Um Amor Para Recordar - Nicholas Sparks

Boa tarde pessoal! 

Hoje trago a primeira resenha de um livro do Nicholas Sparks aqui no blog.

Espero que gostem da resenha, e se não leram ainda corram agora mesmo para ler. 



“Cada mês de abril, quando o vento sopra do mar e se mistura com o perfume de violetas, Landon Carter recorda seu último ano na High Beaufort. Isso era 1958, e Landon já tinha namorado uma ou duas meninas. Ele sempre jurou que já tinha se apaixonado antes. Certamente a última pessoa na cidade que pensava em se apaixonar era Jamie Sullivan, a filha do pastor da Igreja Batista da cidade. A menina quieta que carregava sempre uma Bíblia com seus materiais escolares. Jamie parecia contente em viver num mundo diferente dos outros adolescentes. Ela cuidava de seu pai viúvo, salvava os animais machucados, e auxiliava o orfanato local. Nenhum menino havia a convidado para sair. Nem Landon havia sonhado com isso. Em seguida, uma reviravolta do destino fez de Jamie sua parceira para o baile, e a vida de Landon Carter nunca mais foi a mesma.”


O livro é narrado pelo próprio Landon Carter, 40 anos depois do ocorrido, e ele já começa com uma frase perfeita:



Landon Carter é o típico bady boy da pequena cidade de Beaufort em 1958. Filho de uma família rica, e sem a atenção do pai que passava maior tempo em outra cidade o garoto passou os dias com seus amigos zombando das pessoas ''estranhas'' da cidade, dentre eles o reverendo Hegbert.

Com aproximadamente 72 anos Hegber é pastor da igreja Batista do Sul, ele vive sozinho com sua filha Jamie. Com sua postura 'pastoral', ele adota várias regras de comportamento as quais são consideradas antiquadas mesmo pra sua época, e a maior adepta as suas regras é sua filha, que é muito criticada em todos os lugares que frequenta por isso.

Mas mesmo sendo tão criticada pelos jovens da sua idade, ela é o exemplo de garota bondosa para todos. Sempre com sua saia xadrez, blusão marrom e um coque nos cabelos, ela está sempre ajudando todos, desde crianças órfãs até idosos e animais atropelados.


Vendo assim, é de se imaginar que Landon nunca se aproximaria de Jamie, não é mesmo? Sim. Porém, quando ele percebe que tem que levar alguém para o baile dos ex alunos, por ser presidente do grêmio e não tem mais nenhuma menina disponível, ele se vê obrigado a chamar a filha do pastor, que aceita com uma condição: que ele não se apaixone por ela.

No baile Landon acha que vai passar a maior vergonha, mas se surpreende por ela estar apresentável, sem a saia xadrez, e a sua companhia não é tão ruim assim, menos quando ela começa a falar que tudo está "nos planos de Deus". Mas quando sua ex passa mal e vomita no banheiro Jamie o ajuda a limpar e levar a garota pra casa, se mostrando uma boa amiga.

A partir desse encontro nada convencional para ambos o mundo dos dois muda completamente, melhorando muito a vida dos dois. A história vai sendo narrada e você vai percebendo a mudança não só dos dois, mas também os pais de Landon, dos seus amigos, e até mesmo o reverendo.

A momentos lindos no livro, que deixam você de olhos lagrimejando, e outros momentos que nos fazem sentir a tal ''vergonha alheia'' do Landon, pelas coisas que ele fazia pra ela, e ela nem se importava em chorar ou ficar brava com todos ao seu redor.

A redenção que ele encontra nos braços dela, para ser um homem melhor e estar a altura de sua bondade é realmente surpreendente, são pequenas atitudes que vão o transformando sem ele ver, e quando percebe já está completamente mudado e apaixonado por Jamie.



