O coração do leão–Mia Sheridan

O Coração do Leão

Cada livro da coleção Signos do Amor é inspirado nas características de um signo do Zodíaco. Esta história se baseia na mitologia de Leão e fala sobre as surpresas que a vida nos reserva.
Evie e Leo se conheceram ainda crianças, em um lar adotivo, e logo se tornaram grandes amigos. Com o tempo, a amizade se transformou em uma paixão avassaladora, e eles juraram ficar juntos para sempre.
Quando Leo foi inesperadamente adotado na adolescência e teve que se mudar para outra cidade, prometeu a Evie que entraria em contato com ela assim que chegasse lá e que voltaria para buscá-la quando ela fizesse 18 anos. Mas ele nunca mais deu notícias.
Oito anos depois, apesar das circunstâncias, Evie conseguiu dar a volta por cima. Tem um emprego, amigos e está feliz. Então, de repente, um homem chamado Jake Madsen surge em sua vida, alegando ter sido enviado por Leo para saber como ela está.
Evie não consegue evitar a atração que sente por esse homem sensual e misterioso. Mas será que ela pode confiar em um estranho? Ou será que ele está guardando um segredo sobre sua real ligação com Leo e os motivos que o levaram a sumir de sua vida anos atrás?


Skoob – Avaliação 5/5 - Romance

Depois de ter morrido mil vezes lendo a voz do Arqueiro, me deparo com mais um lançamento da série, que está sendo publicada bem rápida por aqui (obrigado Arqueiro sua linda!), com um personagem diferente e um desafio! Terminar primeiro que a Ana do Malucas por Romances porque ela estava me ameaçando de soltar spoilers!

Nesse momento percebo que cair, seja de cara no chão ou de amores por alguém, é sempre um pouco assustador, mesmo que aconteça lentamente.

Se em A voz do arqueiro tivemos muito drama por causa de um jovem mudo que era excluído da sociedade, em O coração do leão temos um tema muito mais forte, e reflexivo. Mia aborda a adoção nesse livro, em o quanto as crianças sofreram antes de serem adotadas, como é a vida nos lares adotivos, e principalmente, como é viver depois que fazem 18 anos e tem que tocar sua vida sozinhas se não conseguirem ser adotadas.

-Era uma vez uma linda mulher que, apesar de seu rosto de anjo, era vazia por dentro. Bem no lugar onde deveria  estar  o  coração  havia  apenas  um  enorme buraco. Devido a esse defeito, um ogro, feio por dentro por fora, conseguiu conquistar a mulher e ela se casou com  ele.  Um  dia,  ela  precisou  se  afastar  dele,  porque não  suportou  mais  sua  personalidade  e  seu  rosto  feio. Até  mesmo  pessoas  vazias  têm  um  limite  para  suportar tanta feiura….

A  mulher  caminhou  sem  parar  até  chegar  a  um prado tranquilo e se deitou lá no meio, aproveitando o silêncio  da  noite.  O  que  ela  não  sabia  era  que  havia uma grande fera à espreita, um leão enorme, com a juba dourada e o rugido ameaçador de uma centena de leões.
Enquanto a mulher linda, mas vazia, continuava deitada no  campo,  a  fera  se  aproximou  dela  em  silêncio,  e quando a mulher abriu os olhos e o viu, ficou fascinada porque  nunca  se  deparara  com  nada  parecido  com aquele leão. A fera pousou a pata enorme sobre ela para
mantê-la  deitada.  Estranhamente,  a  mulher  não  sentiu medo,  apenas  curiosidade.  Quando  amanheceu,  a  bela acordou e achou que a noite anterior havia sido apenas um  sonho.  Mas  a  mulher  agora  estava  grávida,  de  um menino.  E  esse  lindo  menino  receberia  os  maiores  dons dos pais: a beleza da mãe e o coração do pai, o coração de um leão.

Tudo começa com Evie e Leo no telhado de um ‘lar adotivo’, Leo com 15 anos e Eve com 14, ele está se mudando de cidade pois foi adotado por um casal que parece muito bom, e por isso ele terá que deixar ela, depois de tantos anos que viveram juntos no lar. É nessa cena que dão o primeiro beijo, onde o amor dos dois fica mais forte, e onde ele promete que escreverá pra ela todos os dias, e que virá busca-la quando tiver 18 anos. Só que nada disso acontece.

