amo a Colleen Hoover e tenho toos os livros que ela á publicou no Brasil, porém este livro eu ainda não li, mas sua resenha só me aguça a curiosidade. Estou olhando aqui na estante e é como se o livro me falasse todos os dias: me leia!!! Já ouvi tantos elogios que tenho medinho de me decepcionar. Mas vou me arriscar.
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olha até então eu só li o livro UM CASO PERDIDO da autora e adorei
    Eu preciso ler os outros dela, pois todos dizem maravilhas e provavelmente irei
    fazer isso esse ano mesmo, porque quero ler todos os livros que comprei e os que não li ainda.
    Espero poder gostar bastante do restante, porque estou com muita expectativa.
    Outro que estou doida para ler é O LADO MAIS FEIO DO AMOR. O meu tá autografado xDDDD
    FELICIDADE VIU?! Mas olha eu adorei sua resenha e me parece ser uma estória muito envolvente e com personagens como sempre cativantes. Eu sei que a autora escreve muito bem, e por isso, sei que ela desenvolve bem seus personagens.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/01/resenha-pandemonio.html

    ResponderExcluir
  9. Ooii!

    Eu estou louca para conferir a escrita dessa autora. Em um evento da Galera que eu fui, não havia uma critica negativa para as obras dela o que me deixa mega curiosa.
    Já li algumas resenhas para essas obras e muita gente elogia a obra.
    Eu fico imaginando como foi dificil para vc escrever essa resenha sem soltar spoilers né? Gostei bastante.
    Só não leio no momento pq tÔ com muito atrasada, mas ainda esse ano eu vou colocar as leituras em dia!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  10. Olá,
    Eu gosto muito como essa escritora aborda os temas. Você pensa que vai ser uma história boba, mas aí vem ela com uma sutileza e deixa os leitores de boca aberta... clarooo querendo mais.
    Uma amiga é fã dela e só lê em inglês, disse que ela brinca com as palavras que quando é traduzido perde um pouco o sentido....
    Muito bom ler uma resenha quando a pessoa amou o livro.
    Pode deixar que vou ler e me apaixonar pelo casal
    beijos
    www.conchegodasletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Sempre tive muita curiosidade em ler os livros da Colleen Hoover mais nunca me surgiu a oportunidade, conhecia o livro Métrica bem superficialmente e sempre me despertava o interesse, esta é a primeira resenha que leio sobre ele , tinha uma impressão totalmente equivocada e confesso que fiquei com vontade de conhecer tais personagens mais a fundo colocarei em minhas metas
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Vira e mexe eu vejo alguém falando desses livros. Quando vi o primeiro fiquei louca pra ler, mas o tempo passou e eu até esqueci dele. Na realidade, acabei perdendo o interesse mesmo. A frase "não terá mais lágrimas suficientes para viver" foi ótima. Mas, por algum motivo estranho do universo, perdi totalmente o interesse, acho que foi uma fase, e talvez se tivesse comprado naquela fase nem teria lido também. Vai saber.

    ;D
    Profissão: Leitora

    ResponderExcluir
  13. Oie!
    Colleen Hoouver é só amor! Eu gosto de todos os livros publicados dessa autora, não consigo apontar qual é o meu favorito. Todos eles me conquistaram de uma forma diferente, e estão guardados em um lugar especial aqui em casa. Métrica é ótimo! Emocionante e romantico na medida certa, adoro!
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  14. eu adoro a escrita dessa autora, e já li a triologia de métrica e amei, eu aprendi a gostar de poesia por causa desse livro.

    ResponderExcluir
  15. Olá
    Li esse livro logo que foi lançado,é o tipico livro que vc ri,chora,quer matar a personagem pra enfim ela deixar de tanto mimimi,mas ao mesmo tempo é aquele tipo de livro que te faz refletir. Em certos momentos morria de amores pelo Will já outros nem tanto e aodrei o Kel e o irmão do Will..dois fofos!!!
    Ainda não li a continuação espero poder lê-lo ainda esse ano!!!

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2016/01/lancamento-de-janeiro-editora-arqueiro.html#comment-form

    ResponderExcluir
  16. Não li ainda nenhum livro da autora, mas esse está na lista. Eu achei a história incrível, e saber desta distinção de partes, foi muito legal. Acredito que a primeira seja realmente um pé no saco, mas que bom que a segunda muda isso.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  17. Oi! Tudo bem?

