Ghost Rider: A Estrada da Cura

Bom dia!
Há um tempinho recebi esse livro da nossa parceira, a editora Belas-Letras, e hoje trago-lhes a resenha.
SAM_3161

Sinopse - Ghost Rider: A Estrada da Cura - Ghost Rider - Neil Peart

Após a morte da única filha, Selena, e da esposa, Jackie, o músico Neil Peart se transformou em um fantasma – um homem sem motivação, esperança ou fé. Sozinho em casa, convivendo com as lembranças, ele decide pegar a estrada com sua moto, uma BMW R1100GS, para rodar por 90 mil quilômetros, sem destino, em busca de um motivo para preencher o vazio que sente. Esta é a história real de um homem que partiu carregando a morte e o luto, mas transformou sua jornada em uma poderosa narrativa sobre a solidão, o amor e, acima de tudo, a paixão pela vida, mesmo quando tudo ao nosso redor nos leva a desistir dela.



SAM_3165

Ghost rider foi um livro que me surpreendeu do começo ao fim, quando o livro chegou achei que não conseguiria lê-lo, por se tratar de uma história real e de uma pessoa que perdeu a filha e a esposa (como eu disse não sei lidar bem com histórias de morte em livros) , mas o livro é muito mais do que parece.

Acompanhamos a história real de Neil Peart, um músico que perde a sua única filha em um acidente de carro, e meses depois perde a esposa, que entrou em depressão profunda e logo após descobriu que tinha câncer terminal.  Então, sem mais nada a perder, Neil monta em sua BMW e parte em busca de uma longa viagem, para tentar diminuir a dor da perda e se reencontrar.

SAM_3163

Nessa narrativa de sua viagem é que nos pegamos ‘de boca aberta’, o cantor descreve praticamente todas as pessoas e paisagens por onde ele passa, vemos trechos de estradas rumo ao Alasca, de animais exóticos – como os pássaros que ele incrivelmente sabe de cor o nome de todas as espécies raras – entre outras descrições.

A forma como essa descrição acontece, faz você realmente viajar com ele, pois ela é básica mas exata, e assim não se torna cansativa. Também temos muitos trechos de seu diário, que é um ‘exercício’ que sua psicóloga lhe passa, escrever como se estivesse contando em cartas para Selena o que está acontecendo, e nisso ele vai aprendendo a diminuir a sua dor.

Outra coisa muito legal desse livro é quando ele ‘se perde em pensamentos passados’, tem vários trechos em que ele vai lembrando de como era a vida antes das  suas perdas. Ele relembra quando partia em viagens com seu amigo em suas motos, e que as esposas ficavam esperando eles na rota final, relembra da sua vida quando ainda participava da banda, tudo isso vem de uma maneira tão natural, e tão calma, que parece que as lembranças são nossa também, porque quando elas são alegres ficamos com um sorriso no rosto, e quando são lembranças tristes não tem como esconder as lágrimas.

E no final, fica aquele gostinho de ‘’Obrigado Neil pelos ensinamentos’, pois ao viajarmos com ele vemos os ensinamentos, como ele lida com a dor, a alegria, as lembranças, os novos ‘amigos da estrada’, entendemos os motivos que os fazem partir na viajem, entendemos as suas razões para tais escolhas, e finalmente vemos como elas o transformam e o tornam um cara mais leve do que sempre foi.

Gostei bastante do livro, apesar de não conhecer a banda, nem o cantor, me encantei muito com a história dele, e não vejo a hora de ler seus outros livros.

14 comentários:

  1. Adoro quando as narrativas são super descritivas. É muito envolvente né?

    vidaemserie.com

    ResponderExcluir
  2. Olha eu gosto bastante de livros que nos passam ensinamentos.
    Fiquei bastante interessada no livro e achei a diagramação dele linda.
    Ele é bem grande em? Mas eu acho que com a história compensa, ainda mais quando nos envolve.
    Espero poder ter a oportunidade de fazer a leitura, porque gostei bastante.
    Parabéns pelo seu ponto de vista também, porque me convenceu a colocar na minha lista de desejados =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/08/resenhas-surfistas-beijos-e-um-pe-de.html

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem?

    Não é o tipo de livro que me atrairia ao entrar numa livraria, mas a história, ainda mais por ser real, parece ser do tipo que precisa ser lida. Nossa... Imagino que a experiência de leitura seja muito pessoal. Vou anotar a dica aqui.

    Fernanda Oliveira | Meraki

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    Parece ser um livro bem sensível, gosto também de boas descrições nos faz sentir-se lá *suspiro*, gostei bastante da usa resenha ela me convenceu mais que a sinopse a ler essa história

    ResponderExcluir
  5. Oi Sabrina, fiquei super curiosa com esse livro, ainda mais por ele se tratar de uma história verdadeira, isso chama muito minha atenção. Acho esse assunto de mortes e perdas bem delicado, e o livro parece ser bem bom, com certeza irei atrás dele!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  6. Eu quero aprender com esse livro também! Eu me vi tanto na sua resenha que eu ainda não acredito como eu ainda não conhecia esse livro. Vou atrás!
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oiii!

    Eu particularmente tenho uma trava com esses enredos por achar que são tristes demais, só que sempre que leio algum livro do genero, acabo me encantando e me apaixonando pelas histórias e principalmente pelos ensinamentos deixados pelo autor.
    Saber que é uma história real, me deixa mais animada ainda com a leitura.
    Só não curti a capa!

    Ótima resenha!


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  8. Olá!

    Boa história, se ela for baseada em uma história real, preciso mais que nunca ler! Gostei da resenha e das mensagens que o livro transmite, vi isso através de sua resenha. A capa é que deixa a desejar...

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Esse livro deve ser bem intenso. Livros com histórias reais me toca, porque fico pensando como deve ter sido passar por tudo aquilo.
    Adorei a sua resenha.
    Vou anotar a dica e assim que puder quero conferir.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oii!

    É uma história real? Eita! Não curto muito... A capa é bem bonita, mas a promissa não me chamou muito a atenção. Dessa vez vou deixar a dica passar. Parabéns pela resenha!

    Beijos, Kamila
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  11. Oi, aqui é a Tay do Let it Shine, tudo bom?
    Não conheço a editora o livro é bem o autor, e pela sua resenha eu super deveria.
    Rs
    Vou catar aqui e jogar no skoob.

    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Embora não cruta livros muito descritivos esse me atraiu, acho que por ser uma história real, e também pela sua resenha!
    Vou adicionar na minha lista, acho que vai ser uma dessas leituras construtivas!
    Obrigada pela dica!! Vou conhecer mais trabalhos da editora!

    ResponderExcluir
  13. Oi Sabrina!
    Não conhecia esse livro e gostei muito da sua resenha. Tambem nao lido com mortes em livros e confesso para você que o fato de ele ser muito descritivo também não me empolga muito, acho cansativo livros nesse estilo :/

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  14. Oi Sabrina!
    Lembro que a primeira vez que li a sinopse desse livro me peguei pensando no que faria se estivesse no lugar do Neil. Impossível não surtar, perder o rumo...
    Acho que irei gostar bastante da leitura por ela ter uma história mais densa e bem emocionante. Já estava na lista dos desejados e espero comprá-lo em breve. :)
    Beijos
    Coisas de Meninas

    ResponderExcluir