Como eu vi o filme primeiro, acho que quebrei um pouco a essência do livro, li procurando algumas cenas que funcionaram 100% nas telinhas mas no livro eles focam mais em como Landon encontra a redenção a partir do amor pela Jamie. Por isso não consigo dar um 5 para o livro, achei ele lindo, mas não é a minha 'história de amor' favorita

Nota: 4/5


Edição: 1
Editora: Novo Conceito (edição de bolso)
ISBN: 9788563219831
Ano: 2012
Páginas: 240

Skoob | Submarino | Americanas | Extra | Saraiva 

16 comentários:

  1. Vi o filme antes de sequer saber do livro. Mas não sei se realmente gostaria de ler o livro desse filme.
    http://versificados.com.br

    ResponderExcluir
  2. eu tbm tive contato com o filme primeiro, e chorei muito. Quando descobri que tinha livro, comprei e li logo, mas fiquei meio decepcionada... a história é realmente bonita, mas não me tocou a ponto de chorar...

    ResponderExcluir
  3. Oi, Sabrina!
    Não sou o público alvo do autor, já li alguns livros e não consegui sentir empatia, gosto mais dos filmes, mas também não faço muita questão de assistir.

    ResponderExcluir
  4. Apesar de ser um livro bem popular não me interessa nem um pouco
    Gostei bastante da sua resenha
    Bjs
    Myself here

    ResponderExcluir
  5. oie como vai?
    eu não li o livro, amei o filme dele mas sparks é meu trauma, depois de diário de uma paixão não leio mais romances kkk.

    ResponderExcluir
  6. Eu nunca li esse livro, mas já vi o filme VÁRIAS vezes. É muito linda a história! Mas não tenho interesse em ler o livro.

    ResponderExcluir
  7. Olá!

    Gosto bastante deste livro, lembro de tê-lo lido em uma tradução meio tosca na internet, pois ele ainda não tinha sido publicado no Brasil, tudo isso porque eu tinha me apaixonado pelo livro.
    Admito que gosto mais do filme :P

    bjs

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Adoro os livros do Nicholas!
    Ainda não li essa obra, mas sinceramente, não tenho vontade. Acho que isso é porque não gostei muito do filme, então não me atrai muito. Mas de alguns outros livros do autor eu sou fã!
    Gostei da resenha!
    Beijos!

    Livros da Jess

    ResponderExcluir
  9. Olá!

    Tudo bem?

    O único livro que eu li desse autor foi Querido John. Gostei muito da premissa do livro e devo ler em breve.

    Abraços,
    Ludy
    https://nodivacomaspalavras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Tenho esse livro em casa, mas não li ainda acredita?
    Parabéns pela resenha.
    Beijos!
    www.lindaestante.com.br

    ResponderExcluir
  11. Sabrina, tenho muita vontade de ler esse livro porque o filme é um dos meus favoritos e não tem como não chorar com ele.
    Acho que talvez também procurasse por cenas do filme.
    Espero ler o livro e gostar.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  12. Ola, tudo bem? Gostei muito da sua resenha, o meu problema é com Nicholas Sparks, sempre acho que o tema central é sempre o mesmo, bem clichê.
    Beijos, Larissa (laoliphant.com.br)

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bem?
    Eu não li o livro, mas assisti o filme e AMEI! Talvez eu tenha a mesma sensação que você. Até porque parece ser bem diferente do filme. Que história é essa de baile? Hehe
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  14. Olá, eu ainda não li e nem assisti o filme, mas o enredo do livro parece ser bem legal e com partes bem emocionantes *--* Espero ter a chance de lê-lo em breve.

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Eu não me identifico com os livros do Nick, o enredo não me atrai e nem as capas.
    Fico feliz que tenha gostado da leitura.
    ps: AMEI O NOME DESSE BLOG.

    Beijoooos

    ResponderExcluir
  16. Olá; gostei da resenha. Eu tenho esse livro, mas ainda não li. Pelo que vi na resenha, achei os protagonistas e a trama interessante.

    ResponderExcluir