    Eu nunca li nada da autora e não pretendo ler "Métrica". A premissa não me agrada... Sinto que é um livro que vai fazer eu me sentir "perdendo tempo", sabe? Mas enfim, fico muito feliz que tenha gostado tanto assim do livro :) É bem legal quando começamos a leitura sem entender muito bem pq faz tanto sucesso e ao final acabar gostando tanto quanto as outras pessoas!


    Beijos,

    Juliana Garcez | Livros e Flores

    ResponderExcluir
  18. Adoro personagens que despertam sentimentos controversos no leitor, e já necessito conhecer Will.
    Collen tem uma forma única de escrever que nos envolve com muita facilidade né.
    Métrica está na minha lista de 101 livros, e após terminar de ler sua resenha já me senti apaixonada pela história, imagina quando realmente eu ler livro? Me preparando pra desidratar!

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  19. Olha, acho que eu terei de reler esse livro, pois não vi isso tudo que tantos blogueiros assim como você enxergaram nesse livro não! Achei a leitura bem chata e a Layken pior ainda, Deus me livre, o garotinha cheia de mimimi... Só terminei esse livro por não gostar de deixar leituras inacabadas pra trás, mas não pretendo ler as continuações...

    ResponderExcluir
  20. Olá!

    A Colleen Hoover é a rainha dos NA, sério! A cada livro lançado uma bomba diferente.
    Eu amei a estória desse livro e chorei, confesso. Em relação as poesias, algumas foram claras para mim, outras nem tanto, porém a estória é tão fantástica que super compensa isso.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. OIiie,

    Você acredita que nunca li nada da Colleen Hoover? Nunca consegui me interessar sobre dos enredos das estórias dela, acho que sou um alien, né? Não gostei muito do fato das poesias (não sou chegada rs )kkkk Apesar das suas críticas positivas, ainda não leria esse livro e nem nada da autora, quem sabe no futuro?

    Bjs

    ♡ Amantes da Leitura

    ResponderExcluir
  22. Oi Sabrina, fico muito feliz vendo a sua resenha e o quanto você gostou do livro, eu tenho muita vontade de lê-lo mas não tive oportunidade ainda, mas está na minha lista para ser um dos próximos. Perece ter uma trama muito bem elaborada e cativante, bem do jeitinho que eu gosto. Ótima resenha!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  23. Menina, sei bem como é essa sensação quando lemos os livros dessa autora. Li um caso perdido e senti a mesma coisa. Realmente ela tem um dom de escrever histórias que nos deixam totalmente envolvidos. Sobre essa segunda parte ser melhor do que a primeira acho que é um costume da autora mesmo, eu quando li um caso perdido, no início não gostei muito e depois... tava lendo e lendo, super curiosa para saber o que é que aconteceria com a personagem principal. Acho que isso também acontece aqui, né? Espero que um dia eu possa ler essa obra dela, pois a autora escreve muito bem.

    Beijos
    Vento Literário / No Facebook / No Twitter

    ResponderExcluir
  24. mulher do céu como assim você acha que não foi muito clara na resenha? Sério essa foi uma das resenhas mais bem escritas que li, eu juro não sou de puxar saco de Blogueiro. mas eu lendo a tua opinião sobre o livro e Contando um pouco da história eu vi as cenas da minha mente como se estivesse lendo um livro, é o melhor que você consegue fazer isso preparando o leitor para leitura do livro Sem soltar spoiller.
    Parabéns!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  25. Olá!

    Acredita que nunca li um livro da Colleen Hoover? E ela é uma escritora bem famosa, mas baixei uns livros dela no Kindle para ler. Pelo que você falou a estória parece ser maravilhosa e com muitas surpresas, eu gosto disso. Vou acrescentar esse livro na minha lista de livros da Coleen para experimentar.

    Beijos!

    www.cantinhocult.com

    ResponderExcluir
  26. Oi Sabrina, fico feliz que em algum momento a história tenha te tocado e você tenha entendido o que a autora quis passar para os leitores. Eu também chorei igual criança com essas poesias e no segundo livro essas poesias acabaram comigo também. Fiquei com essa mesma sensação quando acabei Métrica, queria ler tudo novamente. Colleen é muito amor.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  27. Olá,
    Uma amiga me indicou métrica no ano passado, dizendo que era muito bom e que tinha chorado muito. Eu pesquisei e ainda não cheguei a ler. Mais com a sua resenha eu fiquei bem tentada. Parece um livro que mostra o sofrimento e faz chorar bastante, mas quero ler ainda assim. Parabéns pela resenha.
    Um beijo,
    Delírios Literários da Snow

    ResponderExcluir
  28. Oi Sabrina,
    Você disse no final que é difícil fazer resenha da Collen por conta dos spoilers, mas acredite você conseguiu. Eu tenho os 3 livros da série aqui e pretendo ler ainda esse ano e agora estou ainda mais animada. Eu, como você, nunca fui muito fã de poesia, mas se você disse que até chorou em algumas, já estou ainda mais encantada.
    A personagem tem um pouco de mimimi, mas algumas adolescentes são assim mesmo, então já vou ler com isso em mente.

