Asylum - Madeleine Roux

Asylum

 

Para Dan Crawford, 16 anos, o New Hampshire College Prep é mais do que um programa de verão – é uma tábua de salvação. Um pária em sua escola, Dan está animado para finalmente fazer alguns amigos em seu último verão antes da faculdade. Mas, quando ele chega no programa, Dan descobre que seu dormitório para o verão costumava ser um sanatório, mais comumente conhecido como um asilo. E não apenas qualquer asilo — um último recurso para criminosos insanos.
À medida que Dan e seus novos amigos, Abby e Jordan, exploram os recantos escondidos de sua casa de verão assustadora, eles logo descobrem que não é coincidência que os três acabaram ali. Porque o asilo é a chave para um passado terrível. E existem alguns segredos que se recusam a ficar enterrados.

 

Skoob – Avaliação: 5/5

A loucura é algo relativo. Depende muito do lado da grade em que a pessoa está.

O livro conta a história de Daniel, um jovem garoto que foi adotado quando pequeno, mas que com a ajuda dos pais adotivos, acabou se tornando um jovem muito estudioso, e por isso, ele está agora na New Hampshire College fazendo um curso de verão, para aprimorar seus conhecimentos.

Isso seria uma história normal, se não fosse o fato que os alojamentos da faculdade estão em reforma, e os alunos vão precisar ficar em um prédio antigo do local, que é um hospício desativado, o Brookline, local onde foram internados vários assassinos, e onde o diretor Crawford fez várias experiências de tortura desumanas com seus pacientes, a fim de testar suas teses sobre a cura para a loucura e outras doenças psíquicas.

“O  que  ele  era?”,  ela  perguntara.  Ele  era  muitas  coisas.  E  se  via  paralisado  diante  de milhões de possibilidades diferentes.

Daniel faz amizade com Abby, uma estudante de artes e Jordan, um estudante de matemática, que é gay. O trio começa a investigar mais a fundo o prédio do hospício e descobre várias salas escondidas, onde o diretor fazia suas bizarras experiências, e mantinha os pacientes mais perigosos. Observando fotos, lugares cheios de sangue seco, e anotações sobre as teses do temido médico diretor, eles começam a perceber que lá não foi um hospício qualquer, e que devem ter medo de estarem presos no prédio durante todo o verão.

Uma existência notável. É isso que a humanidade merece. Não uma vida medíocre nem uma vida normal – uma vida em que a genialidade seja a regra, não a exceção.

Resenha

Sabe aqueles filmes bom de terror, onde você grita com os atores, fala pra eles não entrarem nas salas secretas, fala para não saírem investigando as coisas a noite? Então, eu me senti assim lendo esse livro.

Daniel e seus amigos começam a investigar mais a fundo o prédio, e vão descobrindo salas estranhas, fichas médicas dos pacientes que foram tratados pelo diretor, e muitos outros mistérios, e coisas estranhas começam a acontecer com os alunos que estão lá hospedados, alguém está recriando o estilo do assassino em série O escultor, que era um dos pacientes de lá.

A estranha sensação  de  estar  sendo  observado  era  ainda  pior  fora  do  quarto.  As  janelas  estreitas deixavam  entrar  apenas  fiapos  de  luz.  Era  impossível  circular  por  ali  sem  sentir  todos  os cabelos da nuca se arrepiar. Talvez o problema fosse saber que aquelas fotografias estavam lá embaixo, naquela sala dos horrores. Fora do Brookline era mais fácil esquecer, mas lá dentro aquelas memórias sempre voltavam a assombrá-lo.

E como se não bastasse isso, Daniel começa a ter lapsos de memória, vendo as coisas pelos olhos do diretor, quando ele ainda trabalhava naquele prédio. Daniel consegue enxergar suas convicções, seus pensamentos sobre os tratamentos que realizava, e principalmente, as operações que fazia em busca da tal cura.

A  própria  natureza  dessa  doença  continua  a  me  intrigar,  e  não  só  a  mim.  Qual  é  a origem dessa anormalidade? Todo sistema que observamos tem seu núcleo vital. Toda flor tem sua semente. Todo animal tem seu coração. Toda obra-prima tem sua inspiração. Mas o que eu procuro parece ser elusivo demais. Existe uma raiz em algum lugar de seu cérebro,uma raiz torta que exala loucura e maldade. E eu vou encontrá-la. Custe o que custar, e por mais difícil que seja. Eu vou encontrar. Vou ter uma existência notável. Meus colegas vão querer  me  crucificar,  em  termos  metafóricos,  mas  que  seja.  Sem  me  deixar  abalar  por questões legais, morais e humanitárias, vou arrancar esse mal pela raiz e deixar um legado que nenhum homem deixará de admirar, por mais arrogante que seja.