Já ouvi pessoas dizerem que se perderam em um beijo, mas nós dois nos encontramos no instante em que nossos lábios se tocaram. Foi como se ele tivesse me preenchido com aquele beijo.

Oito anos depois Evie está trabalhando de camareira em um hotel, e ajudando em buffet quando surge uma oportunidade. Sua vida depois que saiu do orfanato foi sofrida, porém ela conseguiu um trabalho e um local para dormir com muito esforço, e consegue dar valor a tudo isso. Essa característica de Evie foi o que mais me fez gostar dela, pois ela é sincera, bondosa e humilde, e mesmo com todos os sofrimentos que passou, não se deixou abater ou se entregou as drogas como alguns amigos que tinha no orfanato.

Quantas pessoas realmente reconhecem o que possuem porque sabem o que é não ter absolutamente nada? Passei por muita coisa para chegar onde estou e valorizo muito o que consegui. Essa é minha recompensa.

Evie conhece Jack, um estranho (lindo, gostoso, maravilhoso e rico) que a estava seguindo, e a química entre os dois é perceptível logo no começo, tanto que não resistem e se entregam a esse relacionamento, e é ai que temos as partes quentes e avassaladoras, a construção de um relacionamento cheio de altos e baixos, pois Jack não conta nada de seu passado pra ela, gerando muitas desconfianças.

Talvez  o  amor  seja  como  uma  lupa com a qual o dono do nosso coração enxerga o fundo da nossa alma.

Sinceramente, já contei mais do que deveria sobre o livro, pois a história é repleta de mistérios sobre o passado de Jack, de Leo e o passado de Evie também, que ela vai revelando aos poucos, mas que te faz entender muito do que ela passou para chegar naquele ponto.

Não importa como chegamos onde estamos, tudo o que podemos fazer é seguir desse ponto em frente.

O livro é narrado todo por Evie, o que já é bem diferente do primeiro volume publicado da série, que intercalavam os personagens, mas mesmo assim a autora consegue passar uma profundidade muito grande na leitura, não deixando nada a decepcionar no quesito drama, você sente a dor dos personagens, sente dó das crianças e da vida que levam nos orfanatos, e principalmente sente pena por todo mal que elas tem que conhecer tão cedo, já que não tem pessoas que realmente a amem e a apoiem.

Acho que aquele primeiro lar adotivo era igual a uma gaveta de tranqueiras. Sabe, tipo aquela que você tem na cozinha, na qual guarda todos os cacarecos que não têm utilidade  e  que  você  não  sabe  mais  onde  colocar? Éramos  todos  como  peças  aleatórias  jogadas  ali,  sem relação  uns  com  os  outros  a  não  ser  o  fato  de  sermos todos tranqueiras.

Enfim, o livro é emocionante também, ele é muito mais sentimental porque trata de um tema pesado que é a adoção, mostrando a verdadeira face dela, o que ninguém percebe, toda a dor da humilhação, desprezo, falta de amor e pobreza que as crianças passam sem ter ninguém que queria realmente ajuda-las. O casal do livro é lindo também, e não da pra deixar de se emocionar e de se abanar nas cenas que estão juntos, eles são fofos e quentes, e quando os mistérios vão se acertando, você fica ali com muitas lágrimas nos olhos por tudo que aconteceu, e torcendo pra dar tudo certo.

Acho que quase cem por cento da certeza de ser o melhor se refere à autoconfiança. Você pode até desconfiar que é o melhor, pode ter esperança de ser o melhor, mas se não tiver coragem para se declarar o melhor, em letras garrafais em uma embalagem, e deixar que os críticos se atrevam a testá-lo, então você provavelmente não é o melhor.

Preparem seus lencinhos, pois esse livro é uma leitura rápida e prazerosa, que garante muitos encontros e desencontros, e mostra como o primeiro amor pode ser belo e pra sempre.