    Abraço e Bons Livros,
    Biblioteca do Coração❤

    ResponderExcluir
  29. Como não amar Métrica ? Queria uma resposta para essa pergunta.
    Esse livro é simplesmente maravilhoso, acho que é até complicado comentar alguma coisa, porque sou completamente apaixonada por tudo que a autora escreve e estou morrendo de medo de Ler ESSA GAROTA, que já tenho aqui, tive a oportunidade de ver a autora na Bienal, de longe mais vi e ai Jesus, coração na boca, leia tudo que aparecer na sua frente que seja da autora, tenho fé de que irá se apaixonar sempre mais e mais.
    beijos

    ResponderExcluir
  30. Olá!
    Eu sempre ouço falar bem desse livro, mas nunca li nada da autora. Eu não supoooorto personangens mimadas, será que aguento ler? rs
    Pena que o livro tem continuação, não gosto de ficar presa a elas.
    Nunca curti muito poesia também, então se vocÊ gostou acho que posso gostar tambem :3

    ResponderExcluir
  31. Oi Sabrina!
    já ouvi falar milhões de vezes sobre a Colleen Hoover, porém nunca li nada da autora. Já tive a oportunidade de comprar livros dela, porém eu sempre fico com o pé meio atrás, pois sou muito fã do gênero e ultimamente tenho me decepcionado pra caramba com alguns livros do segmento que tenho lido. Percebi que você gostou então vou dar uma chance a essa trilogia, apesar que ouvi alguns comentários um tanto “negativos” sobre as ultimas páginas do 3° livro (o que me deixou mais apreensiva).
    Mas você falou TÃO bem do livro que estou um pouco tentada... hehehe
    Vou conferir umas resenhas de algumas outras pessoas pra ter uma opinião melhor!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  32. Olá!
    Sou doida pra ler esse livro da Colleen! O único que li dela foi Um Caso Perdido, e me apaixonei por sua escrita.
    Pelo que você diz, todos os livros dela tem essas mensagens bonitas de superação, e gosto bastante disso.
    Adorei sua resenha, e estou louca pra conferir Métrica!
    Beijos!
    http://addictionforbooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  33. Oi Sabrina! ^^
    Ainda não li Métrica, mas depois de uma resenha como a sua estou tentada a correr em direção a uma livraria e comprar ele o mais rápido possível. Se você que não curte poemas chorou com os desse livro, então imagina eu que adoro poesia e poemas desde os 11 anos. *-*

    Beijos e até logo! ;)
    https://worldofmakebelieveblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  34. Olá,
    Nunca li nenhum livro da autora, mas fiquei bem curiosa para conhecer a escrita da Collen!
    Já havia visto a obra em alguns sites de compra, mas nunca cheguei a ler uma resenha e fiquei um tanto curiosa para descobrir mais sobre a estória e essas tais "bombas". Sou uma pessoa que chora muito fácil com leituras, ainda mais quando me apego e assim como você... com certeza me emocionaria. Ainda mais quando o livro se trata de perdas, sempre dá uma dorzinha no coração. Anotando a dica e assim que tiver uma chance, comprar!

    Karine || Ainda Me Livro

    ResponderExcluir
  35. Oi, Sabrina!
    Eu li esse livro logo que ele foi lançado e simplesmente amei a história. Adorei o Will, ele é um personagem maravailhoso e que me consquistou desde as primeiras páginas. A Layken, apesar dos mimimi's foi uma personagem até que legal, levando em consideração que a maioria das personagens femininas de livros NA são um porre, ela até que foi bem suportável.
    Ainda não consegui ler os outros dois livros da série, mas pretendo fazer isso o quanto antes.

    Beijos!

    Books and Movies
    www.booksandmovies.com.br/

    ResponderExcluir
  36. Olá!
    Acredita que eu tenho esse livro a uns dois anos e até agora não tive tempo de ler. Eu só ouço falar muito bem desse livro e a cada resenha fico mais interessada na história.
    Sua resenha está maravilhosa.
    Beijinhos!
    http://www.eraumavezolivro.com.br/

    ResponderExcluir