Muito mistério, é o que rege esse livro, e pra nos deixar ainda mais assustados, ele é cheio de fotos com pacientes de hospícios verdadeiros, então você está ali lendo sobre um homem se debatendo com a camisa de força, e várias outra pessoas segurando ele, quando vira a página BUM! está lá a foto pra te assustar ainda mais.

Screenshot_5-tile

As fotografias eram horríveis, mas Dan não conseguia parar de vê-las uma atrás da outra. Todas  mostravam  pacientes  sendo  submetidos  a  algum  tipo  de  tratamento,  de  injeções dolorosas  ao  confinamento  na  solitária.  Uma  foto  que  exibia  uma  sessão  de  hidroterapia revirou  o  estômago  de  Dan.  Funcionários  do  hospital  direcionavam  o  jato  das  mangueiras sobre um paciente, encolhido e trêmulo em um canto da sala, completamente sem roupa. Havia um médico logo ao lado, de braços cruzados, indiferente.

E o que falar dessa edição? Ela é completamente perfeita! Não só pelas fotos, mas por todo o ar de livro antigo, com as folhas decoradas no começo de cada capítulo. Também não achei nenhum erro textual, o que contribuiu muito para a leitura.

A escrita é bem fácil de entender, e não tem nenhum termo técnico difícil de ser compreendido, o que torna a leitura rápida e bem fluida e mesmo sendo um livro que te dá medo, eu pelo menos queria ler o mais rápido possível pra descobrir os mistérios desse hospício.

Em um mundo enlouquecido, os loucos se tornam os únicos sãos.

Esse livro com certeza é eletrizante, e o final mais desesperador ainda, pois os mistérios vão ficando cada vez mais complicados, as armações vão ficando cada vez mais fortes, e a loucura é total, você não sabe mais em quem acreditar, e o que está acontecendo com os protagonistas.

Eu sempre detestei esta palavra: sacrifício. Ela remete a selvagens batendo tambores em torno de uma fogueira. Mas é preciso haver sacrifícios, por mais que isso seja custoso. E perigoso.

Em fim, se você é daqueles que adora um bom filme de terror, pode ir pegando esse livro agora mesmo, pois a escrita de Madeleine vai lhe surpreender, e não vai deixar nada a desejar para o gênero.

O  Brookline  causa  um  certo  efeito  nas pessoas, sempre causou. É a profecia autorrealizável da loucura. Se você ouvir todos os dias que é maluco, provavelmente vai acabar ficando. É como diz a velha piada do psiquiatra: a loucura é só uma coisa da sua cabeça.

Ano: 2014 / Páginas: 336
Idioma: português
Editora: Vergara & Riba

                                 classificação terror classificação terror

39 comentários:

  1. Que livro incrível!
    Não conhecia, mas fiquei morta de curiosidade.
    Acredito que a loucura é relativa.
    Amo terror e esse vai para a minha lista
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  2. Esse livro já está nos meus desejados!
    Ele é todo lindo né?! A história parece ser fantástica e sua resenha me confirmou isso.
    A vontade de ler cresceu!
    Se não me engano é trilogia!
    BJu

    ResponderExcluir
  3. Olá, esse livro já esta na minha fila de leitura e se der tudo certo leio esse mês, pela sua resenha ele parece ser muito bom e as fotos dão todo um charme a mais *--*

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  4. Sabrina que livro incrível, menina. Eu tinha adicionado ele na minha lista de desejados no Skoob por causa da capa e pelo gênero, mas sua resenha foi a primeira que li. Eu preciso ter esse livro logo.

    Bjos

    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. OI Sabrina!!
    EU AMOOOO essa série. Asylum foi uma grata surpresa pra mim, amo livros de suspense e terror e quando li Asylum fiquei viciada. Já li Scarlets e to com Sanctum aqui pra ler. Espero que você possa ler logo as continuações, você vai amar, porque estão lindos demais e a s histórias *________________*
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  6. Eu simplesmente amei o livro, o terror é levezinho,mas tem um suspense muito bom. Eu adoro livros juvenis, então gostei muito da obra!
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  7. Gente, eu não consigo ler esse livro não! Morro de medo de coisas assim!

    laoliphant.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olha eu sinceramente já não pegaria esse livro para ler, porque eu não gosto desses que dão medo.
    Eu sou mais de gênero fantasia/aventura e romance. Agora terror não faz realmente meu estilo não.
    Tem gente que é bastante corajoso pra ler certos livros, mas eu fico bastante impressionada e por isso
    nem chego perto, porque depois fico pensando naquilo =x

    Mas eu gostei da sua resenha. Me parece ser um livro bom, mas pra mim não.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/10/luz-camera-e-acao-10.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/10/resenha-enquanto-houver-amor-havera.html

      Excluir
  9. oie como vai?
    ODEIO filmes de terror kkkk acho eles meio desnecessários mas por ironia da vida adoro um bom livro de terror e gostei bastante da premissa e sua resenha me deixou bem curiosa.