Vou beijá-la agora, Evie, e quando isso acontecer vai  significar  que  você  é  minha.  Não  me  interessa  a distância  que  haverá  entre  nós.  Você.  É.  Minha.  Vou esperar  você.  E  quero  que  me  espere  também.  Prometa que  não  vai  deixar  mais  ninguém  tocá-la.  Prometa  que
vai se guardar para mim e apenas para mim.

Ps: Vale lembrar que mesmo sendo o segundo de uma série, não tem relação nenhuma com o primeiro livro, A voz do arqueiro, por isso os que não gostam de série podem ler sem medo de precisarem de uma continuação, já que a história tem começo, meio e fim em um único livro.

tumblr_lt4bcn3Jxe1qcqcm5o1_500

Ano: 2015 / Páginas: 208
Idioma: português
Editora: Arqueiro

14 comentários:

  1. Oii, como vai? Quando você falou que o livro é emocionante me conquistou completamente, quero muito ler, achei a capa incrível!
    Beijos
    http://segredosliterarios-oficial.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, como vai?
    Preciso pra ontem.
    Esse me parece um daqueles livros que te prendem do começo ao fim te fazendo devorá-lo rapidamente e como você disse prazerosa.
    Mas um pra minha lista imensa de livros pra comprar. E ainda tem o 1º né?!
    Beijo
    www.livricios.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, não faz o meu tipo d leitura, mas o livro deve ser ótimo e é sempre bom ler resenhas assim, pois a gente consegue recomendar os livros! <3

    Amor Geek

    ResponderExcluir
  4. Olaa. Viajei legal aqui lendo sua resenha kkkkk Adorei a premissa anotei ele aqui e quero ler ele logo logo. A capa é linda, obrigada pela dica!

    Beijão da Lari
    brilliantdiamond-bg.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Sabrina, amei a resenha e já estou querendo o livro, eu sempre tive vontade de ler A voz do arqueiro mas não tive oportunidade ainda, fiquei feliz em ver que lançou o segundo livro!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  6. Não sou muito fã desse gênero, mas achei muito legal a ideia da autora, de fazer baseado nos signos. Isso é bem diferente! Mesmo o livro não me atraindo muito, achei sua resenha ótima *-*
    Beijos
    Coisinhas Aleatórias

    ResponderExcluir
  7. Oiiie
    Sua resenha esta ótima, não é um gênero que sou fã mas a capa está bem bonita, ótima dica

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi!!!
    Li A voz do arqueiro recentemente e AMEI, já estou necessitado desse livro.
    Seus comentários subiram bastante minhas expectativas em relação a este livro, espero não me decepcionar.

    Beijos
    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Sabrina
    Eu solicitei este livro para resenha, mas ainda não chegou aqui em casa. Inicialmente não ia começar mais uma série, entretanto depois de ler tantas resenhas positivas do livro "A Voz do Arqueiro", decidi embarcar nessa também. Vou ler este primeiro, já que está para chegar aqui em casa e espero ler logo logo o outro.
    Abraços,

    Gisela
    @lerparadivertir
    Ler para Divertir

    ResponderExcluir
  10. Oi. Resenha maravilhosa, como sempre. Apesar disso, vou deixar a dica de leitura passar, achei clichê e não é algo que tem me entusiasmado no momento.

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem?
    Eu li os dois livros, mas confesso que gostei muito mais de A Voz do Arqueiro. Em O Coração do Leão eu fiquei muito entediada, cansada das coisas que estavam acontecendo. Não que eu não tenha gostado, mas não entrou na minha lista de favoritos como o primeiro volume.
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?
    Eu li várias resenhas que falam bem dos livros da Mia, mas não tenho me sentido muito compelida a fazer essas leituras. Me parece que as premissas são muito muito batidas, o que me leva a pensar que os livros são mais do mesmo. Não sei se faria a leitura, mas no momento não me sinto interessada.

    ResponderExcluir
  13. Oie, já estou doida pra ler! Sou a doida dos signos kkkkk e o livro parece ser bem interessante! Ótima resenha, beijos.

    ResponderExcluir
  14. Estou Louca para ler esse livro, não vejo a hora dele chegar aqui, espero que tenha ficado melhor que o anterior.

    coisasdemineira.blogspot.com.br

    ResponderExcluir