    ResponderExcluir
  10. Oii Sabrina, uau, adorei esse livro. Não tinha visto nenhuma resenha sobre ele, simplesmente adorei. Sou meio medrosa pra filmes de terror, mas adoro ler livros do gêneros. Com certeza, estará nos meus desejados. Bjs!

    ResponderExcluir
  11. Oii, tudo bom?
    Então, o livro me pareceu muito bom e sua resenha está muito bem escrita, mas... eu morro de medo de livros assim haha sério, eu não posso ler/ver/ouvir nada que "faça um pouco de medo" que lá se foi uma noite de sono kkk Mas a sugestão está anotada para quando eu deixar de ser tão medrosa haha


    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  12. Nyaa, sou doida para ter esse livro, adoro essas fotos, e a história é bem o tipo que me agrada, rápida, cheia de reviravoltas, correria, que bom que você gostou, e imagino que eu também gostaria muito.

    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Serei super sincera com você. Só de ver o nome desse livro eu já fiquei com medo por causa de American Horror Story, aí vi a capa e arregalei os olhos, li a resenha e pirei, quero ler esse livro, mesmo achando que ele terá que ser lido só durante o dia, bem longe da hora de eu dormir, aí veio a foto do livro e soltei um grito haha. Meu psicológico não aguenta, mas terei que lê-lo, já está na minha TBR.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bem?

    Menina, que premissa! Confesso que só não fiquei louca para lê-lo devido as fotos que vc mencionou, sou do tipo medrosa no quesito estar lendo e levar sustos. rs
    Filmes de terror só assisto acompanhada por meu esposo ou por meu Pai e tipo, tem que ficar segurando a mina mão. kkkik
    Livros de terror eu só leio nos fins de semana e os evito. Fim de semana pq livro de terror a noite não leio nem a pau e dia de semana só tenho tempo de ler a noite por conta do trabalho. Leio bem poucos de terror, mesmo sendo fã do King. hehehe.
    Adorei a resenha, anotei o nome e vou pensar muitos antes de qualquer coisa. kkk

    Beijo!
    Ana.

    ResponderExcluir
  15. Oiee.

    Não gosto muito pegada do livro, mas se fosse apenas suspense ou policial eu até leria, mas como tenho certo medinho vou deixar para depois - rs. Pode ser que crio coragem

    Beijos
    Amor Literário

    ResponderExcluir
  16. Oiii!

    Confesso que não sou a maior fã desse tipo de filme mas amo os livros. Então sua resenha me deixou cheia de vontade. Geeente, como assim essas fotos? Acho que isso deu mais veracidade ao tema tratado.
    Adorei saber da escrita da autora e sim, mesmo sendo toda medrosa eu daria uma chance a obra!


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  17. Eu já estou a um bom tempo atrás desse livro, mas nunca consegui comprar, mas caso suja a oportunidade, ele será meu! Quero muito conhecer essa fotografias e esse trio de amios! Adorei a resenha, parabéns!!

    Abraços e até!

    lendoferozmente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Oiee ^^
    Macabro, hein? haha' não sei o que eu faço agora: leio ou não leio.
    Ainda não conhecia esse livro, mas a sua resenha me deixou mega curiosa para ler, a história parece ser muito interessante, e eu gostei da premissa dela, mas não sou fã do gênero...haha' pessoa medrosa aqui 0/ Vou comprá-lo e deixar guardado, quem sabe...
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Oi Sabrina, eu sou LOUCA para ler esse livro, muito mesmo! Principalmente por eu amar o gênero de terror e segundo pela trama parecer incrível, pelo menos para mim. Não vejo a hora de ter uma oportunidade de conferir ele :D

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  20. Olá!

    Achei a premissa muito legal, mas não sei se leria, por causa das fotos. Eu não tenho estômago pra isso rs Mas a resenha está ótima, parabéns!

    resenhaeoutrascoisas.blogpsot.com

    ResponderExcluir
  21. Oiii,
    Sempre vejo alguém lendo ou falando do livro, mas com a sua resenha fiquei realmente interessada em lê-lo.
    Já coloquei no meu skoob...hahaha

    Beijos

    ResponderExcluir
  22. Oi flor!
    Lendo sua resenha a premissa desse livro me fez lembrar um episodio de Sobrenatural, conta a mesma situação kkk
    E adorei a diagramação desse livro, e foi bem interessante colocarem fotos para ilustrarem a historia com certeza aumenta o medo e deixa a historia mais tensão hahahaha

    Bjuus!

    ResponderExcluir
  23. Oieeeee!!!
    Como eu já te disse sou muito medrosa pra pegar livros assim.
    Ficaria igual a uma louca gritando pro livro não entre aí e ainda por cima sonhar.
    Posta suas fotos aqui que tu tira ia ficar maraaaa kkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  24. Sabrina, eu tenho uma amiga que é apaixonada por essa série.
    Logo, você não é a primeira a falar tão bem sobre.
    Mas pulo a dica porque sou muito medrosa não leio e nem assisto coisas desse tipo.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  25. Esse livro esta na minha lista de desejados, não sou d eler terror, mas esse livro me chamou muita atenção e agora sua resenha pqp quero pra ontem
    http://odiariodoleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Gente. Não entendo como uma pessoa descobre que o lugar onde está dormindo já foi um sanatório para criminosos e não foge pras colinas,esse povo não manja de filme de terror. Amei essa capa,ai se eu não fosse tão cagão...

    ResponderExcluir
  27. Ei Sabrina, tudo bem?
    Sou muito medrosa com esse tipo de livro, mas a premissa é tão intrigante que estou muito curiosa para lê-lo. Sou apaixonada por histórias que abordam a mente humana, e esse parece ter um pouco disso. Espero ter a oportunidade de ler em breve, e que eu não tenha muito medo, rs.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  28. Oi Sabrina!
    Livros de terror não são meu estilo preferido, na verdade eu até evito porque sou muito medrosa, acabo ficando dias impressionada, kkkkk. Mas eu já li tantas resenhas elogiosas desse livro que a curiosidade está quase vencendo o medo!

    B-jusssss!
    http://www.quemlesabeporque.com/

    ResponderExcluir
  29. Saaaab, meu Deus to até sem folego de tanto amor.
    Essas leituras são realmente maravilhosas, eu não lí nada de Terror ainda, to lendo "O oceano no fim do caminho" que é bem legal, achei um pouco grandinho pra terror 336 o que deixaria a leitura arrastada com momentos desnecessários, mas, como você disse que não, vou confiar, caso role alguma promoção vou catar ele pra mim, rs.
    Bjs Tay do Let It Shine

    ResponderExcluir
  30. Uou! Mais um livro que vou ler, mas tomar coragem que é bom nada.
    Fiquei super curiosa sempre que vejo a capa, mas nunca cheguei de ler nenhuma resenha, a tua me deixou com calafrios, isso significa "Preciso Ler". kkk
    http://k-secretmagic.blogspot.com.br/
    Xoxo

    ResponderExcluir
  31. Oie, tudo bom?
    Eu conhecia esse livro pela capa, primeira coisa que chamou minha atenção, mas a premissa também me deixou curiosa com a obra. Apesar disso, não é o tipo de livro que eu curta porque odeio terror (medrosa mesmo).
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  32. Oie, Sabrina!
    Quero esse livro HÁ MUITO TEMPO! Primeiro a capa me atraiu, depois com a sinopse tive a certeza de que preciso tê-lo. Espero poder comprar em breve. Amei sua resenha!
    Com carinho,
    Celly.

    Me Livrando || Livre-se você também!

    ResponderExcluir
  33. Oi, Sabrina. Nem preciso falar que quero esse livro na minha estante, certo? Adoro filmes de terror e nunca li nenhum livro desse gênero, ao não ser um suspense com um pouco de terror. Agora fiquei com vontade de ler esse livro. Com toda a certeza, essas fotos no livro deram um ar mais assustador a à obra. A VeR sem dúvidas nos traz ótimos livros!

    http://porredelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  34. Olaaa. Olha sua resenha esta ótima eu gostei mas a premissa do livro nao me agradou tanto. Nao é o meu gênero favorito de ler.

    Beijão da Lari
    http://brilliantdiamond-bg.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
  35. Oiii Sabrina...
    Menina primeira coisa e mais importante!
    DEUS ME LIVRE DESSE LIVRO hahahahaha
    Eu sou uma pessoa muito medrosa e por Deus! Não... definitivamente isso não é pra mim!
    Adorei a sua resenha e a historia parece ser demais! Mas sou medrosa demais :/

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  36. Oii!

    Não conhecia o livro, mas amei a sinopse ^^ A sua resenha ficou ótima :)
    Já anotei a dica e com certeza vou ler em breve!

    Beijos, Amanda
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  37. Olá!
    Até um dia atrás esse livro, mas depois do Halloween com tantos livros de terror resenhados, acabei conhecendo esse. E a minha vontade só aumentou lendo sua resenha, parece ser um livro eletrizante e bem assustador, já quero ler. Adoro ficar naquele suspense e gritando com os pernagens.. Hahaha..

    Beijos
    Lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  38. Olá

    Gostei da premissa, achei sua resenha sensacional,mas não tenho coragem de ler esse livro, vou deixar passar a dica.

    Bjss

    ResponderExcluir